Linfoma de Burkitt seminario hemato
1 pág.

Linfoma de Burkitt seminario hemato


DisciplinaHematologia6.380 materiais39.906 seguidores
Pré-visualização1 página
Linfoma de Burkitt
O linfoma de Burkitt é um tipo de câncer com origem no sistema linfático, deriva de anormalidades no sistema imune, é um tipo de câncer que atinge com mais freqüência imunodepremidos e portadores do vírus de AIDS, o vírus Epstein-Barr é considerado também com um papel importante no desenvolvimento da doença. 
O Linfoma de Burkitt é um tipo de linfoma linfoblástico do tipo não-Hodgkin, e compromete várias partes do corpo, pois o sistema linfático é fortemente presente no organismo. 
Esse tipo de linfoma derivado de células B, no qual o vírus Epstein-Barr tem um papel causal. O Linfoma de Burkitt é um tipo de linfoma linfoblástico endêmico na Africa, mas de aparecimento espontâneo em outras partes do mundo, comprometendo mandíbulas, ovários e intestinos. No Linfoma de Burkitt endêmico o genoma do vírus Epstein-Barr é encontrado em mais de 90% dos casos, contrastando com menos de 20% dos casos na doença esporádica.
Embora o linfoma de Burkitt possa ocorrer em qualquer idade, ele é mais comum em crianças e adultos jovens, particularmente os do sexo masculino. O linfoma de Burkitt pode ocorrer em indivíduos com AIDS.
CONCLUSÃO
Viemos por meio deste desenvolver uma pesquisa com intuito de esclarecer e elucidar as possíveis dúvidas sobre Linfoma Não \u2013 Hodgkin ou até mesmo de apresentá-la, já que essa neoplasia é desconhecida por grande parte da população pelo fato de ter um histórico de descoberta recente. Podemos concluir então que como não há um tipo de prevenção específica da doença devemos manter uma alimentação saudável, praticar atividade física e ir regularmente ao médico, afinal o diagnóstico precoce dessa patologia contribui pra o melhor tratamento e talvez cura da mesma.