Relatório de estagio Uninter
12 pág.

Relatório de estagio Uninter

Disciplina:Arte1.292 materiais7.027 seguidores
Pré-visualização2 páginas
CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER

FABIANA DE MELO GÓES MARQUIZELLI RU:1371982 TURMA 02/2016

ESTÁGIO SUPERVISIONADO - OBSERVAÇÃO E PRÁTICA: PROJETOS DE ARTES

BOTUCATU / SP - 2017
CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER

FABIANA DE MELO GÓES MARQUIZELLI RU:1371982 TURMA 02/2016

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Relatório de Estágio Supervisionado-2017 observação e prática: projetos de Artes apresentado ao curso de licenciatura em Artes Visuais do centro Universitário Internaciona UNINTER.

BOTUCATU / SP - 2017
SUMÁRIO

1- INTRODUÇÃO ..............................................................................3
2- DESENVOLVIMENTO....................................................................4
3- PROJETO.......................................................................................6
4- CONSIDERAÇÕES FINAIS............................................................9
REFERENCIAS..................................................................................10
ANEXO.........................................................................................................11

1 INTRODUÇÃO

O presente Estágio Supervisionado tem por objetivos observar os alunos no ensino de Artes Visuais nas series do Ensino Fundamental. Tendo neste estágio de forma coerente e especificado, a observação e fazer um diagnóstico da escola e das atividades realizadas em sala pela professora Eveli Paifer na Escola Estadual Inah Lopes de Oliveira Macedo situada na rua: Franklin Gutierres, número 609 em relação à aplicação dos conteúdos de Artes Visuais na série 6° ano e 8° ano nas turmas A e B do Ensino Fundamental. Neste relatório constam algumas das disciplinas, comportamentos dos alunos em sala, relação professor x aluno, aluno x professor, a aprendizagem que os próprios discentes têm de aproveitamento e sobre tudo observação dos métodos ativos usados pelo professor de Artes para a ação didática em bases sólidas e as ações exercidas com os discentes.
O estágio é importante pelo fato de nos fazer perceber a realidade da escola, dessa forma podemos observar os aspectos físicos, o corpo docente, a didática do professor em sala de aula, e sua formação, onde se percebe o domínio ou despreparo do docente e sua avaliação na sala de aula, é importante verificar o relacionamento do professor e aluno, mas não é só isso, o relatório servira para uma experiência importante no processo de formação acadêmica.
O estágio é um processo de aprendizagem indispensável para um bom profissional.

2 DESENVOLVIMENTO

O Estágio supervisionado – observação e prática: Projetos de Artes foram realizados na Escola Estadual Prof.ª Inah Lopes de Oliveira Macedo, situada à Rua Franklin Gutierres, número 609, no bairro Alto, CEP18690-000, localizada na cidade de Itatinga, no estado de São Paulo. O contato com a escola pode ser realizado pelo telefone (14)384821829 e do e-mail e910036a@educacao.sp.gov.br.
A escola oferta atendimento no ensino fundamental II e no Ensino Médio no período diurno e noturno, a instituição atende um total de 679 alunos. Desse total, 3 (três) são alunos em processo de inclusão.
O estágio foi realizado no período de 25 de Maio de 2017 a 28 de Julho de 2017 no período diurno, sendo observada a turma de 8° ano e 6° ano.

Disciplina: Artes Visuais
Ensino Fundamental
 Ano: 8º ano: A
O curso de artes visuais é teórico prático focado em estimular habilidades artísticas visuais, através da produção visual criativa orientada, compreender e valorizar a produção artística como documento histórico artístico da humanidade, valorizar design contemporâneo como forma de expressão criativa aplicada na sociedade atual.

Objetivos: Conhecer e usar a perspectiva artística, conhecer e usar técnicas básicas de design, conhecer e usar técnicas básicas de produção de história em quadrinhos. Estudar aspectos fundamentais da história da arte brasileira. Desenvolver discurso visual crítico.

