A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
SIMULADO ENADE CONHECIMENTOS GERAIS 1

Pré-visualização | Página 1 de 2

13/04/2015 BDQ Prova
http://simulado.estacio.br/bdq_prova_resultado_enade.asp 1/8
Simulado ENADE: 2014.2 Aluno: MARCUS VINICIUS PEREIRA DA LIMA
Disciplina: ENADE 2015 - FORMAÇÃO GERAL Matr.: 201402312199
 1a Questão (Ref.: 201402957156) Pontos: 1,0 / 1,0
Leia o gráfico, em que é mostrada a evolução do número de trabalhadores de 10 a 14 anos, em algumas
regiões metropolitanas brasileiras, em dado período:
http://www1.folha/uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u85799.shtml, acessado em 2 out. 2009. (Adaptado)
Leia a charge:
www.charges.com.br, acessado em 15 set. 2009.
Há relação entre o que é mostrado no gráfico e na charge?
Sim, pois o crescimento do trabalho infantil no Brasil faz crescer o número de crianças envolvidas com o
crime organizado.
Não, pois o crescimento do número de crianças e adolescentes que trabalham diminui o risco de sua
exposição aos perigos da rua.
Não, pois a faixa etária acima dos 18 anos é aquela responsável pela disseminação da violência urbana
nas grandes cidades brasileiras.
Ambos abordam temas diferentes e não é possível se estabelecer relação mesmo que indireta entre
eles.
 Sim, pois ambos se associam ao mesmo contexto de problemas socioeconômicos e culturais vigentes no
país.
13/04/2015 BDQ Prova
http://simulado.estacio.br/bdq_prova_resultado_enade.asp 2/8
 2a Questão (Ref.: 201402957107) Pontos: 1,0 / 1,0
Legisladores do mundo se comprometem a alcançar os objetivos da Rio+20
Reunidos na cidade do Rio de Janeiro, 300 parlamentares de 85 países se comprometeram a ajudar seus
governantes a alcançar os objetivos estabelecidos nas conferências Rio+20 e Rio 92, assim como a utilizar a
legislação para promover um crescimento mais verde e socialmente inclusivo para todos.
Após três dias de encontros na Cúpula Mundial de Legisladores, promovida pela GLOBE International - uma rede
internacional de parlamentares que discute ações legislativas em relação ao meio ambiente -, os participantes
assinaram um protocolo que tem como objetivo sanar as falhas no processo da Rio 92.
Em discurso durante a sessão de encerramento do evento, o vice-presidente do Banco Mundial para a América
Latina e o Caribe afirmou: "Esta Cúpula de Legisladores mostrou claramente que, apesar dos acordos globais
serem úteis, não precisamos esperar. Podemos agir e avançar agora, porque as escolhas feitas hoje nas áreas
de infraestrutura, energia e tecnologia determinarão o futuro".
Disponível em: <www.worldbank.org/pt/news/2012/06/20> . Acesso em: 22 jul. 2012 (adaptado).
O compromisso assumido pelos legisladores, explicitado no texto acima, é condizente com o fato de que
as metas estabelecidas na Conferência Rio 92 foram cumpridas devido à propositura de novas leis
internas, incremento de verbas orçamentárias destinadas ao meio ambiente e monitoramento da
implementação da agenda do Rio pelos respectivos governos signatários.
a Lei de Mudança Climática aprovada recentemente no México não impacta o alcance de resultados dos
compromissos assumidos por aquele país de reduzir as emissões de gases do efeito estufa, de evitar o
desmatamento e de se adaptar aos impactos das mudanças climáticas.
 a mera assinatura de chefes de Estado em acordos internacionais não garante a implementação interna
dos termos de tais acordos, sendo imprescindível, para isso, a efetiva participação do Poder Legislativo
de cada país.
os acordos internacionais relativos ao meio ambiente são autônomos, não exigindo de seus signatários a
adoção de medidas internas de implementação para que sejam revestidos de exigibilidade pela
comunidade internacional.
a atuação dos parlamentos dos países signatários de acordos internacionais restringe-se aos mandatos
de seus respectivos governos, não havendo relação de causalidade entre o compromisso de participação
legislativa e o alcance dos objetivos definidos em tais convenções.
 3a Questão (Ref.: 201402957163) Pontos: 1,0 / 1,0
 
