rainerio pim 1
12 pág.

rainerio pim 1


DisciplinaProinter IV Gestao Comercial Parcial2 materiais69 seguidores
Pré-visualização2 páginas
UNIVERSIDADE PAULISTA \u2013 UNIP
 INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL
POSTO RODOVIARIO
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR \u2013 PIM I
 PARAÍBA
 2018
UNIVERSIDADE PAULISTA \u2013 UNIP
INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL
POSTO RODOVIARIO
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR \u2013 PIM I
 RAINÉRIO DE OLIVEIRA DANTAS-RA:1709574
 
Projeto Integrado Multidisciplinar \u2013 PIM I, apresentado como um dos pré-requisitos para aprovação do bimestre vigente, no Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial.
 CAJAZEIRAS PB
 2018
RESUMO
O bom funcionamento de uma empresa é essencial para a obtenção de resultados positivos e crescentes dentro do mercado financeiro, integrando assim a gestão comercial, pois é através desta, que surgem as novas oportunidades de desenvolvimento. A importância da gestão comercial se concentra na eficiência de vendas, atendimento ao cliente, logística, processos gerenciais, entre outros. A partir dessa compreensão, este Projeto Integrado Multidisciplinar se propõe a verificar a gestão da empresa Posto de Combustível Rodoviário Ltda, localizado na cidade de São João do Rio do Peixe -Pb, com o intuito de demonstrar o funcionamento atual da empresa, embasado nos conhecimentos teóricos adquiridos nas disciplinas de Fundamentos da Administração, Recursos Materiais e Patrimoniais e Técnicas de Informática. Para objetivação dessa pesquisa, foi feito uma entrevista com o gestor da empresa e uma análise dos dados obtidos, além de um levantamento bibliográfico. Apesar de alguns déficits apresentados, a empresa demonstra responsabilidade dentro do trabalho desenvolvido. Espera-se que esse estudo possa incitar a curiosidade a respeito da temática em questão.
Palavras chave: Gestão Comercial, Projeto Integrado Multidisciplinar, Empresa. 
SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO	5
2. DESENVOLVIMENTO	6
2.1 - FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO	6
2.1.1 A Empresa	6
2.1.2 Fornecedores, Produtos e Serviços	6
2.1.3 Clientes	7
2.1.4 - Concorrentes da Organização	7
2.1.5 - Organograma	8
2.1.6 Análise da Prática Atual de Gestão da Organização.	8
2.2 \u2013 COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL	9
2.2.1 Comunicação Interna	9
2.2.2 Comunicação Externa	9
2.3 - TÉCNICAS DE INFORMÁTICA	10
2.3.1 Outras Ferramentas Ultilizadas pela DCCO	10
2.3.2 Nota Fiscal Eletrônica (DANFE)	10
2.3.3 E-mail	11
3. CONCLUSÃO	12
4. REFERÊNCIAS	112
1. INTRODUÇÃO 
No contexto brasileiro atual, grandes e constantes mudanças acontecem no mundo corporativista. Para isso, as empresas precisam estar atualizadas e com estratégias bem definidas de atuação, atentando-se ao fluxo de informações que interferem diretamente no desemprenho organizacional. Por essa razão, é imprescindível constituir uma relação de compromisso junto à equipe de trabalho, fundamentado na reciprocidade de ações, comunicação objetiva, ou seja, as novas transformações exigem uma nova filosofia na gestão empresarial, embasada e direcionada para a força de trabalho e os processos que a envolvem. 
Para que uma organização seja bem sucedida, é necessário que as suas estratégias estejam além das ferramentas de trabalho, captação de recursos financeiros e tecnológicos, ela precisa estar atenta à qualidade dos serviços oferecidos, no comportamento e comprometimento de seus colaboradores, para que as mudanças ocorram de forma positiva. A empresa pesquisada será a Posto de Combustível Rodoviário Ltda., que atua na distribuição de combustíveis de uma cidade chamada São João do Rio do Peixe -Pb, localizada no interior da Paraíba, inaugurada há 30 anos. 
Destarte, este projeto objetiva considerar os métodos de trabalho e relacionamento utilizados pelo Posto Rodoviário. Para tanto, será considerado o comprometimento das pessoas envolvidas, execução de papéis, qualidade no serviço ofertado pela empresa e formas de obtenção dos resultados. 
