A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
23 pág.
Exercicios Legislação

Pré-visualização | Página 1 de 5

Pergunta 1 Cap 1 e 2 
0,2 em 0,2 pontos 
 
Leia atentamente o excerto a seguir: 
“[...] o Direito do Trabalho estrutura em seu interior, com suas regras, institutos, 
princípios e presunções próprias, uma teia de proteção à parte hipossuficiente na 
relação empregatícia – o obreiro – visando retificar (ou atenuar), no plano jurídico, o 
desequilíbrio inerente ao plano fático do contrato de trabalho”. 
DELGADO, M. G. Curso de Direito do Trabalho. São Paulo: LTr, 2006, p. 198. 
 
Considerando as informações apresentadas e o conteúdo trabalhado pelo texto-base, 
avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas. 
 
I. A situação de desequilíbrio econômico entre empregado e empregador torna 
necessário que a legislação crie uma vantagem jurídica para o empregado. 
Porque 
II. A dignidade humana é um direito constitucional que, sem amparo legal, poderia ser 
violada na relação de trabalho em função da fragilidade dos empregados na relação 
com os empregadores. 
 
Agora, assinale a alternativa correta: 
 
Resposta 
Correta: 
a. 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma 
justificativa correta da I. 
 
 
Pergunta 2 
0 em 0,2 pontos 
 
Com relação à estabilidade das lideranças sindicais no trabalho, a Constituição 
Federal de 1988 prevê em seu art. 8.º: 
“É livre a associação profissional ou sindical, observado o seguinte: 
[...] 
VIII – é vedada a dispensa do empregado sindicalizado a partir do registro da 
candidatura a cargo de direção ou representação sindical e, se eleito, ainda que 
suplente, até um ano após o final do mandato, salvo se cometer falta grave nos 
 
termos da lei”. 
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: 
promulgada em 5 de outubro de 1988. Disponível em: 
<www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm>. Acesso em: 
17/05/2016. 
 
Com relação a esse tema, levando-se em conta as estabilidades provisórias de 
dirigentes sindicais, gestantes e outros empregados, que consistem em relevante 
barreira à dispensa arbitrária pelo empregador, podemos dizer que: 
Resposta 
Selecionada: 
b. 
membros eleitos da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes 
(CIPA) possuem estabilidade desde a candidatura, mas isso não 
ocorre com os suplentes. 
Resposta 
Correta: 
c. 
a estabilidade do dirigente sindical foi estabelecida para que ele 
possa desempenhar bem suas funções, sem receio de ameaças 
pelo empregador, uma vez que defenderá os interesses dos 
empregados. 
 
 
Pergunta 3 
0 em 0,2 pontos 
 
Leia atentamente o trecho a seguir. 
“O art. 7º, XXXII reelaborou antigo preceito antidiscriminatório existente na ordem 
jurídica: ‘proibição de distinção entre trabalho manual, técnico e intelectual ou entre os 
profissionais respectivos’. 
[...] Há leituras doutrinárias e jurisprudenciais no sentido de que a contratação 
terceirizada de trabalhadores não pode, juridicamente, propiciar tratamento 
discriminatório entre o trabalhador terceirizado e o trabalhador exercente de função 
equivalente na empresa tomadora de serviços”. 
DELGADO, M. G. Curso de Direito do Trabalho. São Paulo: LTr, 2006. p. 785. 
 
 
Considerando as informações apresentadas e o conteúdo abordado no texto-base, é 
correto dizer que: 
Resposta 
Selecionada: 
b. 
o critério de tratamento igualitário significa que não pode haver 
discriminação nos critérios de promoção e progressão de salários. 
Resposta 
Correta: 
a. 
a lei não poderá fazer distinção quanto ao direito relativo ao 
trabalho das pessoas, como aconteceria se alguns trabalhadores 
recebessem férias, por exemplo, e outros não. 
 
