Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Aula de descrição, narração e dissertação

Pré-visualização | Página 1 de 1

*
*
*
1 – DESCRIÇÃO
Apresentar as propriedades, as qualidades, as características de objetos, de ambientes, de ações ou estados.
DESCREVER:
Verbos no presente e no pretérito imperfeito
Texto estático, a característica básica é a simultaneidade. 
 Não tem anterioridade, nem posterioridade
 Exemplos de texto descritivo
Rosto simétrico e uniforme, pele clara, olhos arredondados e escuros. Possui dentes grandes e claros, boca pequena e nariz um pouco arrebitado. Seu rosto emana um ar romântico e descontraído mas ao mesmo tempo séria. Usa óculos de grau e brincos de argolas nas orelhas. Seus cabelos são curtos e levemente ondulados na cor castanho escuro.
*
*
*
2 – NARRAÇÃO
Construída desde imagens compensadas por palavras, passando por textos publicitários, até novelas construídas em formato linear, podendo incluir em sua organização aspectos descritivos e argumentativos.
NARRAR: é encadear acontecimentos ou fatos em ordem cronológica, ou seguindo outra ordem.
relação situacional entre o narrador e a narração – o modo como ele vê os fatos em si, sem desconsiderar espaço e tempo;
verbos no subsistema do pretérito(Pretéritos perfeito, imperfeito, mais que perfeito. Algumas vezes, outros tempos verbais como futuro do pretérito e do presente) 
Anterioridade e posterioridade ( em alguns casos, simultaneidade)
organização básica: quem, quando, onde, como, por quê?
*
*
*
Exemplo de texto narrativo
Ele foi cavando, cavando, cavando, pois sua profissão - coveiro - era cavar. Mas, de repente, na distração do ofício que amava, percebeu que cavara demais.Tentou sair da cova e não conseguiu. Levantou o olhar para cima e viu que sozinho não conseguiria sair. Gritou. Ninguém atendeu. Gritou mais forte. Ninguém veio. Enrouqueceu de gritar, cansou de esbravejar, desistiu com a noite. Sentou-se no fundo da cova, desesperado. A noite chegou, subiu, fez-se o silêncio das horas tardias. Bateu o frio da madrugada e, na noite escura, não se ouviu um som humano, embora o cemitério estivesse cheio de pipilos e coaxares naturais dos matos. Só pouco depois da meia-noite é que vieram uns passos...
*
*
*
3 – DISSERTAÇÃO
Dissertar: é expor ou explanar idéias; expressar o que se sabe ou se acredita saber a respeito de determinado assunto; é externar a nossa opinião sobre o que é ou nos parece ser.
PARTES DA DISSERTAÇÃO
Introdução:
Constitui o parágrafo inicial do texto e deve ter, em média, 5 linhas. É composta por uma sinopse do assunto a ser tratado no texto. Não se pode, entretanto, começar as explicações antes do tempo. Todas as idéias devem ser apresentadas de forma sintética, pois é no desenvolvimento que serão detalhadas.
Desenvolvimento:
Esta segunda parte de uma redação, também chamada de argumentação, representa o corpo do texto. Aqui serão desenvolvidas as idéias propostas na introdução. É o momento em que se defende o ponto de vista acerca do tema proposto. Deve-se atentar para não deixar de abordar nenhum item proposto na introdução.
Pode estar dividido em 2 ou 3 parágrafos e corresponde a umas 20 linhas, aproximadamente.
*
*
*
Conclusão:
Representa o fecho do texto e vai gerar a impressão final do avaliador. Deve conter, assim como a introdução, em torno de 5 linhas.
Pode-se fazer uma reafirmação do tema e dar-lhe um fecho ou apresentar possíveis soluções para o problema apresentado.
Apesar de ser um parecer pessoal, jamais se inclua.
Evite começar com palavras e expressões como: concluindo, para finalizar, conclui-se que, enfim...
*
*
*
Exemplo de texto dissertativo:
A posição social da mulher de hoje
 Ao contrário de algumas teses predominantes até bem pouco tempo, a maioria das sociedades de hoje já começam a reconhecer a não existência de distinção alguma entre homens e mulheres. Não há diferença de caráter intelectual ou de qualquer outro tipo que permita considerar aqueles superiores a estas.
 Com efeito, o passar do tempo está a mostrar a participação ativa das mulheres em inúmeras atividades. Até nas áreas antes exclusivamente masculinas, elas estão presentes, inclusive em posições de comando. Estão no comércio, nas indústrias, predominam no magistério e destacam-se nas artes. No tocante à economia e à política, a cada dia que passa, estão vencendo obstáculos, preconceitos e ocupando mais espaços.
*
*
*
 Cabe ressaltar que essa participação não pode nem deve ser analisada apenas pelo prisma quantitativo. Convém observar o progressivo crescimento da participação feminina em detrimento aos muitos anos em que não tinham espaço na sociedade brasileira e mundial.
 Muitos preconceitos foram ultrapassados, mas muitos ainda perduram e emperram essa revolução de costumes. A igualdade de oportunidades ainda não se efetivou por completo, sobretudo no mercado de trabalho. 
 Tomando-se por base o crescimento qualitativo da representatividade feminina, é uma questão de tempo a conquista da real equiparação entre os seres humanos, sem distinções de sexo.
*
*
*
*
*
*
*
*
*