A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Questionário de protensão

Pré-visualização | Página 1 de 3

Questionário de Protensão
1) O que é protender? Definir Concreto Protendido.
R: Protender um elemento de concreto significa esticar um cabo de aço - a cordoalha - que passa em seu interior. Ao tensionar o elemento de concreto dessa maneira, ele ganha em resistência para alguns tipos de solicitação. Assim, é possível obter vãos maiores de lajes e vigas.
R: A protensão é uma tecnologia que confere ao concreto maior resistência à tração, sendo bastante interessante em estruturas onde existem esforços de flexão elevados. Trata-se de tecnologia inteligente, eficaz e duradoura, capaz de oferecer soluções estruturais com ótimas relações custo-benefício.
2) Como a protensão pode melhorar as condições de utilização do concreto?
R: A protensão eleva o concreto ao seu potencial de compressão máximo, tornando-o mais resistente, aumentando a sua resistência a tração, que naturalmente é muito baixa, possibilitando vencer grandes vãos de vigas e lajes.
3) Definir armaduras ativa e passiva.
R: Ativa: Constituída por barra, fios isolados ou cordoalhas, destinada à produção de forças de protensão, isto é, na qual se aplica um pré alongamento inicial.
Passiva: Qualquer armadura que não seja usada para produzir forças de protensão, isto é, que não seja previamente alongada. A armadura do concreto armado comum, é um exemplo de armadura passiva. 
4) Faça comparações entre o Concreto Armado e o Concreto Protendido.
R: Ambos são composto por aço e concreto, o concreto armado possui barras de aço que trabalham a resistência a tração, também conhecidas como armaduras passivas. Pode-se citra como vantagens o custo para execução é menor, não necessita de mão de obra especializada, é possível aplica-lo em qualquer tipo de estrutura.
Enquanto o concreto protendido, além de, possuir armaduras passivas, também leva em sua composição cabos de aços de alta resistência, que são tracionados para aumentar a resistência do concerto. O protendido tem um custo mais elevado, uma vez que necessita de aço e concreto com maior resistência, necessita de mão de obra especializada, é recomendado para grandes obras, pois, possibilita vencer grandes vãos, sem que vigas muito grandes sejam utilizadas, economizando assim no concreto.
5) O que é Concreto Protendido com armadura ativa pré-tracionada (protensão com aderência inicial) e como é aplicada na fabricação das peças?
R: (protensão com aderência inicial) Concreto protendido em que o pré-alongamento da armadura ativa é feito utilizando-se apoios independentes do elemento estrutural, antes do lançamento do concreto, sendo a ligação da armadura de protensão com os referidos apoios desfeita após o endurecimento do concreto; a ancoragem no concreto realiza-se só por aderência.
6) O que é Concreto Protendido com armadura ativa pós-tracionada com aderência posterior, e como é aplicada na fabricação das peças?
R: (protensão com aderência posterior ) Concreto protendido em que o pré alongamento da armadura ativa é realizado após o endurecimento do concreto, sendo utilizados, como apoios, partes do próprio elemento estrutural, criando posteriormente aderência com o concreto de modo permanente, através da injeção das bainhas.
7) O que é Concreto Protendido com armadura ativa pós-tracionada sem aderência, e como é aplicada na fabricação das peças?
R: (protensão sem aderência) Concreto protendido em que o pré alongamento da armadura ativa é realizado após o endurecimento do concreto, sendo utilizados, como apoios, partes do próprio elemento estrutural, mas não sendo criada aderência com o concreto, ficando a armadura ligada ao concreto apenas em pontos localizados.
8) Qual a resistência mínima à compressão para o concreto nas peças de Concreto
Protendido? Relacione a resistência com a relação a/c.
R: A resistência característica à compressão do concreto (fck) situa-se frequentemente na faixa entre 30 e 50 MPa, o que resulta estruturas com menor peso próprio e maiores vãos. No caso de peças protendidas pré-fabricadas são muitas vezes utilizados concretos de resistência superior a 50 MPa
