A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
DIREITO EMPRESARIAL APLICADO II caso concreto  semana 07

Pré-visualização | Página 1 de 1

DIREITO EMPRESARIAL APLICADO II - CCJ0134 
Título 
Caso Concreto 7 
Descrição 
CASO CONCRETO: 
 
(TJRJ – XLIV Concurso – Magistratura – 2ª fase – adaptada) A Representações 
de Papéis Ltda, com sede nesta cidade, é notificada por B Celulose S/A, dando 
conta da extinção do contrato firmado entre as partes, em maio de 2017, que 
vigorava por prazo indeterminado. Na oportunidade, foi esclarecido que a partir 
do recebimento da referida notificação, novos negócios em nome da notificante, 
não poderiam ser realizados, pois esta passaria a operar diretamente com os 
clientes os respectivos pedidos. Inconformada, A propõe ação em face de B, onde 
sustenta que fez grandes investimentos no interesse desta última, não deu causa 
à extinção do contrato, cujos negócios dele oriundos representavam 80% do seu 
faturamento, não tendo sido observado o prazo legal para que a notificação 
pudesse surtir o efeito pretendido. Além disso, a cessação abrupta da atividade 
desenvolvida acarretara danos materiais e morais que pretendia ver indenizados. 
Esclareça qual a disciplina legal a ser adotada, bem como explique as 
peculiaridades do contrato e o alegado direito à indenização. 
R: No caso em tela, deve-se ser aplicado o princípio da continuidade 
contratual, o qual aduz sobre a obrigatoriedade do cumprimento dos 
contratos (pacta sunt servanda ) . 
Além disso, nos termos do código civil vigente, não há como se conceber a 
extinção do contrato de forma unilateral na espécie, visto a grandeza dos 
investimentos aplicados pela empresa notificada e que ainda, pelo curto 
espaço de tempo entre a aplicação dos valores e a extinção contratual, não 
restou possibilidade de a mesma ter retorno dos recursos aplicados , 
devendo sim, caso não haja a prorrogação do contrato até o que se dê o 
tempo razoável a fim de mitigar os prejuízos , a parte prejudicada ser 
indenizada pelos danos materiais decorrentes dos investimentos que fez 
ainda na vigência da avença e que serão certamente perdidos , e m razão da 
forma repentina em que se dera a quebra contratual. Nesse sentido é 
expressão do código civil pátrio, vejamos: 
Art. 473. A resilição unilateral, nos casos em que a lei expressa ou 
implicitamente o permita, opera mediante denúncia notificada à outra parte. 
Parágrafo único. Se, porém, dada a natureza do contrato, uma das partes 
houver feito investimentos consideráveis para a sua execução, a denúncia 
unilateral só produzirá efeito de pois de transcorrido prazo compatível com 
a natureza e o vulto dos investimentos. (CC ) 
Art. 186. Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou 
imprudência, violar direito e causar dano a outrem , ainda que 
exclusivamente moral, comete ato ilícito. (CC) 
 
 
QUESTÃO OBJETIVA: 
 
(ADVOGADO PETROBRÁS – CESGRANRIO/2011) Quando um empresário 
licencia o uso de sua marca a outro, prestando-lhe serviços de organização 
empresarial, com ou sem venda de produtos, mediante remuneração direta ou 
indireta, sem que fique caracterizado vínculo empregatício, tem-se um contrato 
de: 
a) compra e venda mercantil. 
b) comodato. 
c) Franquia. 
Artigo 2º da Lei 8955/94 “ Franquia empresarial é o sistema pelo qual um 
franqueador cede ao franqueado o direito de uso de marca ou patente, 
associado ao direito de distribuição exclusiva ou semi-exclusiva de 
produtos ou serviços e, eventualmente, também ao direito de uso de 
tecnologia de implantação e administração de negócio ou sistema 
operacional desenvolvidos ou detidos pelo franqueador , mediante 
remuneração direta ou indireta, sem que, no entanto, fique caracterizado 
vínculo empregatício”. 
Contrato de franquia é a conjugação de dois contratos empresarias, são: 
licença de uso da marca e prestação de serviços de organização da empresa. 
Sendo que este último, desdobra-se em três: o management, relacionado 
com os sistemas de controle de estoque, de custos e treinamento de 
pessoal; o engineering, pertinente à organização do espaço (layout) do 
estabelecimento do franqueado; e o marketing, cujo conteúdo diz respeito 
às técnicas de colocação do produto ou serviço junto ao consumidor , 
incluindo a publicidade 
d) corretagem. 
e) comissão mercantil.