Resenha Capitulo 4
10 pág.

Resenha Capitulo 4


DisciplinaEconomia Monetária773 materiais17.163 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Disciplina: Economia Monetária
Professor: Getulio Cruz
Academico: Wendel Ferreira de Andrade
Resenha: Capitulo 4 - Teoria Monetária: A Interação dos setores real e Monetário
Partindo das primeiras manifestações da teoria monetária, encontradas em autores de épocas em que os estudos científicos da economia ainda não haviam sido plenamente desenvolvidos, será traçado uma evolução das teorias monetárias, abrangendo os principais momentos dos estudos sobre a moeda.
Em passagens esparsas das obras dos primeiros filósofos-politicos universais encontram-se diversas referencias ao trinômio valor-moeda-preços. Este está presente nos escritos dos filósofos-politicos de Grecia e Roma, notadamente em A politica e A ética de Aristóteles, o mais erudito e o mais destacado de todos os discípulos de Platão. Segundo Shumpeter, em seu monumental estudo sobre os fundamentos do pensamento econômico, aristoteles desenvolveu clássicas proposições acerca da essência e do papel da moeda, como meio de troca e como padrão de valor; referindo-se a bens utilizáveis como moeda, diferenciou nitidamente os conceitos de valor de uso e valor de troca; ademais, relacionou de forma perspicaz o conceito de bem econômico à ideia de mensurabilidade monetária do seu valor. Segundo Jhon F. Bell, Aristóteles deduziu que \u201cmuitas das coisas necessárias à vida não são facilmente transportáveis, razão que levou os homens a empregar em suas transações algo intrinsecamente útil e facilmente aplicável aos propósitos comuns da vida, como o ferro, a prata e coisas similares; esses bens são um veiculo de troca e um repositório de valor, de vez que constituem um padrão universal de medição, sobre o qual há geral concordância\u201d.
Os estudos sobre o papel moeda na economia permaneceram assim milenarmente estacionados. Só voltariam à tona no Renascimento, época em que existiam, aliáis, motivações suficientemente fortes, dado o mercantilismo. Uma das explicações desenvolvidas por Jean Bodin. Bodin procurou evidenciar que a alta dos preços na França era causada pela abundancia de ouro e prata. A elevação da quantidade de moeda foi dada como causa básica dos surtos inflacionários. De fato, ao longo do período, a afluência de ouro e prata aos portos de Servilha, acrescida do contrabando desses metais para a França, a Inglaterra e o resto da Europa, provocaram uma violenta inflação.
Bodin formulou a teoria quantitativa da moeda, que explica as variações dos preços por mudanças introduzidas na quantidade de moeda em circulação. O mesmo sabia da relação entre a quantidade de moeda e o nível dos preços, e afirma que a abundancia de moeda em um reino torna efetivamente mais caras as mercadorias nativas. A explicação de Bodin seria reformulada nos séculos seguintes, embora ainda por cientistas sociais cuja preocupação central não convergia para a área econômica.
John Locke, o individualista liberal instituiu o conceito e a importância da velocidade da moeda. Argumentou que o valor da moeda com relação as outras mercadorias não depende exclusivamente da fartura ou escassez da moeda em relação às demais mercadorias disponíveis, mas também da velocidade de sua circulação. 
Já John Law, desenvolveu um conjunto de idéias sobre as relações entre a moeda e as atividades econômicas, procurando demonstrar que a expansão da oferta monetária levaria ao incremento do comercio e, consequentemente, do nível geral de atividades. Conseguiu operacionalizar suas idéias, criando o Banco Real da França e uma Cia de Comercio. Para expandir a oferta monetária, concebeu então a ideia de substituir as moedas metálicas pela emissão de papel-moeda, garantindo pelo valor das terras do governo francês. A superexpansão da oferta monetária, decorrente de emissões sem lastro metálico, perde a confiança do público, por conta das grandes emissões e perda do controle das emissões.
