prova obj ed e trabalho 1538965352854
11 pág.

prova obj ed e trabalho 1538965352854

Pré-visualização4 páginas
Ava Un.
Questão 1/12 - Educação e Trabalho
Leia o fragmento de texto a seguir.
\u201cO indivíduo forma-se, apropriando-se dos resultados da história social e objetivando-se 
no interior dessa história, ou seja, sua formação realiza-se por meio da relação entre 
objetivação e apropriação. Essa relação se efetiva sempre no interior de relações 
concretas com outros indivíduos, que atuam como mediadores entre ele e o mundo 
humano, o mundo da atividade humana objetivada. A formação do indivíduo é sempre 
um processo educativo, podendo este ser direto ou indireto, intencional ou 
não-intencional, realizado por meio de atividades práticas ou de explanações orais etc.\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: 
<http://www.scielo.br/pdf/%0D/ccedes/v24n62/20091.pd>. Acesso em: 03 nov. 2017.
De acordo com os conteúdos abordados e o livro-base Trabalho e Educação: uma 
perspectiva histórica, em relação à Pedagogia Histórico Crítico-Social, responda à 
seguinte questão: quais são os cinco passos para o processo de ensino-aprendizagem 
destacados por Saviani? Assinale a alternativa correta.
Nota: 10.0
\ufffc A 
A Prática social; a Problematização; a Instrumentalização; a Cartase; e a Prática social.
Você acertou!
1º passo: A Prática Social, onde o professor tem uma compreensão sintética precária 
sobre essa prática, enquanto o aluno tem uma compreensão sincrética da mesma. 
Segundo Saviani (2007b, p. 70-71); 2º passo: A Problematização, que é o momento em 
que são detectadas as questões que precisam ser resolvidas no âmbito da prática social 
e os conhecimentos que são necessários para solução da problemática levantada; 3º 
passo: A Instrumentalização, que implica na apropriação dos instrumentos teóricos e 
práticos necessários para resolver os problemas destacados; 4º passo: A Catarse, que é 
o momento que se dá efetivamente a aprendizagem pelo aluno (a passagem da síncrese 
à síntese) e, por \ufb01m, o 5º passo: o ponto de chegada, que é a própria Prática Social, 
porém agora compreendida pelos alunos (livro-base, p. 164).
\ufffc B 
Observação; Investigação; Comparação; Eliminação; e Problematização.
\ufffc C 
Obsevação; Experimentação; Amálise; Construção de Hipótese; e Comparação de 
Resultados.
\ufffc D 
Problematização; Experimentação; Investigação; Conclusão; e Apresentação de 
Resultados.
\ufffc E 
Problematização, Instrumentalização, Análise, Comparação, Apresentação de hipóteses.
Questão 2/12 - Educação e Trabalho
Atente para o excerto de texto a seguir.
\u201cAo longo da história, os conquistadores tratam sempre de dar, por meio das leis que eles 
mesmos promulgam, um certo referendo social a seus títulos possessórios, originados 
simplesmente da força. Até que, por último, vem o \ufb01lósofo, que se encarrega de explicar 
que ditas leis contam com o assentimento geral da sociedade. Entretanto, não resta 
dúvida de que, se a propriedade privada da terra repousasse mesmo nesse assentimento 
geral, ela desapareceria a partir do momento em que a maioria da sociedade deixasse de 
reconhecê-la\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: MARX, 
Karl. Sobre a nacionalização da terra. Disponível em: 
<http://piwik.seer.fclar.unesp.br/estudos/article/viewFile/657/558>. Acesso em: 07 nov. 
2017.
De acordo com o livro-base Trabalho e Educação: uma perspectiva histórica, analise as 
a\ufb01rmativas a seguir, assinalando V para as verdadeiras e F para as falsas.
I. ( ) O ser humano organizou-se inicialmente em comunidades, tribos. Nesse tipo de 
comunidade a \ufb01nalidade do trabalho não era a criação de valores, mas a manutenção da 
família e dos membros da comunidade
II. ( ) Nesse contexto histórico começou a se evidenciar a produção de excedentes, que 
a princípio pertencia a própria comunidade, mas que com o tempo passou a pertencer a 
uma pessoa.
