Gráfico de Gantt
1 pág.

Gráfico de Gantt

Disciplina:Administração de Processos Produtivos6 materiais69 seguidores
Pré-visualização1 página
DISCIPLINA ADMISTRAÇÃO DE PROCESSOS PRODUTIVOS
PROFESSOR: Antônio José Bicca
CURSO: Administração \u2013 Fase 5ª - Noturno
ALUNO: Odair José de Souza

GRÁFICO DE GANTT

O tema abordado neste trabalho será sobre uma ferramenta de gestão desenvolvida por Henry Laurence Gantt, utilizada primeiramente na administração, mas que se consagrou na área de gestão de projetos.
Engenheiro mecânico e consultor de empresas em processos industriais e de gestão, Henry Gantt (1861-1919) nasceu em Maryland, nos Estados Unidos. Sua principal atuação como consultor de empresas se baseava na otimização de processos para o aumento da produtividade e da eficiência nas linhas de produção. Por essas e outras, sua carreira profissional o levou a trabalhar juntamente com Frederick Taylor, considerado o pai da administração científica.
Entre os iniciadores da ciência da Administração, foi um dos primeiros a dirigir a atenção para o ser humano dentro da indústria. Gantt afirmava que, \u201centre todos os problemas da administração, o elemento humano é o mais importante\u201d.
Embora tivesse colaborado com Taylor durante vários anos, algumas concepções de Gantt podem ser consideradas como precursoras de métodos administrativos menos autoritários que vieram a ser desenvolvidos nas décadas seguintes.
Gantt é mais conhecido, no entanto, pela confecção do Diagrama de Gantt ou Gráfico de Gantt, cuja finalidade é racionalizar, coordenar e controlar as operações em qualquer âmbito em que a produção esteja se desenvolvendo.
A primeira versão da ferramenta foi desenvolvida pelo engenheiro polonês Karol Adamiecki, em 1890. Contudo, após algumas adaptações que a tornaram mais clara e de fácil compreensão, Henry Gantt a lançou para o mundo em 1903, através de um trabalho chamado \u201cA graphical daily balance in manufacturing\u201d, que descreve o Gráfico de Gantt como uma ferramenta para auxiliar empresas e gestores de manufatura a controlar seus projetos implementando-a na indústria como forma de planejar, organizar e controlar a produção.
Com a ajuda do Diagrama passou a ser possível planejar em detalhes a linha de produção, distribuindo adequadamente as atividades ao longo das horas de trabalho de cada funcionário, o que ajudava a prever o volume de peças por colaborador e por dia, garantindo, assim, que os pedidos dos clientes fossem atendidos dentro do prazo estabelecido.
A partir desse controle bem mais próximo da linha de produção, as indústrias também puderam otimizar seus estoques de modo a manter a atividade dos operários constante, mas sem excesso de insumos dentro da fábrica, o que levou a uma maior rentabilidade para os negócios.
O Gráfico de Gantt é baseado em uma linha do tempo em que o eixo horizontal representa as horas, os dias ou as semanas e o eixo vertical exibe as atividades. Marca-se o início e o fim de cada atividade, criando uma linha dentro do gráfico. Se preferir, você pode determinar cores diferentes para as atividade, agrupando-as conforme sua necessidade e, assim, tornando o gráfico ainda mais visual.
Depois de listadas todas as atividades e suas durações, você pode incrementar o Gráfico de Gantt com os nomes dos responsáveis por cada tarefa ou ainda reorganizar as atividades de modo que as interdependências fiquem mais evidentes. É possível ainda sinalizar o progresso da equipe, alterando a cor dos trabalhos já concluídos ou dos que estão em atraso, dando maior destaque ao que deve ser feito na sequência.
A ferramenta criada por Gantt foi utilizada em períodos importantes da história mundial. O primeiro registro da utilização desta ferramenta foi durante a Primeira Guerra Mundial, quando o General William Crozier, chefe da Portaria para o Exército dos Estados Unidos, convidou Henry Gantt para ajudar no preparo dos soldados para a empreitada prestes a ter início. O Gráfico de Gantt foi usado, então, para planejar as atividades de produção industrial de armamentos, munições e veículos de guerra, entre outros.
A crise de 1929, também chamada de A Grande Depressão, colocou os Estados Unidos em sérias dificuldades econômicas, o que se estendeu até a Segunda Guerra Mundial. A solução encontrada pelo governo americano para estimular a economia e voltar a crescer foi o famoso New Deal, um conjunto de políticas econômicas traçado pelo então presidente Franklyn Delano Roosevelt.
Um dos grandes feitos dessa manobra econômica foi a construção da represa Black Canyon, no Colorado. Devido à grandiosidade da obra, foi preciso adotar uma ferramenta que ajudasse a monitorar seu prazo de desenvolvimento, bem como coordenar as atividades dos mais de 20 mil trabalhadores ali alocados. A ferramenta adotada foi, claro, o Gráfico de Gantt, que não só ajudou a planejar e controlar o cronograma do projeto, como foi um dos responsáveis pelo sucesso da empreitada.
O declínio do uso do diagrama de Gantt se deu devido ao surgimento dos primeiros computadores que passaram a ser usados como ferramentas de análise preditiva, dispensando outros recursos que vinham sendo bastante empregados \u2014 como o Gráfico de Gantt. Até então, o diagrama era feito no papel, o que exigia retrabalhos a cada alteração da estratégia. Como demandava tempo para manter esse documento atualizado, muitas organizações acabaram por dispensá-lo de seu dia a dia.
Em meados de 1960, o Gráfico de Gantt voltou a ser usado, mas dessa vez não exatamente na indústria, mas em um mercado totalmente novo, que ainda apenas engatinhava: o gerenciamento de projetos. Como se trata de uma ferramenta bastante visual e de fácil compreensão, o diagrama passou a ser usado para ajudar a determinar o caminho crítico de projetos.
Com a ajuda do Gráfico de Gantt, os gerentes de projetos podiam identificar com precisão tanto o início como o término de cada atividade, assim como as folgas, os gargalos, as interdependências e o progresso das atividades, de forma a tomarem decisões mais assertivas em relação à execução dos projetos desenvolvidos.

Referências:

Disponível em:<https://www.projectbuilder.com.br/blog/conheca-historia-do-grafico-de-gantt/> acesso em 04/06/2018.

Disponível em:<http://www5.fgv.br/ctae/publicacoes/Ning/Publicacoes/00Artigos/
JogoDeEmpresa/Karoshi/glossario/GANTT.html> acesso em 04/06/2018.

Disponível em: <https://www.projectbuilder.com.br/blog/grafico-de-gantt-como-e-por-que-utiliza-lo-para-gerenciar-projetos/> acesso em 04/06/2018.

Disponivel em: <https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/adminis
tracao/graficos-de-gantt/46355> acesso em 04/06/2018.