Apostila Saneamento Ambiental
251 pág.

Apostila Saneamento Ambiental


DisciplinaProjeto em Eletrônica2 materiais18 seguidores
Pré-visualização49 páginas
2 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Apresentação 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 3 
Apresentação 
 
 
 
 
Neste início de século, em que o mundo vem passando 
por um importante processo de reorganização, a 
questão ambiental tenta resgatar sua essência frente 
às relações sociedade/natureza. 
 
A compreensão tradicional das relações entre a 
sociedade e a natureza desenvolvidas até o século XIX, 
vinculadas ao processo de produção capitalista, 
considerava o homem e a natureza como pólos 
excludentes, tendo subjacente a concepção de uma 
natureza objeto, fonte ilimitada de recursos à 
disposição do homem. 
 
Até então se acreditava que o crescimento econômico 
não tinha limites e que o desenvolvimento significava 
dominar a natureza e os homens. Entretanto, nos anos 
60/70 percebeu-se que os recursos naturais são 
esgotáveis e que o crescimento sem limites começava 
a se revelar insustentável. Nesse contexto, emerge a 
necessidade de se elegerem novos valores e 
paradigmas capazes de romper com a dicotomia 
sociedade/natureza. 
 
Este documento é composto de notas de aulas da 
disciplina \u201cIntrodução à Engenharia Ambiental\u201d do 
Curso de Engenharia Civil do Centro de Tecnologia da 
Universidade Federal do Ceará. 
 
O documento apresenta os avanços ocorridos nos 
últimos anos que se seguiram desde a implantação de 
uma política de gestão ambiental no Brasil e no Ceará, 
no contexto da evolução legal e institucional da Política 
Nacional de Meio Ambiente, bem como as ações 
realizadas nos principais setores envolvidos com a 
questão ambiental. 
 
Pretendemos com esta publicação contribuir para a 
formação da consciência dos nossos alunos, de que os 
recursos ambientais são limitados, dotado de valor 
econômico e, assim, para sua utilização, devem ser 
observados os princípios de ética e eficiência, 
procurando-se eliminar o desperdício e a poluição. 
 
 
 4 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Sumário 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 5 
Sumário 
 
 
1. FUNDAMENTOS DE MEIO AMBIENTE ......................................................... 011 
 1.1. DEFINIÇÕES IMPORTANTES EM MEIO AMBIENTE .................................... 011 
 1.2. DATAS IMPORTANTES PARA O MEIO AMBIENT ....................................... 015 
 
2. A CRISE AMBIENTAL ................................................................................. 020 
 2.1. CAUSAS ........................................................................................... 020 
 2.2. POLUIÇÃO ......................................................................................... 021 
 2.2.1. Conceito ................................................................................... 021 
 2.3. POLUIÇÃO AMBIENTAL ....................................................................... 021 
 2.4. O HOMEM CAUSA POLUIÇÃO AMBIENTAL ............................................... 022 
 2.5. CONSEQÜÊNCIA DA POLUIÇÃO AMBIENTAL ........................................... 023 
 2.6. MODALIDADES DA POLUIÇÃO AMBIENTAL ............................................. 023 
 2.7. MODALIDADES CITADAS EM BIBLIOGRAFIA ESPECIALIZADA ................... 023 
 
3. SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ............................................................. 025 
 3.1. INTRODUÇÃO ..................................................................................... 025 
 3.2. GESTÃO DA QUALIDADE AMBIENTAL ................................................... 025 
 3.3. RELAÇÕES COM O MEIO EXTERNO ........................................................ 032 
 3.4. INTRODUÇÃO SOBRE SGA ................................................................... 038 
 3.5. O SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL COMO PARTE 
 INTEGRANTE DA GESTÃO GLOBAL DA EMPRESA ..................................... 038 
 3.5.1. Objetivo ................................................................................... 038 
 3.6. ASPECTOS AMBIENTAIS IMPORTANTES PARA UM SGA ............................ 039 
 3.7. PRINCÍPIOS IMPORTANTES PARA UM SGA ............................................ 040 
 
4. RECURSO ÁGUA ........................................................................................ 043 
 4.1. DISPONIBILIDADE E USOS DA ÁGUA .................................................... 043 
 4.2. PROPRIEDADE DA ÁGUA ...................................................................... 046 
 4.3. INDICADORES DE QUALIDADE DA ÁGUA ............................................... 049 
 4.3.1. Indicadores de Qualidade Física ................................................... 049 
 4.3.2. Indicadores de Qualidade Biológica .............................................. 053 
 4.4. PADRÕES DA QUALIDADE DA ÁGUA ...................................................... 054 
 4.4.1. Classificação das Águas .............................................................. 054 
 4.4.2. Padrões de Potabilidade .............................................................. 057 
 4.4.3. Padrões de Balneabilidade .......................................................... 060 
 4.4.4. Água para Irrigação ................................................................... 062 
 6 
 4.5. POLUIÇÃO DA ÁGUA ........................................................................... 065 
 4.5.1. Fontes de Poluição da Água ......................................................... 065 
 4.5.2. Conseqüências da Poluição da Água ............................................. 067 
 4.5.3. Principais Impactos dos Lançamentos de Esgotos nos Corpos D'Água 071 
 4.5.3.1. Consumo de Oxigênio .................................................... 072 
 4.5.3.2. Demanda de Oxigênio .................................................... 079 
 4.5.3.3. Eutrofização .................................................................. 082 
 4.5.3.4. Contaminação por Microrganismos................................... 084 
 4.5.4. Controle da Poluição da Água ...................................................... 085 
 4.5.5. Diagnóstico da Situação Existente ................................................ 086 
 4.5.5.1. Definição da Situação Desejável ...................................... 091 
 4.5.5.2. Medidas de Controle ...................................................... 093 
 4.5.5.3. Programas de Acompanhamento ..................................... 099 
 4.5.5.4. Suporte Institucional e Legal ........................................... 100 
 
5. RECURSO SOLO ......................................................................................... 103 
 5.1. CARACTERÍSTICAS ............................................................................. 103
 5.2. DEGRADAÇÃO DO SOLO ...................................................................... 105 
 5.2.1. Salinização do Solo .................................................................... 107 
 5.2.2. Erosão do solo ........................................................................... 108 
 5.2.3. Controle da Erosão do Solo ......................................................... 113 
 5.3. POLUIÇÃO DO SOLO ...........................................................................