Fptk- 1500MPA a 1900MPA
Quanto maior for a relação a/c, menor será a resistência desse concreto.
9) Por que são desejadas resistências elevadas para o concreto no Concreto Protendido?
R: Para suportar o grande esforço ao qual o concreto é submetido pelos cabos de aço, concretos com baixa resistência a compressão não suportam tal esforço, a ponto de conseguir uma protensão satisfatória.
10) Por que pode ser interessante usar o cimento ARI?
R: Com cimento ARI e cura a vapor consegue-se, em 12 h, cerca de 70 % da resistência à compressão aos 28 dias de cura normal.
O cimento ARI (alta resistência inicial) não possui aditivos. Porém, seu clínquer possui dosagem diferenciada. Esse tipo de cimento pode atingir até 26 MPa com 1 dia de cura! É indicado para obras que necessitam de desforma rápida.
11) O que é cura térmica a vapor? Quando é interessante aplicá-la?
R: Cura térmica é o processo utilizado para acelerar as reações de hidratação do concreto, com o intuito de obter ganhos de resistências mecânicas nos primeiros dias, este processo comumente utilizado na indústria de pré-fabricados, pois, permite a utilização das fôrmas, leitos de protensão e equipamentos de cura a intervalos mais frequentes, reduzindo as áreas de estocagem e permitindo colocar peças em serviço em um período menor ao que se teria se fosse utilizada a cura convencional.
12) Quais são os dados de interesse no projeto das estruturas de Concreto Protendido?
R: a) resistências características à compressão (fckj) e à tração (fctkj), na idade j da aplicação da protensão e na idade de 28 dias;
b) módulo de elasticidade do concreto na idade to (Eci(to)), quando se aplica uma ação permanente importante, como a força de protensão, bem como também aos 28 dias de idade;
c) relação a/c do concreto.
13) De que forma os aços para armadura ativa são apresentados pelas fábricas no Brasil? Em que forma são fornecidos?
R: São apresentados como fios de aço com alta resistência a tração, regulamentados pela ABNT NBR 7483, são vendidos como cabos de aço(cordoalhas), em formas de bobinas, com espessuras e resistências diferentes.
14) O que é cordoalha engraxada? Em que tipo de estrutura vem sendo aplicada em grande quantidade no Brasil?
R: As Cordoalhas Engraxadas são fabricadas por meio de um processo contínuo. Elas possuem camadas de graxa e são revestidas de Polietileno de Alta Densidade, aplicado diretamente sobre a cordoalha já engraxada, em toda a sua extensão.
Usada mais em vigas com vãos maiores.
15) O que são barras de aço-liga?
R: É uma liga de ferro-carbono com elementos de adição (níquel, cromo, manganês, tungstênio, molibdênio, vanádio, silício, cobalto e alumínio) para conferir a esse aço características especiais, tais como: resistência à tração e à corrosão, elasticidade e dureza, entre outras, tornando-os melhores do que os aços-carbono comuns.
16) O que é relaxação? O que significam as notações RN e RB?
R: é a perda de tensão com o tempo em um aço estirado, sob comprimento e temperatura constantes. Quanto maior a tensão ou a temperatura, maior a relaxação do aço.
RN- aços de relaxação normal (RN);
RB- aços de relaxação baixa (RB): são aqueles que tem suas características elásticas melhoradas para reduzir as perdas de tensão por relaxação, que é cerca de 25 % da relaxação do aço RN.
17) Como se prescreve um aço para armadura ativa?
R: Aço para armadura ativa, deve possuir alto nível de resistência de acordo com o que estabelece a NBR 7482. Com por exemplo; CP 175 RN - aço para Concreto Protendido, com resistência característica mínima à tração (fptk) de 175 kN/cm2 (1.750 MPa) e de relaxação normal.
18) O que são fptk e fpyk ?
R: fptk = resistência característica à ruptura por tração do aço de protensão;
R: fpyk = resistência característica de escoamento, equivalente à tensão que conduz a uma deformação permanente de 2o /oo fios e a 1o /oo nas cordoalhas.
19) Quais os valores para o módulo de elasticidade

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.