Gerenciamento_de_Projetos_PMO
108 pág.

Gerenciamento_de_Projetos_PMO


DisciplinaGerenciamento de Projetos13.922 materiais116.034 seguidores
Pré-visualização18 páginas
MBA EM GESTÃO DE PROJETOS
Gerenciamento de Projetos e
Gerenciamento Estratégico de Projetos - 
PMO, Maturidade e Portfólio
PÓS-GRADUAÇÃOPÓS-GRADUAÇÃO
2
Curso
MBA em Gestão de Projetos
Disciplina 
Gerenciamento de Projetos e Gerenciamento Estratégico de Projetos \u2013 
PMO, Maturidade e Portfólio
Autor
 Renato Cristiano Torres
Índice ÍNDICE
Tema 01: Fundamentos de Gestão de Projetos 07
Tema 02: Estabelecendo Prazos, Custos e Qualidade 33
Tema 03: Gestão de Pessoas e Comunicação 69
Tema 04: Gestão de Riscos e Aquisições 89
© 2015 Kroton Educacional
Proibida a reprodução final ou parcial por qualquer meio de impressão, em forma idêntica, resumida ou modificada em língua 
portuguesa ou qualquer outro idioma.
3
Como citar este material:
TORRES, Renato. Gerenciamento de Projetos e 
Gerenciamento Estratégico de Projetos \u2013 PMO, Maturidade e 
Portfólio. Valinhos: 2015.
4
APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA
5
As empresas precisam conhecer bem suas técnicas de produção e/ou fornecimento de 
serviços para estabelecer metodologias capazes de atender um público cada vez mais 
exigente. Porém, será que sabemos o que realmente os clientes querem? Normalmente, 
compreendemos o que o cliente não quer depois que ele enxerga o produto final. Durante o 
desenvolvimento, o produto se torna tangível aos olhos dos clientes e é a partir daí que eles 
enxergam novas possibilidades, com isso tendem a propor mudanças. Diante desse cenário, 
descrever e compreender o desejo do cliente no início do projeto, estruturar as atividades 
de produção e criar mecanismos auxiliares de controle fará parte de uma estratégia para 
garantir o sucesso na construção do produto e a satisfação do cliente. Veremos a seguir 
que essas atividades farão parte da Gestão de Projetos.
O PMI (Project Management Institute) tem o objetivo de desenvolver e divulgar as melhores 
práticas de gerenciamento de projetos, atuando desde 1969, segundo PMI São Paulo (http://
www.pmisp.org.br/), e tem mais de 250 mil usuários. A organização tem programas de 
certificação, atualização e um vasto acervo em seu site. Parte do conteúdo está disponível 
apenas para associados.
Uma das contribuições mais importantes do PMI é o Guia PMBOK. Este documento é 
referência básica para o gerenciamento de projetos e para as certificações. O Guia estabelece 
diretrizes para processos, ferramentas e técnicas para gerenciamento de projetos, assim, o 
PMBOK torna-se documento indispensável de leitura para quem deseja implementar gestão 
de projetos em uma empresa.
Esta disciplina não tem a proposta de ser um material preparatório para certificação, 
porém está baseada no PMBOK 4ª edição, por ser referência mundial nas melhores 
práticas de gestão de projetos.
6
TEMA 01
Fundamentos de Gestão de Projetos
LEGENDA 
DE ÍCONES seções
7
Início
Referências
Gabarito 
Verificação
de leitura
Pontuando
Vamos 
pensar
Glossário
Aula
8
01
Fundamentos de Gestão de Projetos
Objetivos
\u2022	 Introdução ao gerenciamento de projetos.
\u2022	 Apresentação dos conceitos de gerenciamento de projeto.
\u2022	 Gerenciamento de escopo.
1. Introdução
Ao longo do tempo, quatro fatores de modo geral influenciaram as empresas, são eles: 
tecnologia, mercado, sociedade e clientes. A tecnologia pode alterar o formato de produção 
da empresa, tornando-a mais eficiente, possibilitando um fluxo de comunicação adequado e 
gerando base de conhecimento que auxilie as pessoas a desenvolver suas habilidades. 
