RESUMÃO NEUROCIÊNCIAS NP2
17 pág.

RESUMÃO NEUROCIÊNCIAS NP2


DisciplinaNeurociência1.884 materiais11.020 seguidores
Pré-visualização5 páginas
RESUMÃO NEUROCIÊNCIAS \u2013 NP2 
 
PLASTICIDADE NEURAL 
 
Definição: A neuroplasticidade ou plasticidade neural é definida como a capacidade do sistema nervoso modificar sua estrutura 
e função em decorrência dos padrões de experiência, e a mesma, pode ser concebida e avaliada a partir de uma perspectiva 
estrutural (configuração sináptica) ou funcional (modificação do comportamento). 
A neuroplasticidade, também conhecida por plasticidade neuronal ou maleabilidade cerebral, é a capacidade de mudança e 
reorganização dos neurônios de acordo com mudanças ambientais, experimentais, sociais, físicas e lesões mais graves. 
O processo contínuo de mudança cerebral, de \u201creorganização\u201d dos circuitos neurais, e da recepção de novas atitudes ou 
pensamentos, é o que se chama neuroplasticidade. 
 
TIPOS: 
 
Existem 5 tipos de neuroplasticidade: axônica, dendrítica, somática, sináptica e regenerativa. Vamos entender cada um deles: 
 
Plasticidade axônica: Essa é a plasticidade inicial (e a mais fundamental) do desenvolvimento do cérebro. Ocorre entre 0 e 2 anos 
de idade. 
Dentro da plasticidade axônica, existe o período crítico, que consiste no momento em que há mais ação da neuroplasticidade no 
sistema nervoso central. Ela ocorre em crianças, pois é a fase onde existem mais descobertas sobre a vida, o ambiente e o seu 
próprio corpo. 
Plasticidade dendrítica: Caracterizada pelas alterações de tamanho, comprimento, disposição e densidade 
das espinhas dendríticas, a plasticidade dendrítica ocorre principalmente nas fases iniciais do desenvolvimento. Espinhas dendríticas 
são os \u201cfiozinhos\u201d que fazem a conexão e transmissão de informação entre os neurônios. O axônio é o rabinho do neurônio e os 
dendritos são os \u201cgalhinhos\u201d que ficam tanto na cabeça do neurônio quanto no final do axônio. São eles que recebem e liberam os 
neurotransmissores, que fazem a real comunicação entre os neurônios, enquanto o resto do neurônio repassa a mensagem de forma 
elétrica. 
Plasticidade somática: Refere-se capacidade de regular a proliferação e a morte das células nervosas. Esta é uma capacidade 
presente apenas no sistema nervoso do embrião, e não sofre influência do meio externo. 
Plasticidade sináptica: Equivale à capacidade das sinapses de se fortalecer ou enfraquecer, em resposta aos estímulos 
externos e internos. 
Plasticidade regenerativa: É a regeneração de axônios afetados. Tem maior ação no sistema nervoso periférico, que é 
responsável por conectar o sistema nervoso central com outras partes do corpo humano. 
 
Neuroplasticidade e sua utilização na clínica: A função da neuroplasticidade pode ser utilizada em algumas área da saúde, 
como a fisioterapia e a psicologia.Nessas áreas, alguns exercícios são feitos para estimular as funções motoras e prevenir futuras 
perdas de cognição decorrentes de alguma lesão, fazendo com que as funções neuronais mudem e se adaptem. Pode ser utilizada 
também para induzir, ajudar ou até mudar certos hábitos considerados ruins. 
Esses exercícios estimulam as sinapses e promovem um crescimento dos axônios para, assim, aumentar a plasticidade do cérebro. 
Esse tipo de exercício deve ser iniciado logo após a lesão (caso ocorra), quando o paciente já estiver estável, com atividades mais 
passivas e, aos poucos, ir aumentando de intensidade. Em casos sem lesões neurais, como necessidade de mudanças de atitudes, 
é possível tratar com psicólogos que podem ajudar na readaptação do cérebro para realizar a mudança proposta. Muitas pessoas 
subordinam a capacidade doentia da depressão \u2013 sim, é uma doença. Quando uma pessoa se encontra em um quadro depressivo, 
suas sinapses estão acostumadas com pensamentos e sentimentos negativos e mudar isso é trabalhoso. Não se baseia apenas em 
\u201caumentar a autoestima\u201d ou \u201cpensar positivo\u201d, a condição precisa ser tratada com um profissional qualificado e, em alguns casos, com 
medicação. É um processo que leva tempo, mas com a ajuda correta e a continuidade do tratamento, a mudança pode ocorrer. 
 
