A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
53 pág.
Arquitetura Hospitalar

Pré-visualização | Página 4 de 19

ocasionando assim a
sobrecarga da rede estadual.
que a rede regional receba investimentos para o seu aparelhamento no atendimento de ações básicas de saúde, evitando a
transferência de pacientes que não estejam em grau complexo de enfermidade para as sedes municipais, ocasionado assim a
sobrecarga da rede municipal.
que a rede federal receba investimentos para o seu aparelhamento no atendimento de ações básicas de saúde, evitando a
transferência de pacientes em qualquer grau de enfermidade para as sedes regionais, ocasionando assim a sobrecarga da rede
estadual.
que a rede estadual receba investimentos para o seu aparelhamento no atendimento de ações básicas de saúde, facilitando a
interrelação das sedes municipais e estaduais na transferência de pacientes que estejam em baixo grau de enfermidade,
evitando assim a sobrecarga da rede federal.
Fiscalizar as ações e serviços de saúde, elaborar normas técnicas, promover articulação com os órgãos de fiscalização e controlar e
fiscalizar ações inerentes ao poder de polícia sanitária é uma competência:
A descentralização dos serviços e ações de saúde para os Municípios, controlar e avaliar as redes hierarquizadas do SUS e formular,
executar e acompanhar normas e padrões de funcionamento em caráter suplementar é uma competência:
A gestão dos recursos necessários para a prestação dos serviços de saúde em relação ao planejamento, execução e
acompanhamento da rede de serviços, que deve ser feita pelo nível local onde esta se insere é um conceito de:
Entende-se por Descentralização:
A responsabilidade que cada tipo de unidade de saúde que compõe a rede de serviços tem para com a população é um conceito de:
da União e dos Estados
comum, da União, Estados, DF e Municípios
privativa da União
exclusiva da União
comum, dos Estados, DF e Municípios
 
 
 
Explicação:
Todas as esferas tem na legislação em vigor deverem relacionados a estas competências
 
 
 
2.
De acordo com a lei 8666, da União.
De acordo com a lei 8112, da União.
De acordo com a lei 8080, dos Municípios.
De acordo com a lei 8080, dos Estados.
De acordo com a lei 8112, dos Municípios.
 
 
 
3.
Municipalização.
Descentralização.
Competência.
Hierarquização.
Regionalização.
 
 
 
4.
os níveis de atendimento à saúde que levam em consideração os aspectos epidemiológicos, econômicos e culturais em âmbito
estadual, que servem de base para organização territorial do SUS.
a gestão dos recursos necessários para a prestação dos serviços de saúde em relação ao planejamento, execução e
acompanhamento da rede de serviços, que deve ser feita pelo nível local onde esta se insere.
as ações para o atendimento primário da saúde baseado na premissa de que o homem mora na zona urbana ou rural do
município.
a subdivisão da cidade em áreas homogêneas pela saúde pública tendo em vista as características do território e da
população que nele está inserida.
a responsabilidade que cada tipo de unidade de saúde que compõe a rede de serviços tem para com a população.
 
 
 
5.
A subdivisão da cidade em áreas homogêneas pela saúde pública tendo em vista as características do território e da população que
nele está inserida é um conceito de:
De acordo com a Lei 8080/90, aos Estados compete:
O conceito de Municipalização, inspirado na Conferência de Alma Ata, na antiga União Soviética, tem como objetivo:
Descentralização.
Municipalização.
Competência.
Regionalização.
Hierarquização.
 
