mod 9 Proteção de plantas
96 pág.

mod 9 Proteção de plantas

Disciplina:Proteção de Plantas56 materiais24 seguidores
Pré-visualização32 páginas
PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU POR TUTORIA A DISTÂNCIA

Especialização em Proteção de Plantas

Módulo 9

Controle Integrado de Doenças de Plantas

ESPECIALIZAÇÃO POR TUTORIA A DISTÂNCIA - ABEAS
Curso: Proteção de Plantas

2 Módulo 9: Controle integrado de doenças de plantas

DIRETORIA DA ABEAS

Presidente
José Geraldo de Vasconcelos Baracuhy

Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

1º Vice-Presidente
Ricardo Antonio de Arruda Veiga

Universidade Estadual Paulista - UNESP/Botucatu

2º Vice-Presidente
Helmut Forte Daltro

Universidade Federal do Mato Grosso - UFMT

1º Tesoureiro
Pedro Roberto Azambuja Madruga

Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

2º Tesoureiro
Raimundo Pinheiro Neto

Universidade Estadual de Maringá - UEM/PR

1º Secretário
Geraldo Andrade de Araújo

Universidade Federal de Viçosa - UFV

2º Secretário
Moacir Cerqueira da Silva

Universidade Federal Rural da Amazônia UFRA

COORDENAÇÃO DE CURSOS DA ABEAS

Coordenação Geral
Engº. Agrº. Ronaldo Pereira de Sousa

Coordenação Pedagógica
Profª. Thelma Rosane de Souza
Esp. em Educação a Distância

APOIO AO CURSO

Universidade Federal de Viçosa - UFV
Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Universidade Federal de Pelotas - UFPel
Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - ESALQ/USP/Piracicaba

Universidade de Brasília - UnB
Pontíficia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUC/RS

Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia - CONFEA
Caixa de Assistência dos Profissionais do Sistema CONFEA/CREAs - MÚTUA

Associação Nacional de Defesa Vegetal - ANDEF

_____________________________________________________________________________________________

FONTE: IMAGENS DA CAPA

www.coffeshop.com.br/xicaras.html - graos_cafe.gif 190x218 pixels 41K
www.jfservice.com.br nuts.jpg 150x151 pixels 11K

www.clicmercado.com.br grãos.jpg 250x156 pixels 21K
www.planetaorganico.com.br sojablur.gif 300x155 pixels 36K
www.diariodecuiaba.com.br 214182.jpg - 243 x 195 pixels - 24k

ESPECIALIZAÇÃO POR TUTORIA A DISTÂNCIA ABEAS/UFV
Curso: Proteção de Plantas

Módulo 9: Controle integrado de doenças de plantas 3

PROTEÇÃO DE PLANTAS

Módulo 9
Controle Integrado de Doenças
de Plantas

Tutor:
Profº. Laércio Zambolim (UFV)

Associação Brasileira de Educação Agrícola Superior - ABEAS
Universidade Federal de Viçosa - UFV

Centro de Ciências Agrárias
Departamento de Fitopatologia

Brasília - DF
2006

ESPECIALIZAÇÃO POR TUTORIA A DISTÂNCIA - ABEAS
Curso: Proteção de Plantas

4 Módulo 9: Controle integrado de doenças de plantas

Ficha Catalográfica

É proibida a reprodução total ou parcial deste módulo
Direitos reservados a ABEAS e ao autor

Associação Brasileira de Educação Agrícola Superior - ABEAS
Controle integrado de doenças de plantas. Tutor: Laércio Zambolim. Brasília,
DF: ABEAS; Viçosa, MG: UFV; 2006.
96p.: il (ABEAS. Curso Proteção de Plantas. Módulo 9).

Inclui Tabelas.

1. Controle integrado

Doenças de plantas. 2. Doenças de plantas

Controle
integrado. I. Zambolim, Laércio. II. Secretaria de Educação Média e
Tecnológica. IV. Universidade Federal de Viçosa.

