Respostas de psicologia interdisciplinar TOMO III
5 pág.

Respostas de psicologia interdisciplinar TOMO III


DisciplinaPsicologia Interdisciplinar105 materiais553 seguidores
Pré-visualização1 página
Psicologia Interdisciplinar \u2013 TOMO III
Psicologia Interdisciplinar \u2013 TOMO III
Questão 1 \u2013 Sobre a loucura
Resp.: E
Justificativa: Diante da loucura, a postura adequada é de reconhecer a possibilidade de reinserção social das pessoas que são acometidas por sofrimento psíquico, numa abordagem inclusiva, considerando as dimensões biopsicossociais dos sujeitos. 
Questão 2 \u2013 DSM-IV e a classificação das perturbações mentais
Resp.: D
Justificativa: Se eu estivesse realizando uma entrevista de triagem com esse homem, com esses relatos, uma hipótese diagnóstica seria transtorno psicótico, pois relata que há perseguições persistentes de pessoas que outros não conseguem ver, além do discurso confuso, e incluiria o encaminhamento para uma avaliação psiquiátrica.
Questão 3 \u2013 Resiliência
Resp.: D
Justificativa: Resiliência, em psicologia, é a capacidade de superar eventos potencialmente estressantes. Resulta da interação de fatores de risco, como abuso, guerras, morte, perdas, desemprego, fatores de proteção, amenizando as consequências negativas destes. Outras características, como empatia, habilidade para resolver problemas, assertividade, etc, são necessários também para que a resiliência funcione. Além de junto a todos esses, as estratégias de enfrentamento que o indivíduo tenderá a ter que desenvolver.
Questão 4 \u2013 Estudos Interculturais sobre a loucura
Resp.: D
Justificativa: O conceito de \u201cloucura\u201d pode variar de contextos culturais, já que ele por si só é cultural. Está relacionado à representação da saúde, doença e cura dos grupos socioculturais. Foucaut enfatizou que é uma produção social e histórica, não sendo universal.
Questão 5 \u2013 Rompimento da identidade profissional
Resp.: A
Justificativa: Ser multifuncional significa atender a diferentes demandas de trabalho, visto que as organizações estão buscando cada vez mais produtividade, sem especificidade de cargos e funções, reduzindo custo com mão de obra. No entanto, isso tem rompido com identidades e papeis profissionais definidos, produzindo desalojamentos e gerando inseguranças, pois as competências exigidas hoje não foram trabalhadas anteriormente.
Questão 6 \u2013 Psicologia organizacional e do trabalho
Resp.: E
Justificativa: A psicologia organizacional e do trabalho tem como objeto de estudo as relações entre o homem e o trabalho. Ao longo das décadas, o foco de atuação foi modificado, até chegar na era pós-moderna, com a globalização, era digital, aumento da competitividade no mundo corporativo e valorização das tarefas de liderança. Isso tem exigido do profissional mais investimento em capacitação e desenvolvimento de medidas de políticas públicas para ampliar os campos de atuação da psicologia. Há dificuldade no entorno de reconhecer a atuação do psicólogo organizacional e as implicações éticas e políticas, além de desenvolver estratégias de modo a haver campo para esses profissionais. 
Questão 7 \u2013 Gestão de pessoas
Resp.: D
Justificativa: A nova política de gestão de pessoas tem a necessidade de integrar conceitos e práticas individuais e coletivas. Essas duas práticas, agency que enxerga o empregado como empreendedor autônomo, portanto pró ativo, capaz de tomar decisões; e a prática Community, em que o empregado é comprometido com a organização e com a tarefa que desempenha, assumindo como sua, \u201cvestindo a camisa\u201d, são práticas tradicionalmente antagônicas, irredutíveis e inarticuláveis, mas que hoje são imprescindíveis de serem integradas, para garantir a sobrevivência das organizações no mercado de trabalho.
Questão 8 \u2013 Psicologia organizacional diante das DORT
Resp.: E
Justificativa: As Doenças Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) são doenças ocupacionais que afetam as estruturas que movimentam membros superiores, pescoço, ombro e membros inferiores. O psicólogo, quando se deparar com esse tipo de desafio, deve realizar medidas de prevenção com a organização responsável por todas as mudanças necessárias que impactam nesse processo de saúde-doença. Para isso realizará um diagnóstico organizacional, identificando contextualmente as variáveis contidas nos indivíduos e grupos, gerará dados e informações para orientar o planejamento e intervenção da organização.
Questão 9 \u2013 Memória
Resp.: A
Justificativa: Nos estudos relativos à memória e emoções, já que toda memória é adquirida em um estado emocional, sendo essas últimas responsáveis por liberarem no cérebro, substâncias que modulam a atividade cerebral, aumentando ou diminuindo a capacidade de resposta, sendo afirmado pelo neurocientista Ivan Izquierdo, que a recuperação de memórias de alto conteúdo emocional são mais recorrentes e intensas do que as cotidianas, neutras.
Questão 10 \u2013 Memória 
Resp.: A
Justificativa: A memória é um processo psicológico básico e envolve diversas fases para memorização: recepção e codificação das informações, armazenamento e recuperação, sendo que esta última pode ocorrer mesmo muito tempo depois de armazenada. No entanto, falseamentos podem acontecer também, que são recordações que não aconteceram ou são distorcidos dos eventos reais, independente se são memórias carregadas de emoções ou não.
Questão 11 \u2013 Bases neurais das emoções 
Resp.: B
Justificativa: A partir do resultado de pesquisas com neuroimagem, em Neurofisiologia, pôde-se perceber a complexidade de interações e tramas entre as áreas cerebrais que estão envolvidas nos processos emocionais, cognitivos e homeostáticos. Para investigação do processo emocional e da modulação das respostas comportamentais adequadas, verificou-se a reação recíproca entre os sistemas dorsal e ventral no cérebro. O ventral identifica os estímulos recebidos pelas vias sensoriais, e o dorsal regula os estados afetivos e as respostas comportamentais.
Questão 12 \u2013 Bases neurais das emoções \u2013 doença de Urbach-Wiethe 
Resp.: B
Justificativa: A doença de Urbach-Wiethe é uma rara patologia, em que as amígdalas mineradas bilateralmente, sendo hereditária e de causa desconhecida. Serve também para outros campos das ciências médicas, além da dermatologia, e também serve à psicologia, pois pesquisadores descobriram associação entre a lesão bilateral e a inobservância de expressões de medo, sejam representações visuais como semânticas, o que sugere a importância do papel das emoções nas funções cerebrais, como identificação e reconhecimento.
Questão 13 \u2013 Fatores hereditários e ambientais da inteligência
Resp.: E
Justificativa: Gêmeos monozigóticos possuem o mesmo material genético, logo, todas as características humanas da herança genética são dividas igualmente para os dois indivíduos. Gêmeos dizigóticos são fraternos, resultantes de fecundações com óvulos e espermatozoides diferentes, geneticamente semelhantes, mas diferentes na constituição genética. Dessa forma, gêmeos monozigóticos são mais propensos a terem mais alto nível de inteligência do que gêmeos dizigóticos.
Questão 14 \u2013 Esquizofrenia em gêmeos \u2013 hereditariedade x ambiente
Resp.: C
Justificativa: A esquizofrenia é uma patologia de herança multifatorial, com fatores genéticos e ambientais, portanto, se o gêmeo monozigótico for portador, espera-se que haja 50% de chance do irmão ser portador também, já que as características genéticas são distribuídas igualmente. No entanto, precisa-se analisar também o componente ambiental para se determinar com certeza.
Lais Renata dos Santos Marques		RA: C54GJH-0