A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
66 pág.
Apostila Concreto I

Pré-visualização | Página 24 de 24

da área íntima de um apartamento residencial em área urbana, qual a relação a/c 
máxima indicada pela norma? E para uma estrutura em ambiente marítimo? 
9) Qual é a resistência mínima à compressão e qual a relação água cimento máxima do concreto 
estrutural? 
10) O que são: cobrimento mínimo, tolerância de execução e cobrimento nominal? 
11) Quais os cuidados principais para garantir que não ocorra a corrosão da armadura? 
12) Qual a relação entre a dimensão máxima do agregado graúdo e o cobrimento nominal? 
 Fundamentos 63 
 
13) Quais as espessuras mínimas do cobrimento nominal para uma laje com classes de agressividade 
ambiental fraca e moderada? Como esses valores podem ser diminuídos? 
14) Idem para vigas e pilares. 
15) Qual é o conceito de segurança de uma estrutura? 
16) Em qual Estado Limite é feito o dimensionamento de uma peça? 
17) Qual a definição para o Estado Limite Último? 
18) Cite três situações que podem levar uma estrutura ao Estado Limite Último. 
19) Por que uma estrutura deve ter boa ductilidade? 
20) Qual a definição para o Estado Limite de Serviço? 
21) Enumere e defina os Estados Limites de Serviço existentes. 
22) Qual o critério básico para se verificar a segurança das estruturas de concreto quanto às condições 
analíticas de segurança? 
23) Como é calculada a resistência característica do concreto à compressão (fck)? Explique o conceito 
relativo a este valor. 
24) Como são calculadas as resistências de cálculo do concreto e do aço? Quais os valores para γc e γs no 
Estado Limite Último? 
25) Definir os seguintes tipos de ações: permanentes; permanentes diretas; permanentes indiretas; 
variáveis; variáveis diretas; variáveis indiretas; excepcionais. 
26) Como são considerados os valores de cálculo das ações no Estado Limite Último? 
27) Por que são utilizados valores reduzidos ψ ? 
28) Definir as combinações: última normal; última especial ou de construção; última excepcional; quase-
permanente; frequente; rara. 
29) Qual o significado de Estádio de cálculo de uma peça fletida. Explique e desenhe os Estádios Ia, Ib, II 
e III? 
30) Qual o significado de Domínios de Cálculo? Desenhe o diagrama com todos os domínios. 
31) Explique as características de cada um dos seguintes domínios: reta a, 1, 2, 3, 4, 4a, 5 e reta b. 
32) Como são deduzidos os valores de x2lim e x3lim ? Qual a definição para βx . 
33) Quais os valores de x2lim , x3lim e βx3lim para o aço CA-50? 
 
Referências 
 
1. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Concreto de cimento Portland - Preparo, controle e 
recebimento - Procedimento. NBR 12655, ABNT, 2006, 18p. 
2. CUNHA, A.C.Q. ; HELENE, P.R.L. Despassivação das armaduras de concreto por ação da carbonatação. São 
Paulo, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, Departamento de Engenharia de Construção Civil, 
Boletim Técnico BT/PCC/283, 2001. 
3. RÜSCH, H. Concreto armado e protendido – Propriedades dos materiais e dimensionamento. Rio de Janeiro, Ed. 
Campus, 1981, 396p. 
4. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Ações e segurança nas estruturas – Procedimento. 
NBR 8681, ABNT, 2003, 18p. 
5. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Controle tecnológico de materiais componentes do 
concreto – Procedimento. NBR 12654, ABNT, 1992 (2000, versão corrigida), 6p. 
6. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Cargas para o cálculo de estruturas de edificações. 
NBR 6120 (2000, versão corrigida), ABNT, 1980, 5p. 
7. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Forças devidas ao vento em edificações. NBR 6123, 
ABNT, 1988 (2013, versão corrigida), 66p. 
8. FUSCO, P.B. Estruturas de Concreto - Fundamentos do Projeto Estrutural. São Paulo, Ed. USP e McGraw-Hill, 
1976, 298p.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.