A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
228 pág.
EXERCICIOS PARA ESTUDO EJA

Pré-visualização | Página 10 de 46

Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 
para apresentar sucinta análise das condições de vida no Brasil. Quanto ao analfabetismo, a SIS 2010 mostra 
que os maiores índices se concentram na população idosa, em camadas de menores rendimentos e 
predominantemente na região Nordeste, conforme dados do texto a seguir. A taxa de analfabetismo referente a 
pessoas de 15 anos ou mais de idade baixou de 13,3% em 1999 para 9,7% em 2009. Em números absolutos, o 
contingente era de 14,1 milhões de pessoas analfabetas. Dessas, 42,6% tinham mais de 60 anos, 52,2% 
residiam no Nordeste e 16,4% viviam com ½ salário-mínimo de renda familiar per capita. Os maiores 
decréscimos no analfabetismo por grupos etários entre 1999 a 2009 ocorreram na faixa dos 15 a 24 anos. 
Nesse grupo, as mulheres eram mais alfabetizadas, mas a população masculina apresentou queda um pouco 
mais acentuada dos índices de analfabetismo, que passou de 13,5% para 6,3%, contra 6,9% para 3,0% para as 
mulheres. SIS 2010: Mulheres mais escolarizadas são mães mais tarde e têm menos filhos. 
Com base nos dados apresentados, redija um texto dissertativo acerca da importância de políticas e 
programas educacionais para a erradicação do analfabetismo e para a empregabilidade, 
considerando as disparidades sociais e as dificuldades de obtenção de emprego provocadas pelo 
analfabetismo. Em seu texto, apresente uma proposta para a superação do analfabetismo e para o 
aumento da empregabilidade. 
 
 
Resposta: Os indicadores mostra uma análise fundamental quantoao alfabetismo, , são muitos os programas 
educasionais obtido pela sociedade , mais ainda existe muita desigualdade, nesta área, sãomuitos individuos 
que ainda não disponabilisa destes programa, ainda tem pessoas que não alcansaram, estes programas , e 
estão ficando para traz , tendo bastante dificuldade para o trabalho. Assim sendo estes programas ainda tem 
muito que se espandir , para que haja grande e auta almentode empregabilidade. 
 
 
Gabarito: Padrão de resposta O estudante deve abordar em seu texto: ¿ identificação e análise das 
desigualdades sociais acentuadas pelo analfabetismo, demonstrando capacidade de examinar e interpretar 
criticamente o quadro atual da educação com ênfase no analfabetismo; ¿ abordagem do analfabetismo numa 
perspectiva crítica, participativa, apontando agentes sociais e alternativas que viabilizem a realização de 
esforços para sua superação, estabelecendo relação entre o analfabetismo e a dificuldade para a obtenção de 
emprego; ¿ indicação de avanços e deficiências de políticas e de programas de erradicação do analfabetismo, 
assinalando iniciativas realizadas ao longo do período tratado e seus resultados, expressando que estas ações, 
embora importantes para a eliminação do analfabetismo, ainda se mostram insuficientes. 
 
 1a Questão (Cód.: 123735) Pontos: 0,5 / 0,5 
Durante o período militar, a educação dos Jovens e Adultos passa por transformações significativas 
no que tange à sua oferta por parte do poder público. Assinale a opção que retrata esse período: 
 
 
Na educação, observa-se a incorporação das orientações impostas pelas organizações multilaterais, 
consolidam-se a influência da Teoria do Capital Humano, ligada as matrizes socialistas de educação. 
 
A criação de núcleos de educação popular vinculada a Igreja Católica. 
 
Pode-se afirmar que a política nacional de educação de adultos foi conduzida pelo regime militar no 
sentido de eliminar qualquer iniciativa pública de oferta. 
 
As principais ações governamentais foram: a expansão da Cruzada Ação Básica Cristã, entre 1965 e 
1967 e, após 1970 o Movimento Brasileiro de Alfabetização (Mobral) e, depois de 1971, o Ensino 
Supletivo, no interior dos sistemas públicos. 
 
Desvincula-se à educação das necessidades de formação de mão-de-obra. 
 
