A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
79 pág.
A Importância da família para o tratamento de álcool e outras drogas

Pré-visualização | Página 1 de 17

11 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO 
CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS 
ESCOLA DE SERVIÇO SOCIAL 
 
 
 
A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA PARA O 
TRATAMENTO DE ÁLCOOL E OUTRAS 
DROGAS 
 
 
 
 Joelma Santos da Costa 
 
 
 
 
 
 
12 
 
Rio de Janeiro 
 2008 
 
 
 
Joelma Santos da Costa 
 
A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA PARA O TRATAMENTO 
DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS 
 
 
Trabalho de Conclusão de Curso de 
Graduação, apresentado ao 
Departamento de Fundamentos do 
Serviço Social da Escola de Serviço 
Social da Universidade Federal do Rio de 
Janeiro. 
 
 
 
 
Orientadora: Prof. Dr. Mariléia Franco 
Marinho Inoue 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
13 
 
 
 
Rio de Janeiro 
2008 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A importância da família para o tratamento de álcool e outras 
drogas 
 
Autor: 
Joelma Santos da Costa 
 
 
Orientador: 
Prof. Dr. Mariléia Franco Marinho Inoue 
 
 
Examinadores: 
Prof. Dr. Luiz Eduardo Acosta Acosta 
 
 
 
 
 
 
 
14 
Prof. Dr. Rogério Lustosa Bastos 
 
 
 
 
 
Departamento de Fundamentos do Serviço Social 
Escola de Serviço Social – UFRJ 
Rio de Janeiro, RJ – Brasil. 
Fevereiro de 2008 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dedico este trabalho a todos que contribuíram para a 
realização desta etapa inesquecível e fundamental em minha vida. 
A minha mãe principalmente que sempre esteve ao meu lado 
colaborando em todos os momentos. 
 
 
 
 
 
 
 
 
15 
Joelma Santos da Costa 
 
 
 
 
 
 
 
16 
AGRADECIMENTOS 
 
 Agradeço a Deus por tornar possível esta conquista em minha vida que 
sem dúvida possibilitou meu crescimento pessoal e sempre me amparou nos 
momentos difíceis que não foram poucos. 
 
 À minha família principalmente a minha mãe Maria José, pela 
compreensão e ajuda que me foi dada durante toda a minha vida e 
especialmente durante o período acadêmico, o que tornou possível a 
concretização desta vitória. 
 
 Ao meu irmão George que muito contribuiu para minha permanência na 
universidade. 
 
 À minha orientadora a professora Mariléia Inoue que teve muita 
paciência e sempre entendeu as minhas dificuldades, inclusive quando 
desanimei em algumas situações, tranqüilizou-me nos momentos em que 
estava apreensiva se conseguiria tornar realidade um sonho, a conclusão 
deste trabalho que é algo cristalino em minha vida, um troféu, por tudo que vivi. 
 
 Ao meu namorado Luiz Carlos que de forma indireta contribuiu com o 
trabalho através de discussões sobre assuntos que mesmo sem que ele 
percebesse articulei a pesquisa realizada neste estudo. 
 
 Agradeço ao empenho e dedicação do meu supervisor de estágio Ivan 
Freire Nunca esquecerei o incentivo e presteza dedicado durante todo período 
de convivência no Hospital Escola São Francisco de Assis. 
 
 Aos meus amigos e todos os professores que me deram força e apoio 
sempre com muito otimismo e palavras positivas. 
 