ESPECIALIZAÇÃO POR TUTORIA A DISTÂNCIA ABEAS/UFV
Curso: Proteção de Plantas

Módulo 9: Controle integrado de doenças de plantas 5

Objetivos

Após estudar este módulo, você será capaz de:

1. Discorrer sobre as medidas de controle integrado que atuam sobre o patógeno;

2. Discutir sobre as medidas de controle integrado que atuam sobre o hospedeiro;

3. Discutir como o meio ambiente pode ser manejado para o controle de doenças;

4. Onde atua cada medida no ciclo de vida dos patógenos;

5. Como são controladas as doenças causadas por fungos, vírus, bactérias e nematóides

ESPECIALIZAÇÃO POR TUTORIA A DISTÂNCIA - ABEAS
Curso: Proteção de Plantas

6 Módulo 9: Controle integrado de doenças de plantas

Sumário

Introdução, 8
Métodos de controle que exclui o patógeno do hospedeiro exclusão, 10

Quarentena e inspeção, 11
Uso de materiais propagativos livres de patógenos, 12
Plantas que se propagam vegetativamente, 12
Plantas que se propagam por meio de sementes, 14

Métodos de controle que erradicam ou reduzem o inóculo do patógeno erradicação, 15
Métodos culturais - erradicação da planta hospedeira, 15
Rotação de cultura, 16
Medidas sanitárias, 17
Encharcamento do solo, 18
Cobertura do solo e armadilha com polietileno, 18
Métodos biológicos que erradicam ou reduzem inoculo, 18
Solos supressivos, 19
Controle através de plantas armadilhas e antagonistas, 20
Métodos físicos que erradicam ou reduzem inoculo, 21
Controle pelo tratamento com calor, 21
Doenças controladas por refrigeração, 24

Métodos químicos que erradicam ou reduzem inoculo, 24
Desinfestação de armazém, 25
Controle de insetos vetores, 25
Controle envolvendo o tempo de permanência da cultura no campo, 25
Terapia aplicada a planta doente, 26

Resistência das plantas aos patógenos, 27
Introdução, 27

Resistência vertical (RV), 28
Resistência horizontal (RH), 32
Resistência vertical x resistência horizontal, 33
Resistência aparente, 42

Resistência induzida pela nutrição mineral das plantas, 44
Introdução, 44

Efeito de elementos minerais sobre as doenças de plantas, 46

Nitrogênio, 46

ESPECIALIZAÇÃO POR TUTORIA A DISTÂNCIA ABEAS/UFV
Curso: Proteção de Plantas

Módulo 9: Controle integrado de doenças de plantas 7

Fósforo, 53

Potássio, 54

Cálcio, 56

Enxofre, 57

Magnésio, 58

Zinco, 58

Ferro, 59

Cobre, 59

Silício, 60

Manganês, 61
Mecanismos que envolvem os nutrientes minerais no controle de doenças, 63

Aumento da tolerância às doenças, 63
Evasão, 63
Resistência fisiológica, 64
Efeito sobre o patógeno (redução da virulência), 66

Conclusões, 67
Redução da taxa de doença por meio da proteção com produtos químicos, 70

Características epidemiológicas do patógeno, 77
- Patógeno monocíclico, 77
- Patógeno policíclico, 77
Ambiente: evasão, 78

Literatura consultada, 80
Questão dissertativa, 96

ESPECIALIZAÇÃO POR TUTORIA A DISTÂNCIA - ABEAS
Curso: Proteção de Plantas

8 Módulo 9: Controle integrado de doenças de plantas

Introdução

Doenças em plantas são o resultado de uma interação dinâmica entre o organismo e o
ambiente produzindo alterações fisiológicas e freqüentemente morfológicas da planta (MERRILL,
1980). Tais alterações podem ser causadas por fatores bióticos e abióticos. Entre os fatores bióticos
destacam-se fungos, bactérias, vírus, viróides, nematóides, micoplasmas, espiroplasmas, rhikettsias,
certos insetos, actinomicetos e plantas parasíticas. Entre os abióticos, incluem-se excesso ou
deficiência de umidade, danos causados por pesticidas, deficiências nutricionais, gases poluidores
do ar, agentes tóxicos produzidos biologicamente, toxidez de elementos minerais, etc.

Os danos que podem resultar das doenças em plantas podem ser classificados em quatro
tipos diferentes:

1 - Danos com efeito imediato podendo levar a planta à morte ou à destruição rápida de seus
órgãos. Destacam-se nesse caso as murchas vasculares causadas por Fusarium
oxysporum e Pseudomonas solanacearum; a requeima do tomate e da batata
(Phytophthora infestans) e o míldio da videira (Plasmopara viticola);

2 - Danos com efeito lento porém progressivo, levando à debilitação da planta com reflexos
na produção, podendo eventualmente ocorrer a morte de