Plano de Ação
6 pág.

Plano de Ação


DisciplinaPsicoterapias (supervisão)2 materiais19 seguidores
Pré-visualização2 páginas
\ufffd
PLANO DE AÇÃO
	Tema: Baixo desempenho da escola nas avaliações externas
	Local: Escola Muncipal Arão Reis
	Data de execução: 
	Tempo Previsto: 1 hora e 30 minutos.
	Público: Gestores, especilaistas, supervidores e educadores
	Responsáveis pela aplicação: Mayuri Mendes Coimbra
	JUSTIFICATIVA
	OBJETIVOS
	PROCEDIMENTOS
	AVALIAÇÃO
	REFERÊNCIAS
	-Considerando que a escola cumpriu a meta no IDEB \u2013Índice de Desenvolvimento da Educação Básica apenas no ano de 2015;
- Considerando que na última avaliação a escola não cumpriu a meta e ainda observou-se uma queda acentuda no desempenho dos alunos dos anos iniciais e finais do ensino fundamental;
	- identificar as causas do baixo desempenho;
-buscar soluções para melhorar o desempenho;
- planejar o envolvimento da comunidade escolar nas metas da escola;
	- estabelecer uma roda de conversa com a equipe pedagógica da escola;
- apresentar os resultados da escola nas últimas avaliações do IDEB, frizando a queda de desempenho da escola;
- direcionar os trabalhos da identificação de problemas e buscar soluções;
- estabelecer que não há buscar por culpados e sim por alternativas de melhoras;
	- serão avaliados a participação e interação dos envolvidos, bem como o encajamentos para a busca de soluções;
	Conhecendo o Ideb. Disponível em : <http://portal.mec.gov.br/conheca-o-ideb > acesso em 12/10/2018.
	DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS
	-Inciar as atividades distribuindo aos presentes um bombom com seguinte mensagem: \u201cDialogar é criar espaços para que cada um possa dizer a sua palavra\u201d Paulo Freire \u2013 1998\u201d;
- Informar que o objetivo da reunião é discutir o desempenho da escola no IDEB;
- Apresentar o histórico com os resultados da escola a partir de 2009 (o Ideb foi criado em 2007) até 2017;
- Informar os aspectos que devem ser avaliados : 1-Secretaria e recepção ;2-Comunicação com os pais; 3- Atendimento da direção; 4- Atendimento dos professores; 5- Reunião de pais; 6-Parceria nas metas da escola; 7-Conselhos escolares; 8-Apoio aos pais; 9-Solução de problemas; 10-Postura educativa; 11- Ética.
- Separar a equipe em três grupos onde cada grupo fará as seguintes análises.
Grupo 1- Estabelecer as possíveis causas do baixo desempenho e propor soluções;
Grupo 2 \u2013 Discutir a participação da família na escola e propor alternativas para maior aproximação;
Grupo 3- Discutir sobre o empenho do corpo docente, suas dificuldades, e quais métodos tem sido eficazes e ineficazes, sempre propondo alternativas de melhoria;
- Após a discurssões os grupos deverão eleger um representante para expor para a equipe os posicionamentos e conclusões estabelecidos.
PLANO DE AÇÃO
	Tema: Baixo desempenho da escola nas avaliações externas
	Local: Escola Muncipal Arão Reis
	Data de execução: 
	Tempo Previsto: 2 horas.
	Público: Comunidade escolar
	Responsáveis pela aplicação: Mayuri Mendes Coimbra
	JUSTIFICATIVA
	OBJETIVOS
	PROCEDIMENTOS
	AVALIAÇÃO
	REFERÊNCIAS
	-Considerando que a escola cumpriu a meta no IDEB \u2013Índice de Desenvolvimento da Educação Básica apenas no ano de 2015;
- Considerando que na última avaliação a escola não cumpriu a meta e ainda observou-se uma queda acentuda no desempenho dos alunos dos anos iniciais e finais do ensino fundamental;
	- Promover a participação efetiva da comunidade escolar através de parceria com os pais e outros segmentos da sociedade, buscando criar condições para promoção de uma educação construtiva e justa através de um trabalho coletivo e educativo;
- Convidar os pais a participar de palestras, encontros, mutirões e oficinas nas quais vivam situações que os filhos realizam no dia-a-dia;
	- preparar um espaço agradável para receber a comunidade escolar;
- apresentações artísticas dos alunos (musicais, teatros e poesias autorais);
- apresentar os resultados da escola no Ideb, frizando que a escola sem o apoio da família não consegue caminhar.
	- serão avaliados a participação e interação dos envolvidos, bem como o encajamentos para a busca de soluções;
	Conhecendo o Ideb. Disponível em : <http://portal.mec.gov.br/conheca-o-ideb > acesso em 12/10/2018.
	DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS
	-Todos os servidores da escola deverão receber os representantes da comunidade escolar com presteza e sensibilidade;
- Convidar á todos a prestigiar as apresentações artisticas dos alunos, ressaltando que os alunos têm grande potencial e que nem sempre os pais tem oportunidade ver a atuações dos seus filhos;
- Ao final das apresentações artísticas, discutir a comunidade escolar os resultados da escola no Ideb, deixando claro que a escola precisa melhorar e para tanto necessita de parcerias com as famílias; 
- Informar que: a família não precisa ser convocada para comparecer a escola, que o baixo desempenho da escola pode está relacionado a falta de assiduidade de alguns, o uso não monitorado dos recursos tecnológicos, a evasão escolar, etc.,
- Distriuir fichas para que possam colocar sugestões de melhorias de professores, especialistas e gestores ( não será necessário se identificar);
- As sugestões serão depositados em uma urnas e posteriomente serão avaliadas pelos especilistas e e divulgadas para conhecimento dos servidores da escola.
PLANO DE AÇÃO
	Tema: Sexualidade
	Local: Escola Muncipal Arão Reis
	Data de execução: 
	Tempo Previsto: 2 horas.
	Público: Alunos do Ensino Médio e da EJA
	Responsáveis pela aplicação: Mayuri Mendes Coimbra
	JUSTIFICATIVA
	OBJETIVOS
	PROCEDIMENTOS
	AVALIAÇÃO
	REFERÊNCIAS
	- Aumento no índice de gravidez na adolescência entre as alunas;
- Altos índices de infectados por IST\u2019s na região;
- O papel da Escola é abrir espaço para que a pluralidade de concepções, valores e crenças sobre a sexualidade possa se expressar. 
-O trabalho de orientação sexual, compreende a ação da Escola como complementar à educação dada pela família;
	- Educar sexualmente nossos adolescentes e jovens;
- Contribuir para a criação de um espaço de reflexão e discussão do tema SEXUALIDADE X FAMÍLIA E ESCOLA, estimulando a autonomia e responsabilidade dos jovens, a fim de favorecer a redução de gestações indesejadas na adolescência e prevenção de IST, HIV/AIDS.
	-Palestras educativas com médicos e enfermeiros;
- Testes rápidos de hepatite e HIV (para os maiores de 18 anoa);
	- serão avaliados a participação e interação dos envolvidos, bem como o encajamentos para a busca de soluções;
	
	DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS
	- Utilizar a escola como um espaço de reflexão e de discussão, no qual os adolescentes se situem pessoalmente, expressando suas dificuldades, resistências, dúvidas, anseios e opiniões, favorecendo a construção de um saber compartilhado.
 - Realizar um debate sobre gênero, mitos referente ao masculino/feminino, as transformações fisiológicas da educação infantil e da adolescência e outros assuntos relacionados à sexualidade. 
- Refletir sobre DSTs, HIV/AIDS e de gravidez na adolescência. Além de problematizar os motivos envolvidos na ausência/ presença de prevenção. 
- Falar sobre os métodos contraceptivos, informando os oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na Unidade de Saúde que é referência à escola. - Estimular a criação de ações específicas para adolescentes na rede de saúde. 
- Expandir a reflexão para além dos adolescentes proporcionando encontros com os educadores e pais para abordar os desafios encontrados na prática em sala de aula e em casa sobre a sexualidade. 
- Buscar a intersetorialidade dos serviços, programas e ações de prevenção e que reforcem iniciativas das comunidades. - Avaliar e construir as condições para a formação de jovens multiplicadores como forma de ampliar o projeto.
PLANO DE AÇÃO
	Tema: Bom funcionamente da instituíção
	Local: CEMEI \u2013 Tia sorária
	Data de execução: 
	Tempo Previsto: 1 hora.
	Público: Professores da educação infantil
	Responsáveis pela aplicação: Mayuri Mendes Coimbra