2. DESENVOLVIMENTO
2.1 - FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO
2.1.1 A Empresa
A Posto de Combustível Rodoviário Ltda., é uma empresa que vende combustíveis e lubrificantes para todos os tipos de veículos a motor. Os tipos mais comuns são: gasolina, etanol e diesel. A empresa é constituída com capital próprio, inscrita no CNPJ:07.520.220/002-84, foi fundada no ano de 1987, para ser atuar na cidade de São João do Rio do Peixe , no sertão paraibano. A empresa é de pequeno porte, conta com o auxílio de 8 funcionários e dois caminhão tanque, visando sempre o atendimento com qualidade e rapidez a seus clientes. 
Atuando com responsabilidade social, a empresa apoia e patrocina a projetos culturais e de incentivo ao esporte. Buscando cada vez mais a fidelização e satisfação de seus clientes, o Posto Rodoviário conta com um processo de planejamento estratégico, no qual foi definida a missão da empresa.
2.1.2 Fornecedores, Produtos e Serviços
Segundo Kotler (1993), os fornecedores de uma empresa contribuem para a produção e bens de serviços, direta ou indiretamente, sendo elementos que facilitam a entrada de recursos necessários para o bom funcionamento da empresa. 
 O controle bem como a disponibilidade, prazo de entrega e disposição de preços, influenciam no resultado final do que e oferecido ao cliente. Portanto, para que uma empresa obtenha um resultado satisfatório, deve-se primeiramente existir uma parceria com os seus respectivos fornecedores, caso contrário, poderá afetar diretamente o cliente (KOTLER; ARMSTRONG, 1999). 
Destarte, o Posto Rodoviário utiliza-se da seguinte classificação de prioridades para definir seus fornecedores: disponibilidade, qualidade, agilidade de entrega e preço. Tal critério foi estabelecido devido à empresa primar pela qualidade e segurança dos seus serviços.
Assim podemos citar os seguintes fornecedores do Posto Rodoviário: 
ALE \u2013 distribuidora de combustíveis;
DISLUB - distribuidora de combustíveis;
PARELHAS GÁS - atua no segmento de derivados do petróleo. 
O Posto Rodoviário oferece combustíveis, e derivados como óleo para lubrificação de motores. A empresa preocupa-se com a qualidade dos produtos oferecidos, primando pela satisfação dos clientes. 
2.1.3 Clientes
Segundo Czinkota (2001), as empresas que obtém a satisfação de seus clientes, parecem isolar-se das pressões competitivas, pois, ao executar um bom trabalho e com produtos de qualidade, os clientes optam por pagar mais caro para atender as suas necessidades e anseios. 
Cobra (1992) vem dizer que a percepção que o cliente tem sobre o valor do produto, é variável. Para tanto, a empresa deve buscar atingir as necessidades dos clientes. 
Na visão do Posto Rodoviário, a qualidade do produto oferecido e do atendimento ao cliente, vem a ser o diferencial, diminuindo a margem de insatisfação do indivíduo que procura o seu produto. 
2.1.4 - Concorrentes da Organização 
A oferta de produtos similares, feita por diferentes empresas que atuam no mesmo setor, fazem com que os clientes se tornem mais autocríticos em suas escolhas, sendo assim, as empresas precisam se adaptar ao mercado, para atingirem as exigências, a fim de se manterem atuantes, mantendo a competitividade sem prejuízos (OLIVEIRA, 2002).
O Posto Rodoviário tem certeza da qualidade dos produtos oferecidos, pois os mesmos passam por constantes análises. Porém, é importante estar atento à concorrência, pois muitas vezes, o cliente pode não levar em consideração tais pontos. O Posto Rodoviário é o único da cidade, porém, ele compete com vários outros postos na cidade, que fica nas centro da cidade. Este conta com o menor preço, porém, e a melhor localização da cidade. 
2.1.5 - Organograma
Proprietário (Gerente)
Vicente Pinheiro
Motorista
Francisco 
Paulo
Financeiro
Régia Paula
Frentistas
Cícero
Franciele