Metodologia: A metodologia é teórico-prática (estimulo e desenvolvimento de habilidades de desenho artístico) dentro de a chamada proposta triangular (ver, analisar, fazer) integrada com estudos de cultura visual (analise crítica da imagem).

Conteúdos:
I Escala: Introdução a perspectiva artística: um ponto de fuga, dois pontos de fuga e três pontos de fuga e a sombra em perspectiva.
 II Escala Introdução ao design: O que é design? Desenho artístico de pesquisa, design industrial, design de moda, design de moveis, design de joias, eco design, design gráfico.
III Escala Introdução a produção em quadrinhos: O que é HQ (histórico). Criando personagens, usando onomatopeias, uso criativo do requadro e planos. O que é Manga? Criando personagens de Manga.
IV Escala História da arte – Arte neoclássica Missão artística francesa no Brasil

Material didático: Caderno de desenho formato A3 (ou resma de folha A3), caixa de lápis de cor, tesoura, cola, lápis de desenho 6B, régua 30 cm.

Avaliação: Processual, através da produção criativa orientada (portfolio), atividades em grupo, analise da imagem, e estudo dirigido. Atividade colaborativa com os colegas e disciplina.

Aula de Arte no 6º ano A, da E.E. Prof.ª Inah Lopes de Oliveira Macedo, sala de aula ampla, arejada, bem iluminada, trinta e seis alunos presentes. Professora com grande domínio da disciplina dos alunos, pois o assunto abordado era “teatro”, e é trabalhado o currículo do estado, primeiramente ela apresentou o conteúdo aos alunos em uma aula expositiva, explicando tudo sobre o tema.
Percebe-se que a professora tem maneiras interessantes de chamar a atenção dos alunos, pois alterava a voz em dados momentos, deixando-os curiosos pelo conteúdo. A sala de aula tem lousa branca, o que favorece o uso de cores, em que foi utilizada com maestria pela mesma, visto que tem domínio impecável das técnicas do desenho. Os alunos são bastante participativos, questionam, porém com ordem, pois o que a professora relata é que eles têm estabelecidos, logo na primeira aula, as regras e normas de convivência, a fim de tornar o processo de aprendizagem mais eficaz.
É relevante salientar que a participação dos alunos é maciça e muito ordenada o que favorece a aula da professora, ela explica, representa em dados momentos, lança perguntas e interage muito bem com todos, há nesta sala uma aluna que é inclusão, deficiente Intelectual, que dentro de suas limitações participa com todos os outros, inclusive, faz vários questionamentos.

3 PROJETO

IDENTIFICAÇÃO

Estagiário: Fabiana de Melo Góes Marquizelli
Escola: Escola estadual prof.ª Inah Lopes de Oliveira Macedo
Disciplina/curso: Escola da família
Professor: Eveli Paifer

 CONTEÚDO

Trabalhar o despertar da criatividade e o aperfeiçoamento das habilidades manuais por meio da arte com o papel reciclado (confecção de bloquinhos, porta objetos, porta-retratos vasos de flores e marcadores de textos) e a reutilização de embalagens.

 OBJETIVOS

Transmitir aos alunos a técnica da reciclagem de papel favorecendo reflexões e discussões sobre temas da educação ambiental
Utilizar o papel reciclado e outros materiais reutilizáveis como processo artístico e criativo.
Melhorar a qualidade de vida humana

 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA DO CONTEÚDO TRABALHADO E METODOLOGIA DE ENSINO ADOTADA

O conteúdo programático aplicado gira em torno de três temáticas específicas:
Reciclagem e educação ambiental – no qual são discutidos assuntos como: a problemática do lixo e suas diversas formas de tratamento; a reciclagem e sua importância; a coleta seletiva; os produtos recicláveis e os não recicláveis; a origem e as curiosidades sobre o papel, o vidro, o metal e o plástico; o respeito à vida e ao meio ambiente; a problemática da água; o consumo consciente; a técnica da reciclagem de papel e outros assuntos afins.
Integração e desenvolvimento grupal – nesse item