O mercado influencia a partir das necessidades de soluções e serviços globais, de forma 
a garantir qualidade uniforme ao redor do mundo, o que impacta em desenvolver fontes 
seguras de matéria-prima, fornecedores e canais de venda especializados. A sociedade 
impõe para as empresas a manutenção de boas práticas morais e éticas, a preocupação 
com a preservação do meio ambiente, produtos saudáveis e empresas humanísticas. Os 
clientes estão mais exigentes, a qualidade está implícita quando a necessidade atual é: qual 
a sensação ou experiência que o produto me proporcionará? O conhecimento sobre o perfil 
desse cliente e seus desejos é um diferencial.
1.1 O que é um projeto
Para o PMI (PMBOK, 2008), um projeto é um esforço temporário com a finalidade de criar 
um produto/serviço único. Assim, podemos pensar: será que aquela viagem que irei realizar 
poderia se tornar um projeto? A resposta é sim, tem todos os requisitos para ser organizada 
em um grupo de atividades controladas por prazo com um objetivo único e envolvendo um 
orçamento financeiro, só que depende de um planejamento prévio. Um bom planejamento é 
9
Aula 01 | Fundamentos de Gestão de Projetos
a chave para o sucesso do projeto, pois coordenar e controlar todas as atividades exige um 
planejamento estratégico adequado, dirigido para o grau de complexidade de cada projeto.
1.2 Objetivos e fases do projeto
Quando nos preparamos para uma viagem, o primeiro exercício é planejar quais atividades 
precisaremos executar até a data de retorno da viagem, objetivando o sucesso, ou seja, a 
satisfação com a viagem. Cada pessoa pode ter um nível de dificuldade diferente para realizar 
essa tarefa, que varia de acordo com seu perfil, associado a pensamento lógico, disciplina, 
organização metódica, etc. Como provavelmente não será um projeto único, ou seja, faremos 
outras viagens, quanto mais exercitarmos o planejamento, mais teremos casos de viagens 
bem-sucedidas, é uma tendência; isso sem falar que a experiência poderá ser passada para 
outras pessoas, portanto, gerir projetos é também construir uma base de conhecimento de 
tudo que funcionou e que não funcionou, e utilizar essa base para o próximo projeto. Pensando 
nisso, o PMI escreveu um documento, denominado PMBOK, que contém as melhores práticas 
para a gestão de projetos, servindo de apoio para gestores de projetos do mundo todo. O 
PMBOK (2008) divide as atividades em cinco grandes grupos de processos, são eles:
Grupo Objetivo
Iniciação Processos para definição do projeto ou fase (o que é o projeto?).
Planejamento Definição de escopo, detalhamento dos objetivos e estratégia (como 
fazer?).
Execução Execução do trabalho definido no plano do projeto.
Monitoramento 
e Controle
Acompanhamento, revisão e controle do progresso das atividades, 
gestão do desempenho e identificação de mudanças.
Fechamento Processos executados para finalizar todas as atividades, encerramento 
formal do projeto.
Na Figura 1.1 é apresentado o esforço realizado necessário em função do tempo, essa fase também é 
conhecida como ciclo de vida do projeto.
10
Figura 1.1.
Fonte: PMBOK (2008).
1.3 Cultura e tipos de organizações
Para a gestão de projetos ser implantada e gerar resultados em uma empresa, ela depende 
de uma série de fatores, tais como: comprometimento dos executivos, clima organizacional 
motivador, recursos financeiros, pessoas, maturidade dos gestores envolvidos na implantação, 
e outros. Uma vez que gerente de projeto é o responsável por conduzir e supervisionar as 
atividades do projeto, seu papel é transversal à atuação dos gestores da organização, com 
isso, sua posição hierárquica pode afetar o formato e o resultado da gestão.
Dessa forma, a atuação do gerente de projetos depende do tipo da organização. Iremos 
considerar três tipos de organização, definidos no PMBOK (2008):
\u2022 Funcional
A organização funcional é a estrutura organizacional que aplica o princípio funcional 
ou princípio da especialização das funções. Como a característica fundamental nessa 
estrutura é a divisão da autoridade, comunicação direta e descentralização das decisões, 
Aula 01 | Fundamentos de Gestão de Projetos
11
o gerente de projetos pode encontrar um cenário