A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
28 pág.
Exercicios Politicas Publicas

Pré-visualização | Página 1 de 8

A Constituição de 1946 retomou a vinculação dos impostos e determinou que os Estados e 
Municípios investissem 20% para a manutenção e desenvolvimento do ensino. Nesse contexto, a 
União reforçou sua participação no financiamento da educação básica e ampliou os repasses de 
impostos para o Fundo de Participação dos Estados para o Fundo de Participação dos Municípios. 
Isso aconteceu até o final da década de 50 do século XX e as escolas públicas eram de qualidade, 
mas excludentes. Diante dessa temática, assinale a alternativa que apresenta um aspecto 
excludente a respeito das escolas públicas: 
a. Não havia escolas para a zona rural e nem para a população mais pobre. 
b. A merenda escolar era de péssima qualidade. 
c. Os estudantes não aprendiam. 
d. As salas de aula eram extremamente lotadas e sem carteiras. 
A resposta correta é: Não havia escolas para a zona rural e nem para a população mais pobre.. 
Questão 3 
Texto da questão 
A Educação Básica pública e gratuita é: 
a. Direitos da família. 
b. Dever dos empresários. 
c. Dever dos pais. 
d. Direito de todos e dever do Estado. 
A resposta correta é: Direito de todos e dever do Estado.. 
Questão 4 
A educação além de ser dever do Estado é também dever da família assegurar isto. Nesse meio, 
dois documentos possibilitaram conquistas na melhoria da educação nacional e, portanto, se 
constituem no esteio da atual legislação educacional, tendo-se em vista a relevância, a 
abrangência e a profundidade de suas disposições em matéria educacional. São eles: 
a. A LDB 9394/96 e o Estatuto da criança e do adolescente. 
b. A LDB Nº 9394/96, A Constituição de 1988 e o Estatuto da Criança e do Adolescente. 
c. A Constituição de 1988 e as Diretrizes Curriculares Nacionais. 
d. A Constituição de 1988 e a LDB Nº 9394/96. 
A resposta correta é: A Constituição de 1988 e a LDB Nº 9394/96.. 
Questão 5 
No ano de 2010 foi realizada no Brasil Conferência Nacional de Educação CONAE. A conferência 
congregou num mesmo espaço grupos sociais, políticos, e econômicos muito diversos. A CONAE 
foi um espaço democrático no qual através de regras consensuadas os segmentos que possuíam a 
maioria de delegados na defesa de uma determinada pauta, tinham suas proposições aprovadas 
no documento final da conferência, “constituiu-se num acontecimento ímpar na história das 
políticas públicas do setor educacional no Brasil e contou com intensa participação da sociedade 
civil, de agentes públicos, entidades de classe, estudantes, profissionais da educação e pais/mães 
(ou responsáveis) de estudantes. Ao todo foram credenciados/as 3.889 participantes, sendo 2.416 
delegados/as e 1.473, entre observadores/as, palestrantes, imprensa, equipe de coordenação, 
apoio e cultura. (BRASIL.2010. p 8). A Conferência Nacional de Educação apresentou eixos, sendo: 
I. Papel do Estado na Garantia do Direito à Educação de Qualidade. 
II. Qualidade da Educação, Gestão Democrática e Avaliação. 
III. Democratização do Acesso, Permanência e Sucesso Escolar. 
IV. Formação e Valorização dos/das Profissionais da Educação. 
V. Financiamento da Educação e Controle Social. 
VI. Justiça Social, Educação e Trabalho: Inclusão, Diversidade e Igualdade. 
VII. Gestão centralizada na direção, bem como a não divisão dos recursos. 
Assinale a alternativa que contempla corretamente os eixos apresentados na CONAE: 
a. Estão corretos apenas os eixos I, II, III. IV, V, VI. 
b. Estão corretos apenas os eixos I, II, IV, V, VII. 
c. Estão corretos somente os eixos I, II, III e IV. 
d. Estão corretos somente os eixos I, II e III. 
A resposta correta é: Estão corretos apenas os eixos I, II, III. IV, V, VI.. 
Questão 6 
A LDB 4024/61 surgiu do trabalho de dois grupos com orientações de filosofia partidária distinta: 
os estatistas (esquerdistas que defendiam que a finalidade da educação era preparar o indivíduo 
para o bem da sociedade e que só o Estado deveria educar) e os liberalistas ( do centro-direita que 
defendiam os direitos naturais e que não caberia ao Estado garanti-los ou negá-los; mas, 
simplesmente, respeitá-los). Ainda ao que se refere a esta LDB, é correto afirmar: 
I. Segundo a LDB 4024/61, a educação passa a ser um dever do Estado e da livre iniciativa privada, 
inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana. 
II. Essa Lei, fixou também, os recursos destinados à educação nas esferas municipal, estadual e 
federal. 
III. Com a LDB 4024/61, foi considerada a unificação entre a rede de escolas públicas e escolas 
privadas. 
IV. Na LDB 4024/61, a “nova” orientação dada à educação representava a preocupação com o 
aprimoramento técnico e o incremento da eficiência e maximização dos resultados. 
É correto apenas o que se afirma em: 
a. II, III e IV. 
b. II e III. 
c. I, II e IV. 
d. I, II, III e IV. 
A resposta correta é: I, II, III e IV.. 
Com a ausência de professores para atender a demanda do ensino primário e os problemas 
financeiros da colônia, foi criado um novo imposto na própria colônia. No entanto, tendo em vista 
que outros tributos já eram cobrados, segundo Pinto (2000) era preciso cobrar impostos sobre 
produtos que fossem comuns a todo o território brasileiro. Dessa forma foi criada a Lei do Subsídio 
Literário. Do que se tratava essa lei e qual seu objetivo? 
a. A Lei do Subsídio Literário tratava-se da cobrança de uma taxa sobre as vendas de aguardente 
de cana-de-açúcar e da carne, com o objetivo de manter o ensino primário. 
b. Essa Lei previa o pagamento de tributos sobre todos os produtos que fossem comercializados 
nos territórios brasileiros e seu objetivo era evitar a sonegação de impostos secundários. 
c. A Lei do subsídio literário era a taxa cobrada apenas pelos escravos (considerados produtos na 
época) 
d. Lei do Subsídio Literário era a taxa cobrada pelos escravos, açúcar, metais preciosos e charque, 
com o objetivo de suprir a educação secundária. 
De acordo com estudado no livro Políticas Públicas e Legislação Educacional, no capítulo 7, página 
89, a Lei do Subsídio Literário previa a cobrança de um tributo sobre a carne e a aguardente, 
proveniente da cana-de-açúcar para manutenção do ensino primário. 
 