 
 
 
 
 
17 
Agradeço a todos pela contribuição! 
 
 
 
 
 
 
 
Eu sei, 
Que os sonhos são pra sempre. 
Eu sei, 
Aqui no coração... 
Eu vou ser mais do que eu sou 
Pra cumprir as promessas que eu fiz 
Porque eu sei que é assim 
Que os meus sonhos dependem de mim 
Eu vou tentar, sempre 
E acreditar que sou capaz 
De levantar uma vez mais. 
Eu vou seguir, sempre 
Saber que ao menos eu tentei 
E vou tentar mais uma vez 
Eu vou seguir... 
Não sei, 
Se os dias são pra sempre. 
Guardei, 
Você no coração... 
Eu vou correndo atrás, 
Aprendi que nunca é demais 
Vale a pena insistir 
Minha guerra é encontrar minha paz... 
Eu vou tentar, sempre 
E acreditar que sou capaz 
De levantar uma vez mais. 
Eu vou seguir, sempre 
Saber que ao menos eu tentei 
E vou tentar mais uma vez 
Eu vou seguir... 
 
Versão de Marina Elali e Dud Falcão 
 
 
 
 
 
 
18 
 
 
 
 
 
 
 
 
RESUMO 
O presente Trabalho de Conclusão de Curso discorre sobre a 
importância da família para o tratamento de álcool e outras drogas e o 
interesse pelo referido tema surgiu a partir da experiência de estágio no 
HESFA – Hospital Escola São Francisco de Assis e tem como objetivo 
compreender o processo no qual as famílias de usuários de álcool e outras 
drogas estão inseridos. 
Buscou-se enfatizar a importância da família no processo de tratamento 
familiar, articulando o contexto social à dinâmica vivenciada pela família em 
relação a dependência química. A família como principal agente de 
socialização do indivíduo tem uma contribuição fundamental a dar na 
recuperação e na reintegração social de usuários de álcool e outras drogas. 
Foram analisados os prejuízos ocasionados em decorrência do uso de 
drogas para que se possa encontrar alternativas saudáveis e trazer a 
discussão das drogas para o âmbito da saúde na perspectiva de qualidade de 
vida e descriminalização do usuário. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
19 
 
 
 
 
 
 
 
 
ABREVIATURAS 
 
ABEAD – Associação Brasileira de Estudos do Álcool 
AIDS – Síndrome de Imunodeficiência Adquirida 
A A – Alcoólicos Anônimos 
AL-ANON – Grupos Familiares 
CEBRID – Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas 
DST – Doenças sexualmente Transmissível 
HESFA – Hospital Escola São Francisco de Assis 
HUPE – Hospital Universitário Pedro Ernesto 
MS – Ministério da Saúde 
N A – Narcóticos Anônimos 
NEPAD – Núcleo de Estudos e Pesquisa em Atenção ao Uso de Drogas 
OBID – Observatório Brasileiro de Informação sobre Drogas 
OEA – Organização dos Estados Americanos 
OMS – Organização Mundial de Saúde 
SENAD – Secretaria Nacional Antidrogas 
UERJ – Universidade do Estado do Rio de Janeiro 
UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro 
UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação Ciência e 
Cultura 
UNIAD – Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas 
UNIPRAD – Unidade de Projetos Relacionados ao Uso de Drogas 
 
 
 
 
 
20 
ONU – Organização das Nações Unidas 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
LISTA DE TABELAS 
 
Tabela I - Terminologia e Conceitos Básicos sobre Drogas 
 
Tabela II – Classificação das Drogas Quanto a Ação no Sistema Nervoso Central 
 
Tabela III - Classificação dos Níveis de Prevenção 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
21 
SUMÁRIO 
 
INTRODUÇÃO...........................................................................................................11 
 
1 - CAPÍTULO I – A família em constante mudanças ..................................... 15 
1.1 Perspectiva Histórica .....................................................................................15 
1.2 O que é família..................................................................................................19 
1.3 A mulher no âmbito familiar ............................................................................20 
1.4 A configuração da família nos anos 90 ............................................................22 
 
 2 - CAPÍTULO II – Droga e Família ....................................................................27 
2.1 Considerações sobre drogas ...........................................................................27 
2.1.1 Dependência .................................................................................................29 
2.1.2 Por que tratar...................................................................................................30