prova banrisul 2015
89 pág.

prova banrisul 2015


Disciplina<strong>ba</strong>1 materiais
Pré-visualização89 páginas
1.1.
Big Brother infanl
1 Ela tem um microfone embudo que capta os sons ao redor. Uma conexão Wi-Fi envia
2 esses dados para os servidores do fabricante, onde poderão ser armazenados e analisados. Além
3 disso, ela pode aumentar seu repertório de palavras conforme vai sendo ulizada. Não, não
4 estamos falando de um novo aplicavo de celular ou de um novo computador portál. A
5 descrição acima é de uma boneca, a Hell o Barbie, lançamento da fabricante de brinquedos
6 norte-americana Mael, que deve chegar às prateleiras das lojas nos Estados Unidos em
7 outubro deste ano. Em um mundo onde as crianças entram cada vez mais cedo no ambiente
8 digital, a Hello Barbie pode ser interpretada como uma tentava de trazer os produtos da
9 gigante dos brinquedo s para o século XXI, com o objevo de atrair esses consumidores e, com
10 isso, vender mais bonecas. Mas que desaos e implicações uma boneca conectada com a
11 internet, nas mãos de crianças, em geral menores de 10 anos, representa para os pais e para a
12 própriacriança?
13 Susan Linn, psicóloga e diretora da campanha por uma infância sem comerciais, pediu o
14 m da produção da nova Barbie. Em argo publicado no jornal O Estado de S. Paulo, ela
15 armou que, quando as crianças falam com brinquedos, podem revelar segredos, trabalhar
16 experiências perturbadoras e explorar seus sonhos e esperanças, e esse conteúdo deveria
17 permanecer restrito ao ambiente familiar e não ser exposto a uma grande corporação .................
18 interesseénanceiro.
1.
19 A nova boneca funciona da seguinte maneira: ao apertar um botão na cintura da boneca, ela
20 começa a “escutar ” o que a criança diz. O texto é gravado via Wi-Fi para um ser vidor da Toy
21 Talk, que desenvolveu o soware para a Mael. Na empresa, a fala da criança é reconhecida e
22 processada, e, com esses dados, a Barbie pode dar respostas inteligentes. Se a criança diz o
23 nome de sua professora ou do seu cachorro, por exemplo, a Hello Barbie pode mencionar isso
24 em uma conversa posterior. Para o advogado Dennys Antonialli, diretor do IntenetLab, Centro
25 de Pesquisa em Direito e Tecnologia, o problem a está tanto na coleta dos diálogos, quanto no
26 tratamento que seria dado a eles pela empresa. “Como garanr para quais nalidades serão
27 usados? Como garanr a segurança desses registros para que eles não _________ e cheguem às
28 mãosdeterceiros? ”,quesona.
29 No lançamento da boneca, Mael e ToyTalk armaram que a coleta de dados tem como
30 nalidade melhorar o sistema de reconhecimento de voz e que os dados não seriam usados para
31 markeng ou publicidade, embora ainda não tenham divulgado uma políca de privacidade
32 para o novo brinquedo. “Conar a uma empresa registros sobre o que a criança fala enquanto
33 manuseia um brinquedo equivale a dar .... essa empresa acesso aos desejos e fantasias da
34 criança. Essas são informações que não são úteis apenas para personalizar a interação da
35 boneca com a criança, como defende a empresa, mas, também, para estudar seu
36 comportamento. Isso pode gerar pers bastante detalhados sobre as preferências de cada
37 criança, pers esses que podem servir ..... nalidades indesejáveis, como a publicidade”,
1.
38 acredita Antonialli. El e observa que, à medida que a empresa “aprende” mais sobre a criança,
39 mais ela tem capacidade para tomar a boneca especialmente persuasiva. “Se a criança revela
40 que gosta de tomar sor vete, não parece razvel que a boneca ‘sugira’ que a criança peça de
41 aniversário uma máquina de fazer sor vete fabricada pela mesma empresa? , diz o advogado.
42 Além da questão da publicidade, Susan Linn lembra também que a empresa terá acesso a todo
43 po de diálogo produzido pela criança e sua família. “E se as crianças mencionarem assuntos
44 delicados, como violência ou abuso por parte de familiares ou conhecidos, como a empresa
45 lidariacominformaçõescomoessas? ”,quesonouLinn.
46 Brincadeiras são um modo de aprender a lidar com as situações da vida, e os brinquedos
47 são ferramentas de representação do mundo real. De acordo com a psicóloga e presidente da
48 Associação Brasileira de Brinquedotecas (ABBri), Maria Célia Malta Campos, bonecas, por
49 exemplo, são objetos lúdicos ___________ para a evocação de experiências, como a relação
50 entre mãe e lho(a). “A linguagem e as imagens internas se entrelaçam, e a criança dialoga com
51 sua boneca, expondo todo um mundo interno.” E acrescenta: “A criança não censura o que fala
52 ou o que faz com um brinquedo; ela se abre _________, ao contrário do que faria se esvesse
53 emumaentrevistacomumadulto,porexemplo”.
54 Segundo Maria Célia, brinquedos e brincadeiras são ferramentas  de socialização.
55 “Defendemos um brincar livre e criavo, autodirigido pela criança”, arma. “Os diálogos da
56 boneca não são inventados pela própria criança; assim, perde-se esse espaço transivo entre