e. Lei do Subsídio Literário era uma taxa cobrada com o objetivo de controlar a comercialização 
dos produtos no Brasil. 
A resposta correta é: A Lei do Subsídio Literário tratava-se da cobrança de uma taxa sobre as 
vendas de aguardente de cana-de-açúcar e da carne, com o objetivo de manter o ensino primário.. 
Questão 2 
Afonso (2001) propõe uma análise pela perspectiva do Estado regulador/desregulamentador, que 
busca romper com os modelos tradicionais de intervenção do Estado no sistema público de 
educação. A regulamentação é entendida como a intervenção das autoridades governamentais na 
prestação de um serviço público e também é vista como oposição à privatização, que é entendida, 
segundo Barroso (2005) como: 
a. Transferência para autoridades governamentais, sem fins lucrativos, do controle e prestações 
desses mesmos serviços. 
b. Transferência para a sociedade, sem fins lucrativos, do controle e prestações desses mesmos 
serviços. 
c. Transferência para autoridades governamentais, com fins lucrativos, de prestações de serviços 
burocráticos. 
d. Transferência para autoridades governamentais. 
e. Transferência para autoridades não governamentais, com ou sem fins lucrativos, do controle e 
prestações desses mesmos serviços. 
Transferência para autoridades não governamentais, com ou sem fins lucrativos, do controle e 
prestações desses mesmos serviços. 
A resposta correta é: Transferência para autoridades não governamentais, com ou sem fins 
lucrativos, do controle e prestações desses mesmos serviços..