 
 
 2a Questão (Cód.: 132609) Pontos: 0,5 / 0,5 
O educador Paulo Freire investigador histórico pedagógico, contribuiu com uma educação para formar cidadãos 
plenos. Rompe com a passividade no processo de aprendizagem e com a neutralidade de docentes e discentes 
nas relações sociais, nas humanas e justas. Dessa forma Paulo Freire entendia a educação como: I- 
Instrumento de análise crítica da realidade. II- Repasse de conteúdos sem análise crítica. III- Ferramenta para a 
transformação de estruturas sociais injustas. IV- Formação de eleitores acríticos. V- Leitura de mundo. Então a 
resposta correta é: 
 
 
D) (F) (V) (F) (V) (F) 
 
E) (V) (F) (F) (F) (F) 
 
C) (V) (V) (F) (F) (V) 
 
B) (F) (F) (V) (V) (F) 
 
A) (V) (F) (V) (F) (V) 
 
 
 
 3a Questão (Cód.: 124064) Pontos: 0,0 / 1,0 
Na década de 1990 observa-se um movimento de desresponsabilização da União pela EJA. Assinale o 
item que NÃO caracteriza esse cenário histórico: 
 
 
O MEC transfere para a esfera pública a responsabilidade pela EJA e exige dos municípios e estados a 
implementação imediata dessa política educacional. 
 
A crise econômica aponta a falência do modelo autoritário de governo sob o controle militar, o Brasil 
entra num lento e gradual processo de transição. 
 
Novas bases legais redefiniram os rumos da política educacional e significaram expressivo retrocesso e 
desqualificação da Educação de Jovens e Adultos, acentuando-se o lugar secundário por ela ocupado no 
conjunto das políticas educacionais. 
 
Na visão de agências internacionais, como o Banco Mundial, educar Jovens e Adultos no mundo 
"globalizado e competitivo" é infértil. 
 
No contexto das reformas neoliberais da educação, percebe-se um evidente esvaziamento no Ministério 
da Educação na área da escolarização de jovens e adultos. 
 
 
 
 4a Questão (Cód.: 124090) Pontos: 0,0 / 1,0 
Após o Golpe Militar de 1964, as políticas educacionais ganharam contornos definidos havendo uma ampliação 
dessas políticas e assim a educação passou a ser considerada um espaço privilegiado de produção e reprodução 
das relações sociais. As transferências de verbas públicas para o empresariado foi uma das maiores marcas da 
expansão da educação ocorrida por forte influência de técnicos norte-americanos. O sistema escolar brasileiro, a 
partir de então passou a ser encarado como um investimento apresentando como resultado o aumento da 
produtividade. Após ler e analisar o texto, escolha dentre os itens abaixo aquele que melhor apresenta 
a situação a qual passou a se adequar o sistema escolar brasileiro. 
 
 
A melhoria da formação geral. 
 
A escalada de uma escolarização informal. 
 
As teorias dialéticas de Paulo Freire. 
 
A importância dada às áreas humana. 
 
Aos preceitos da teoria do Capital Humano. 
 
 
 
 5a Questão (Cód.: 124071) Pontos: 1,0 / 1,0 
O Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL), criado em 1967 pelo governo federal perdurou durante todo 
o período da ditadura militar com significativa força política e financeira. Nas colocações MARQUE a ÚNICA 
que NÃO que não corresponde ao MOBRAL. 
 
 
Trabalhava com os conceitos de autonomia e conscientização. 
 
Forjou sucesso dos resultados divulgados com relação à alfabetização. 
 
Gozava de plena autonomia. 
 
Esvaziado da ótica problematizadora e conscientizadora da perspectiva freireana. 
 
Instrumento de controle ideológico das massas. 
 
 
 
 6a Questão (Cód.: 132617) Pontos: 0,0 / 0,5 
A partir dos anos 2000 a incorporação de novos marcos conceituais e normativos da EJA, dava destaque a 
aprovação do Parecer CEB/CNE,de 11/200,considerado um novo marco na mudança de concepção de adultos 
passando-se de uma paradigma de educação compensatória para uma concepção continuada ao longo da vida. 
Nessa nova perspectiva são reconhecidos e validados os conhecimentos que se cristalizam nos ambientes não 
escolares. 
 
 
D) pela escola