A charge de Millôr aponta para
13/04/2015 BDQ Prova
http://simulado.estacio.br/bdq_prova_resultado_enade.asp 3/8
o predomínio do econômico sobre o ético.
a defesa das convicções políticas.
a persuasão como estratégia de convencimento.
o desrespeito às relações profissionais.
 a fragilidade dos princípios morais.
 4a Questão (Ref.: 201402957165) Pontos: 1,0 / 1,0
"Os determinantes da globalização podem ser agrupados em três conjuntos de fatores: tecnológicos,
institucionais e sistêmicos."
GONÇALVES, Reinaldo. Globalização e Desnacionalização. São Paulo: Paz e Terra, 1999.
"A ortodoxia neoliberal não se verifica apenas no campo econômico. Infelizmente, no campo social, tanto no
âmbito das idéias como no terreno das políticas, o neoliberalismo fez estragos ( ... ).
SOARES, Laura T. O Desastre Social. Rio de Janeiro: Record, 2003.
"Junto com a globalização do grande capital, ocorre a fragmentação do mundo do trabalho, a exclusão de
grupos humanos, o abandono de continentes e regiões, a concentração da riqueza em certas empresas e
países, a fragilização da maioria dos Estados, e assim por diante ( ... ). O primeiro passo para que o Brasil
possa enfrentar esta situação é parar de mistificá-la."
BENJAMIM, Cesar & outros. A Opção Brasileira. Rio de Janeiro: Contraponto, 1998.
Diante do conteúdo dos textos apresentados acima, algumas questões podem ser levantadas.
1 - A que está relacionado o conjunto de fatores de "ordem tecnológica"?
2 - Considerando que globalização e opção política neoliberal caminharam lado a lado nos últimos tempos, o
que defendem os críticos do neoliberalismo?
3 - O que seria necessário fazer para o Brasil enfrentar a situação da globalização no sentido de "parar de
mistificá-la"?
A alternativa que responde corretamente às três questões, em ordem, é:
revolução da biotecnologia / fortalecimento da base produtiva com subsídios à pesquisa tecnocientífica
nas transnacionais / considerar que o aumento das barreiras ao deslocamento de pessoas, o mundo do
trabalho e a questão social estão circunscritos aos espaços regionais.
Terceira Revolução Industrial / auxílio do FMI com impulso para atração de investimentos estrangeiros /
compreender que o desempenho de empresas brasileiras que não operam no mercado internacional não
é decisivo para definir o grau de utilização do potencial produtivo, o volume de produção a ser
alcançado, o nível de emprego e a oferta de produtos essenciais.
revolução nas telecomunicações / concentração de investimentos no setor público com eliminação
gradativa de subsídios nos setores da indústria básica / implementar políticas de desenvolvimento a
médio e longo prazos que estimulem a competitividade das atividades negociáveis no mercado global.
 revolução tecnocientífica / reforço de políticas sociais com presença do Estado em setores produtivos
estratégicos / garantir níveis de bem-estar das pessoas considerando que uma parcela de atividades
econômicas e de recursos é inegociável no mercado internacional.
revolução da informática / reforma do Estado moderno com nacionalização de indústrias de bens de
consumo / assumir que está em curso um mercado de trabalho globalmente unificado.
 5a Questão (Ref.: 201402957153) Pontos: 1,0 / 1,0
Leia o esquema abaixo.
1 - Coleta de plantas nativas, animais silvestres, microorganismos e fungos da floresta Amazônica.
2 - Saída da mercadoria do país, por portos e aeroportos, camuflada na bagagem de pessoas que se disfarçam
de turistas, pesquisadores ou religiosos.
13/04/2015 BDQ Prova
http://simulado.estacio.br/bdq_prova_resultado_enade.asp 4/8
3 - Venda dos produtos para laboratórios ou colecionadores que patenteiam as substâncias provenientes das
plantas e dos animais.
4 - Ausência de patente sobre esses recursos, o que deixa as comunidades indígenas e as populações
tradicionais sem os benefícios dos royalties.
5 - Prejuízo para o Brasil!
Com base na análise

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.