EVOLUÇÃO DA NEUROPSICOLOGIA 
\u2022 Trepanação : 4000 a.C. 
\u2022 O coração , e não o cérebro, como sede da alma : 3000 a.C. 
\u2022 Hipócrates : o cérebro envolvido com as sensações e inteligência ( 460 a 377 a.C.) 
\u2022 Galeno e a descoberta dos ventrículos cerebrais. ( 200 \u2013 130 a.D.) 
\u2022 Renée Descartes : pai da ação reflexa ( 1641) 
\u2022 Franz Gall: frenologia (1800) 
\u2022 Phineas Gage e seu médico John Harlow 
\u2022 Pierre Broca: descoberta do centro da fala (1861) 
\u2022 Carl Wernick : descoberta da área da interpretação da fala ( 1870) 
\u2022 Santiago Ramon y Cajal: descoberta do neurônio como unidade fundamental do sistema nervoso (1887) 
\u2022 Charles Scott Sherrington: trabalho que fala da ligação da medula espinhal com o cérebro e com os músculos. 
\u2022 Aloysius Alzheimer: o primeiro a reconhecer a doença neurodegenerativa (1900) 
\u2022 Graves Wilder Penfield: mapa topográfico do corpo humano no córtex cerebral (1920) 
\u2022 Bernard Katz: a transmissão sináptica (1970) 
\u2022 Roger Walcott Sperry: a lateralização da função cerebral (1974) 
 
MEMÓRIA 
 
Memória é o processo de aquisição, retenção e evocação de informações. 
 
ETAPAS PARA A MEMORIZAÇÃO DE UM EVENTO QUALQUER 
 
 1. Aquisição 
 2. Seleção 
 3. Retenção 
 4. Esquecimento 
 5. Consolidação 
 6. Evocação 
 
TIPOS DE MEMÓRIA 
 
1. Quanto ao tempo de duração ou retenção: 
 a) ultrarrápida: dura frações de segundos a alguns minutos. 
 b) curta duração: dura minutos ou horas. 
 c) longa duração: dura horas, dias ou anos 
\u2022 Memória de Curto Prazo (MCP): Capaz de armazenar informações por períodos de tempo um pouco mais longos, mas 
também de capacidade relativamente limitada. 
\u2022 Memória de Longo Prazo (MLP): Capaz de estocar informações durante períodos de tempo muito longos, talvez até 
indefinidamente. 
 
2. Quanto à natureza: 
 a) memória explícita ou declarativa. 
 b) memória implícita ou não declarativa. 
 c) memória operacional 
\u2022 MEMÓRIA EXPLÍCITA: É aquela que reúne tudo que só podemos evocar por meio de palavras. 
 a) episódica: quando envolve eventos com datas, isto é, relacionados no tempo. 
 b) semântica: quando envolve conceitos atemporais. 
 
\u2022 MEMÓRIA IMPLÍCITA: É aquela que não precisa ser dita com palavras e que nos faz lembrar de muitas outras coisas. 
 a) memória de representação perceptual: é aquela que corresponde à imagem de um evento. 
 b) memória de procedimentos: é aquela que diz respeito aos hábitos e habilidades. 
 c) memória associativa: relaciona-se a algum tipo de resposta ou comportamento, associado a um estímulo. 
 
\u2022 MEMÓRIA OPERACIONAL: É aquela que armazenamos temporariamente informações úteis para o raciocínio imediato e 
para a resolução de problemas. 
 
ÁREAS E ESTRUTURAS NEURAIS ENVOLVIDAS NO MECANISMO DE MEMÓRIA: 
 
 1. Córtex cerebral 
 a) Lobo frontal 
 b) Áreas parietais de associação 
 2. Amígdala 
 3. Hipocampo 
 
 
LOCAIS DE CONSOLIDAÇÃO DOS VÁRIOS TIPOS DE MEMÓRIAS 
\u2022 Memória de curta duração: córtex frontal 
\u2022 Memória de longa duração: hipocampo 
\u2022 Memória explícita: hipocampo e lobo temporal 
\u2022 Memória de procedimentos: gânglios basais e cerebelo 
\u2022 Memória episódica: hipocampo 
\u2022 Memória semântica: córtex cerebral 
 
CAUSAS DE DÉFICIT DE MEMÓRIA 
\u2022 Estresse, emocional, preocupações e ansiedade. 
\u2022 Traumatismo craniano, ablação cirúrgica, TPM, toxidade, anóxia, isquemia, eletroconvulsoterapia, amnésia funcional. 
\u2022 Deficiência de ácido fólico, neoplasias, hematoma subdural, distúrbios da tireóide, síndrome da fadiga crônica, desequilíbrio 
hormonal, meningite, distúrbios do sono, encefalite límbica, esquecimento senil benigno. 
\u2022 Lesão cerebral, demência vascular, demência frontal, Mal de Alzheimer, Mal de Parkinson, Esclerose Múltipla. 
 
FATORES RELACIONADOS A PERDA DE MEMÓRIA: 
\u2022 Álcool, Drogas,
Marcio
Marcio fez um comentário
Oi, vc pode mandar o material original pro meu e-mail marciodavidss@icloud.com OBRIGADO.
1 aprovações
Carregar mais