Unid 4   Direito Empresarial
2 pág.

Unid 4 Direito Empresarial

Pré-visualização2 páginas
Pergunta 1
0,25 em 0,25 pontos
	
	

	
	Em agosto de 2011, Bruno Pereira comprou um aparelho de ar-condicionado da marca Springer no Magazine Luiza, pela página da rede de lojas na internet, e recebeu o produto 3 dias após a finalização da compra, procedendo à sua instalação no ato de seu recebimento. Contudo, após a instalação do produto, foi verificado que o aparelho não desempenhava suas funções adequadamente. Desapontado, Bruno se arrependeu da compra e decide pedir o valor pago de volta. Assinale a atitude correta e prevista pela lei a ser tomada por Bruno:
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	c.
Bruno está correto em requerer o direito de volta, pois está amparado pela lei, que permite o direito de arrependimento de 7 dias quando as compras são feitas fora do estabelecimento.

	Resposta Correta:
	c.
Bruno está correto em requerer o direito de volta, pois está amparado pela lei, que permite o direito de arrependimento de 7 dias quando as compras são feitas fora do estabelecimento.

	Feedback da resposta:
	De acordo com o artigo 49 do CDC, o consumidor poderá desistir da contratação da compra do produto, pois isso aconteceu fora do estabelecimento comercial. Assim, veja o artigo da lei:
Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.
Parágrafo único. Se o consumidor exercitar o direito de arrependimento previsto neste artigo, os valores eventualmente pagos, a qualquer título, durante o prazo de reflexão, serão devolvidos, de imediato, monetariamente atualizados. 

Assim, o consumidor poderá desistir da compra pela internet, pois ela aconteceu fora do estabelecimento comercial.

	
	
	

Pergunta 2
0,25 em 0,25 pontos
	
	

	
	João comprou um celular na loja CelStore. Após uma semana de uso, o aparelho ficou mudo, e o consumidor não conseguiu mais utilizá-lo. Enviado para conserto, a loja deu prazo de 30 (trinta) dias para solucionar o problema, entretanto, o fornecedor descumpriu com o prazo acordado. Nesse caso, o consumidor pode pedir: 
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	d.
Alternativamente e à sua escolha: a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso; a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos; o abatimento proporcional do preço. 

	Resposta Correta:
	d.
Alternativamente e à sua escolha: a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso; a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos; o abatimento proporcional do preço. 

	Feedback da resposta:
	Segundo o Código de Defesa do Consumidor:
Art. 18. Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com a indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.
§ 1° Não sendo o vício sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:
I - a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso;
II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;
III - o abatimento proporcional do preço. 

	
	
	

Pergunta 3
0,25 em 0,25 pontos
	
	

	
	Quais atitudes poderá tomar o consumidor que, para preservar seus direitos como consumidor, adquire uma máquina de lavar que não funciona adequadamente? Assinale a alternativa INCORRETA:
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	a. 
O consumidor deverá aguardar a manifestação do fornecedor por carta registrada.

	Resposta Correta:
	a. 
O consumidor deverá aguardar a manifestação do fornecedor por carta registrada.

	Feedback da resposta:
	O consumidor, quando lesado, poderá procurar o SAC do fornecedor, registrar uma reclamação no PROCON e também ingressar com uma ação na justiça para fazer valer seus direitos e responsabilizar o fornecedor pelo prejuízo causado.

	
	
	

Pergunta 4
0,25 em 0,25 pontos
	
	

	
	João, correntista de um banco, firmou contrato de empréstimo para adquirir dinheiro para comprar sua casa própria. O contrato que lhe foi entregue para assinar continha um cláusula que determinava a utilização compulsória de arbitragem, caso houvesse algum descumprimento contratual. Sobre essa questão, assinale a alternativa correta: 
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	d. 
 Trata-se de cláusula abusiva em contrato de adesão, que é considerada nula de pleno direito, por ferir direito do consumidor.

	Resposta Correta:
	d. 
 Trata-se de cláusula abusiva em contrato de adesão, que é considerada nula de pleno direito, por ferir direito do consumidor.

	Feedback da resposta:
	 De acordo com o CDC, art. 51, VII é cláusula abusiva aquela que determina a utilização compulsória da arbitragem.

	
	
	

Pergunta 5
0,25 em 0,25 pontos
	
	

	
	Assinale a alternativa correta que indicar o contrato assinado pelo consumidor quando da contratação da prestação de um serviço ou compra de um produto, no qual não há possibilidade de discutir as cláusulas ou regras do contrato, que foram redigidas pelo fornecedor:
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Contrato de Adesão

	Resposta Correta:
	b. 
Contrato de Adesão

	Feedback da resposta:
	O artigo 54 do código de Defesa do Consumidor estabelece que o contrato elaborado exclusivamente pelo fornecedor, de modo que não exista possibilidade de revisão e modificação pelo consumidor, é chamado de contrato de adesão.

	
	
	

Pergunta 6
0,25 em 0,25 pontos
	
	

	
	Claudia comprou um secador de cabelo da marca Fame e quando ligou o equipamento pela primeira vez, ele liberou uma chama de fogo que causou a queimadura de parte do couro cabeludo e perda da orelha esquerda. Diante do exposto, qual a responsabilidade do fornecedor?
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Responsabilidade pelo fato (defeito) do produto, pois colocou em risco a segurança do consumidor.

	Resposta Correta:
	b. 
Responsabilidade pelo fato (defeito) do produto, pois colocou em risco a segurança do consumidor.

	Feedback da resposta:
	A responsabilidade pelo fato está ligada ao defeito do produto ou serviço, quando este não oferece a segurança que dele se espera. Nesse caso, o consumidor espera somente secar os cabelos. A partir do momento em que lança uma chama de fogo, coloca em risco a vida e a integridade física do consumidor e, portanto, a responsabilidade do fornecedor é pelo fato do produto não funcionar adequadamente. Já a responsabilidade pelo vício refere-se a um equívoco na quantidade do produto na embalagem ou na qualidade, não causando prejuízos estéticos, morais e à imagem do consumidor.

	
	
	

Pergunta 7
0,25 em 0,25 pontos
	
	

	
	\u201cO contrato faz lei entre as partes\u201d.
Sobre essa assertiva, assinale a opção correta:
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	e.
Quando se faz um contrato, são relacionados os direitos e os deveres tanto do fornecedor como do consumidor e, em caso de descumprimento, gera responsabilidade.

	Resposta Correta:
	e.
Quando se faz um contrato, são relacionados os direitos e os deveres tanto do fornecedor como do consumidor e, em caso de descumprimento, gera responsabilidade.

	Feedback da resposta:
	Quando se faz um contrato, são relacionados os direitos e os deveres tanto do fornecedor como do consumidor e, em caso de