 
Pergunta 4 
0,2 em 0,2 pontos 
 
Leia atentamente o excerto a seguir: 
“As normas e condições de trabalho previstas em convenções coletivas acumulam-se 
com as das leis, nisso consistindo o particularismo da teoria das fontes formais de 
direito do trabalho. Acumular significa substituir, mas não por dizer somar ou duplicar 
um direito já previsto em lei. Coexistindo lei e convenção sobre o mesmo direito, 
prevalece o que for mais favorável ao trabalhador”. 
NASCIMENTO, A. M. Iniciação ao Direito do Trabalho. São Paulo: LTr 2013, p. 95. 
 
A existência conjunta de diferentes fontes de direitos é uma característica do Direito 
do Trabalho. A partir do que você aprendeu sobre o conteúdo do texto-base, assinale 
a alternativa que apresenta e descreve corretamente uma das fontes de direitos 
trabalhistas que estudamos. 
 
Resposta 
Selecionada: 
a. 
Os acordos coletivos de trabalho são instrumentos normativos 
firmados entre uma ou mais empresas e o sindicato que 
representa a categoria profissional de seus trabalhadores. 
Resposta 
Correta: 
a. 
Os acordos coletivos de trabalho são instrumentos normativos 
firmados entre uma ou mais empresas e o sindicato que 
representa a categoria profissional de seus trabalhadores. 
 
 
 
Pergunta 5 
0,2 em 0,2 pontos 
 
Leia atentamente o trecho a seguir: 
“Trabalho versus escola parece ser o dilema proposto, inevitavelmente, neste debate. 
Os padrões internacionais vigorantes indicam que o trabalho precoce consolida e 
reproduz a miséria, inviabilizando que a criança e o adolescente suplantem suas 
deficiências estruturais através do estudo. Por isso é que a Organização Internacional 
do Trabalho [OIT] recomenda a proibição de qualquer trabalho anteriormente à idade 
de quinze anos (Convenção 138 da OIT)”. 
DELGADO, M. G. Curso de Direito do Trabalho. São Paulo: LTr, 2006. p. 783. 
 
Com relação ao trabalho do menor de idade, analise as afirmativas a seguir. 
 
I. É proibido qualquer trabalho aos menores de 16 anos de idade, salvo na condição 
de aprendiz, a partir dos 14 anos. 
II. O contrato de aprendizagem tem por objetivo garantir a formação técnico-
profissional necessária ao desenvolvimento do jovem de 12 a 16 anos de idade. 
III. Para fins da proteção trabalhista, considera-se menor o trabalhador com idade 
entre 12 e 16 anos. 
IV. O trabalho do menor possui direitos previdenciários e trabalhistas. 
V. Há proteção constitucional do menor com relação à garantia do trabalhador 
adolescente à escola. 
 
Está(ão) correta(s): 
 
Resposta Correta: b. 
somente as afirmativas I, IV e V. 
 
 
 
Pergunta 1 
0,2 em 0,2 pontos 
 
Há mais de uma fonte de Direito do Trabalho, como bem assinala o Art. 8.º da nossa 
Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, ao dispor que: 
“As autoridades administrativas e a Justiça do Trabalho, na falta de disposições legais 
ou contratuais, decidirão, conforme o caso, pela jurisprudência, por analogia, por 
equidade e outros princípios e normas gerais de direito, principalmente do Direito do 
Trabalho, e, ainda, de acordo com os usos e costumes, o direito comparado, mas de 
maneira que nenhum interesse de classe ou particular prevaleça sobre o interesse 
público”. 
BRASIL. Decreto-Lei n. 5.452, de 1.º de maio de 1943. Aprova a Consolidação das 
Leis do Trabalho. Disponível em: <www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-
lei/Del5452.htm>. Acesso em: 18/01/2016. 
 
As fontes de direito devem ser aplicadas em conjunto com os princípios do Direito do 
Trabalho. A respeito desse tema, analise as afirmativas a seguir. 
 
I. O regulamento da empresa empregadora não é considerado uma fonte de Direito do 
Trabalho. 
II. No Direito do Trabalho, o princípio da proteção ou tutelar garante que a norma mais 
benéfica ao trabalhador seja sempre utilizada. 
III. A jurisprudência, a analogia e as normas gerais de Direito, principalmente as 
normas