III. ( ) Em determinado momento, o produtor deixou de ser proprietário dos meios e frutos 
de seu trabalho. Nesse processo de apropriação privada da terra surgiu a \ufb01gura do 
Estado, à frente do qual se colocou o chefe da comunidade
IV. ( ) A partir do momento em que surgem os chefes da comunidade, se con\ufb01guraram 
duas classes sociais fundamentais que seriam: a dos proprietários e a dos \ufb01lhos dos 
proprietários. 
Agora, marque a sequência correta.
Nota: 10.0
\ufffc A 
V \u2013 F \u2013 V \u2013 F
\ufffc B 
F \u2013 V \u2013 V \u2013 V
\ufffc C 
V \u2013 V \u2013 V \u2013 F
Você acertou!
as alternativas I, II e III são corretas porque ilustram como se deu a apropriação do 
excedente por alguns poucos, fato que desencadeou o sistema de divisão de classes, 
separando aqueles que se tornaram proprietários da terra e do trabalho dos demais. A 
alternativa IV é falsa porque divide as classes em \u201cproprietários\u201d e \u201c\ufb01lhos dos 
proprietários\u201d. A divisão correta seria proprietária e serviçal (ou escravos). (Livro-base p. 
46-47).
\ufffc D 
F \u2013 F \u2013 F \u2013 V
\ufffc E 
V \u2013 V \u2013 F \u2013 F
Questão 3/12 - Educação e Trabalho
Atente para o fragmento de texto a seguir.
\u201cAo analisar o americanismo e o fordismo, Gramsci (1978) demonstra sua e\ufb01ciência no 
tocante ao processo de valorização do capital através dos processos pedagógicos, à 
medida em que, a partir das relações de produção e das novas formas de organização do 
trabalho, são concebidos e veiculados novos modos de vida, comportamentos, atitudes, 
valores. O novo tipo de produção racionalizada demandava um novo tipo de homem, 
capaz de ajustar-se aos novos métodos da produção, para cuja educação eram 
insu\ufb01cientes os mecanismos de coerção social; tratava-se de articular novas 
competências a novos modos de viver, pensar e sentir, adequados aos novos métodos de 
trabalho caracterizados pela automação, ou seja, pela ausência de mobilização de 
energias intelectuais e criativas no desempenho do trabalho\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: 
<http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/sem_pedagogica/fev_2009/e
xclusao_includente_acacia_kuenzer.pdf>. Acesso em: 10 nov. 2017. 
De acordo com os conteúdos abordados nas aulas e no livro-base Trabalho e Educação: 
uma perspectiva histórica, analise as assertivas a seguir:
I. O taylorismo é a gerência ou forma de organização do trabalho apresentado pelo 
engenheiro mecânico Frederick Taylor para aumentar a produção mesmo que 
comprometendo a qualidade de vida do trabalhador. 
Porque:
II. Com o taylorismo/fordismo passamos a ter uma divisão, simpli\ufb01cação, fragmentação 
e mecanização do processo de trabalho. Com a introdução da esteira na fábrica, foi 
possível intensi\ufb01car a produtividade, tornando o trabalhador mais habilidoso, 
aumentando assim sua capacidade de produção.
Agora, assinale a alternativa correta:
Nota: 10.0
\ufffc A 
A assertiva I é verdadeira e a assertiva II é falsa.
\ufffc B 
As duas assertivas são verdadeiras e se complementam.
Você acertou!
A assertiva II endossa a a\ufb01rmativa I e vice-versa. No Taylorismo, Taylor constatou que os 
trabalhadores produziriam mais em menos tempo se fossem organizados de forma 
hierarquizada e sistematizada. Assim, cada um desenvolveria uma atividade 
determinada, se \u201cespecializando\u201d naquela tarefa. Como o trabalhador é monitorado 
segundo o tempo de produção, o indivíduo cumpre sua tarefa no menor tempo possível. 
O sistema de controle inclui conceitos de meritocracia, premiando aqueles que se 
destacam. Esse tipo de recompensa caracteriza a manipulação, domínio e exploração do 
proletariado em benefício do capital (livro-base, p. 131-135).
\ufffc C 
As duas assertivas são falsas.
\ufffc D 
A assertiva II é verdadeira e a assertiva I é falsa.
\ufffc E 
A assertiva II contraria a a\ufb01rmação da assertiva I.
Questão 4/12 - Educação e Trabalho
Leia o fragmento