 
 
6.
Hierarquização.
Competência.
Municipalização.
Descentralização.
Regionalização.
 
 
 
7.
formular, executar e acompanhar normas e padrões de funcionamento em caráter privativo.
fiscalizar as ações e serviços de saúde em caráter exclusivo e promover articulação com os órgãos de fiscalização federais.
a descentralização dos serviços e ações de saúde para os Municípios, controlar e avaliar as redes hierarquizadas do SUS e
formular, executar e acompanhar normas e padrões de funcionamento em caráter suplementar.
formular políticas e normas, coordenar e avaliar sua implantação em articulação com os demais órgãos governamentais e
promover a descentralização para as Unidades Federadas e Municípios dos serviços e ações de saúde.
planejar, programar e organizar a rede regionalizada e hierarquizada do SUS em articulação com a direção nacional.
 
 
 
8.
que a rede estadual receba investimentos para o seu aparelhamento no atendimento de ações básicas de saúde, facilitando a
interrelação das sedes municipais e estaduais na transferência de pacientes que estejam em baixo grau de enfermidade,
evitando assim a sobrecarga da rede federal.
que a rede federal receba investimentos para o seu aparelhamento no atendimento de ações básicas de saúde, evitando a
transferência de pacientes em qualquer grau de enfermidade para as sedes regionais, ocasionando assim a sobrecarga da
rede estadual.
que a rede do SUS receba investimentos para o seu aparelhamento no atendimento de ações básicas de saúde, facilitando a
transferência de pacientes em qualquer grau de enfermidade para todo o território nacional, evitando assim a sobrecarga da
rede municipal.
que a rede regional receba investimentos para o seu aparelhamento no atendimento de ações básicas de saúde, evitando a
transferência de pacientes que não estejam em grau complexo de enfermidade para as sedes municipais, ocasionado assim a
sobrecarga da rede municipal.
que a rede municipal receba investimentos para o seu aparelhamento no atendimento de ações básicas de saúde, evitando a
transferência de pacientes que não estejam em grau complexo de enfermidade para as sedes regionais, ocasionando assim a
sobrecarga da rede estadual.
1a Questão
Em uma concorrência, o convite pode ser feito pela entidade pública ou privada, contratando o serviço diretamente ou mediante
indicação. A negociação é feita a partir da entrega de uma proposta técnica e financeira. Na Administração Pública, são convocados
interessados do ramo, cadastrados ou não, em número mínimo de cinco. A Unidade Administrativa fixa cópia do instrumento de
convocação em local apropriado para os que manifestarem seu interesse com antecedência de até 24 horas da apresentação das
propostas.
Errado, pois somente é entregue a proposta técnica.
 Errado, pois é um número mínimo de três.
Errado, pois são 48 horas.
Errado, pois somente é feito por entidade pública.
Certo.
 
 
 
 2a Questão
Quanto ao concurso: I- Pode ser público ou privado. II -quando público, são abertos a todos os profissionais legalmente habilitados e
podem ter abrangência regional, nacional ou internacional. III - Cabe sempre ao IAB - Instituto de Arquitetos do Brasil a
organizanização, podendo haver por parte de outras organizações, sindicatos, entidades e universidades. IV - quando privado, são
organizados pelas próprias empresas e geralmente é solicitado um Projeto Executivo.
Todas estão corretas.
Somente III e IV estão corretas.
 Somente I, II e III estão corretas.
Somente II e III estão corretas.
Todas estão erradas.
 
 
 
 3a Questão
Na atividade de compatibilização, durante um projeto, quem promove a reunião com os demais projetistas é o (a):
 cliente.
 Escritório de Arquitetura.
fiscalização.
corretor.
fornecedor.
 
 
 
 4a Questão
NÃO é considerado um serviço de arquitetura:
 Anteprojeto
Projeto Paisagístico
Projeto Legal
 Sondagem
Projeto Urbanístico
 
 
 
 5a Questão
Seu hospital está gerenciando um contrato com uma empreiteira para a construção de uma nova unidade de saúde, que está em fase
de execução. Ao analisar o cronograma da obra, o gestor do hospital identifica um caminho crítico, ou seja, caso uma determinada
atividade não seja realizada no prazo estimado, oferecerá elevado grau de risco à empreitada. A atividade em questão é a aquisição

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.