Richard Cantillon trouxe novas contribuições ao argumentar que um aumento na quantidade de moeda provoca um aumento na demanda de bens e um subsequente aumento nos preços. Fez uma explicação dos mecanismos que a expansão monetária gera expansão dos preços, e defendeu as vantagens da liquidez. Mostrou também que de acordo com Locke, o aumento da velocidade da moeda poderia ter o mesmo efeito que os aumentos na oferta monetária.
A predominância do quantitativismo
	Os economistas clássicos como Adam Smith, David Ricardo, Thomas R. Malthus e Jean Baptista Say, se baseavam na concepção do quantitativismo, embora rejetassem as teses centrais da politica econômica mercantilista, relacionadas ao entendimento que a riqueza das nações estaria relacionada aos seus estoques de metais preciosos. Cabe destacar David Hume que segundo Friedman \u201cos homens e as mercadorias são a verdadeira força de uma comunidade\u201d, ou seja, não os seus estoques de metais preciosos.
Adam Smith tenta mostrar que os aumentos no estoque desses metais, enquanto meios de pagamento, levarão antes a um aumento interno e geral dos preços, que terá como consequência a importância de mercadorias e o escoamento da moeda em direção do estrangeiro. Além de haver apontando esta contradição básica do pensamento mercantilista, o mesmo enfatiza que \u201cas características especiais do ouro e da prata são tais que o seu transporte é mais fácil do que o da maioria das outras mercadorias, mais sua escassez causará menos inconveniências do que outro bem, porque a moeda-papel bem regulada pode suprir a necessidade de um meio de troca, não apenas sem qualquer inconveniência, mas, em certos casos, até com algumas vantagens\u201d. Essa restrição tem origem na compreensão clássica das relações quantitativas entre moedas e preços, bem assimiladas por Smith.
A currency school defendia a idéia de que a queda do valor das notas do banco se devia a emissões em excesso, que ocasionavam o aumento dos preços e a consequente depreciação da moeda e da taxa de câmbio. a mesma argumenta que os aumentos da quantidade de moeda eram a causa que levava ao aumento geral dos preços e à consequente desvalorização da moeda. Tendo um rígido controle da moeda. Entendido como P = nível geral de preços, M = oferta monetária.
P=f (M)
Já a banking school defendia a idéia de que a quantidade de moeda era determinada pelas necessidades dos negócios. Bosanquet procurou evidenciar que se a quantidade de moeda fosse controlada os negócios se reduziriam, o que de forma alguma era recomendável. Suas conclusões levavam à propostas de liberdade de emissão, para atender às necessidades de crédito legitimo. A consideração da moeda como variável endógena.
 MV=PT
Onde M é a quantidade de moeda; V e a velocidade de circulação da moeda; P é o nível geral de preços e T é o volume físico das transações efetivamente realizadas. 
Fisher melhorou sua equação incorporando à oferta monetária os depósitos a vista no sistema bancário, M\u2019, e sua correspondente velocidade de circulação V\u2019. 
 MV + M\u2019 V\u2019 = PT
Sendo assim em todos os casos de substancial mudança no nível geral dos preços, a variável ativa da equação de trocas era M, a quantidade da moeda em circulação. P, é o único elemento absolutamente passivo na equação de trocas. E concluiu que V e V\u2019 são determinados por hábitos enraizados da população sendo constante a curto prazo. M\u2019 depende de uma estabilidade entre a base monetária e os depósitos e reservas de bancos.
	A identidade de fisher que, dadas as hipóteses, pode tornar-se uma teoria explicativa do nível geral de preços, é de grande utilidades como forma de arquivar o conhecimento e de olhar a realidade econômica.
- O neoclassicismo tende a interpretar que Keynes como um seguidor ou mesmo adepto mais sofisticado da síntese neoclássica promovida no início do século XX por Marshall. As divisões mais representativas são expressas pelo monetarismo de Yale, onde, com os trabalhos de Gurley-Shaw, tenta-se interpretar de uma forma mais abrangente o sistema de intermediação financeira como um todo.
- O neokeynesianismo tende a mostrar a existência de uma econômica em equilíbrio geral,