NP2   Processo e Relação Jurídica Processual
6 pág.

NP2 Processo e Relação Jurídica Processual

Pré-visualização2 páginas
PROCESSO E RELAÇÃO JURÍDICA PROCESSUAL CIVIL 
NP2 
 
Direito Processual Civil 
 
 
SUMÁRIO 
Preclusão\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026.\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026.. 
Litisconsórcio\u2026\u2026.\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026..\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026.. 
Intervenção de terceiros \u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026..\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026 
Fases do processo\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026..\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026\u2026.. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Preclusão 
Princípio que incide em não permitir o retrocesso da fase anterior, na perda da 
capacidade de manifestar-se no processo, devido não ter feito na oportunidade 
devida ou na forma prevista, ou seja é a perda da faculdade processual, expressa 
nos art. 209, §2°, art. 278 e art. 507 do CPC, existindo vários tipos de preclusão 
como a temporal, mista, lógica, decorrente do ilícito, mas a maioria das doutrinas 
ressalta apenas: 
\u2794 preclusão temporal:\u200b quando não é praticado o ato no período determinado. 
\u25c6 prazo próprio: são estipulados as partes e ao Ministério Público quando 
atuarem em favor de terceiro, acarretando desvantagem processual. 
\u25c6 prazo impróprio: inerentes aos magistrados e na maioria das doutrinas, sem 
acarretar desvantagem processual. 
\u2794 preclusão lógica: quando o ato posterior é incompatível ao ato praticado 
anteriormente; 
\u2794 preclusão consumativa:\u200b consumado o ato, não pode ser praticado novamente. 
 
Preclusão Prescrição 
se dá no interior de um processo em 
andamento 
se dá na abertura do processo 
 
 
Litisconsórcio 
(art. 113 a 118, NCPC) 
Litis significa lide (demanda) e consórcio significa uma reunião de pessoas com um 
objetivo, sendo assim litisconsórcio é a reunião de pessoas que têm um mesmo 
interesse na demanda processo. 
Da formação 
\u2794 comunhão de direitos ou obrigações: \u200bquando os demandantes ou 
demandados forem titulares do mesmo direito ou da mesma obrigação; 
\u2794 conexão de causas: \u200bquando os sujeitos têm uma mesma causa, podendo 
ter motivos diferente mas um mesmo pedido; 
 
 
\u2794 afinidade de questões: \u200bquando duas ou mais pessoas se unem para ajuizar 
uma demanda com base em um direito ou fato que lhes sejam afim. 
O juiz poderá limitar o litisconsórcio facultativo, a quantidade de litigantes na fase de 
conhecimento, liquidação da sentença ou na execução, caso comprometa a rápida 
solução de litígio ou por dificultar a defesa, causando uma interrupção do prazo para 
manifestação ou resposta, recomeçando da intimação da decisão. 
Da classificação 
\u2794 Quanto às partes 
\u25c6 ativo:\u200b pluralidade de autores da ação; 
\u25c6 passivo: \u200bpluralidade de réus da ação; 
\u25c6 misto: \u200bpluralidade de autores e réus. 
\u2794 Quanto ao momento 
\u25c6 inicial\u200b: estabelecido na propositura da ação, ou seja no momento inicial; 
\u25c6 posterior ou ulterior: \u200bocorre no decorrer do processo ou pelo magistrado 
na fase de saneamento do processo judicial. 
\u2794 Quanto a obrigatoriedade 
\u25c6 facultativo: \u200bquando sua formação não é obrigatória, ficando a critério das 
partes, sendo irrecusável quando requerido pelos autores é recusável 
quando permitir rejeição pelos demandados. 
\u25c6 necessário: \u200bquando as partes não acordarem quanto a sua existência, 
devido sua natureza jurídica ou por determinação da lei. 
\u2794 Quanto a decisão 
\u25c6 unitário: \u200bquando a sentença deve ser a mesma para todos os 
litisconsortes; 
\u25c6 simples: \u200b quando o juiz pode optar por decisões diferentes às partes. 
Da independência das partes: \u200bcada parte poderá ter advogados e defesas 
diferentes, independente das outras partes (art. 117, CPC). 
\u2794 Na contestação: o termo inicial será o dia da juntada aos autos do último 
comprovante da citação. 
\u2794 Na execução extrajudicial: a partir de cada juntada aos autos da 
comprovante de citação. 
 
 
 
Da intervenção 
\u2794 Iussu iudicis: \u200bé a intervenção de uma terceira pessoa por ordem judicial. 
\u2794 Voluntária: \u200bé a integração de um terceiro devido a semelhança de sua 
pretensão e aquela constante na petição inicial. 
 
Intervenção de terceiros 
(art. 119 a 138, NCPC) 
Intervenção de terceiro consiste na inclusão de pessoas estranhas (opoente ou 
opositor), juridicamente interessadas ao processo, sendo admitida em todos os 
graus de jurisdição em um prazo de 15 (quinze) dias para a impugnação, sob 
determinadas forma: 
\u2794 \u200bassistência 
\u25c6 simples ou adesiva: \u200bquando o terceiro não possui relação com as partes 
originárias, se sujeitando aos mesmos ônus processuais que o assistido, 
podendo o substituir em caso de revelia ou omissão; 
\u25c6 litisconsorcial ou qualificada: \u200bquando o terceiro possui relação com uma 
das partes originárias,. 
\u2794 Nomeação à autoria: \u200bocorre quando alguém é acionado juridicamente por 
algo que detém mas não lhe pertence 
\u2794 denunciação da lide \u200b: serve para que qualquer das partes tragam um terceiro 
à lide, caso o denunciante seja autor, na petição inicial, ou na contestação se 
for réu, em um prazo de 30 (trinta) dias ou 2 (dois) meses se residir em outra 
comarca, seção, subseção ou lugar incerto. 
\u2794 chamamento ao processo: \u200bé uma provocação do réu, acarretando o 
ingresso de um fiador que tenham relação direta ou dos demais devedores 
solidários, quando o réu exigir um pagamento de dívida em comum, sob o 
mesmo prazo da denunciação da lide. 
\u2794 \u201camicus curiae\u201d: \u200bsignifica \u201camigo da corte\u201d é uma forma de participação de 
terceiro, natural, jurídico, órgão ou entidade especializada, em um prazo de 
15 (quinze) dias de sua intimação, para auxiliar a atividade judicial em causas 
de grande relevância social, pela necessidade que as duas partes sejam 
observadas pela sociedade de forma clara. 
 
 
 
Nomenclatura 
Assistência assistente e assistido 
Oposição opoente e opostos 
Nomeação à autoria nomeante e nomeado 
Denunciação a lide denunciante e denunciado 
Chamamento ao processo chamado (s) 
 
 
Fases do processo 
Da formação: \u200bconforme o art. 312, CPC a formação da ação processual civil se 
situa ao registrar a petição inicial, no entanto só produz efeitos após o réu ser 
devidamente citado. 
Da suspensão 
\u2794 \u200bmorte ou perda de capacidade processual 
\u2794 pela convenção das partes, sem exceder 6 (seis) meses 
\u2794 por demanda repetitiva 
\u2794 quando a sentença depender de outro julgamento ou da a verificação de 
determinado fato, sem exceder 1 (um) ano 
\u2794 por força maior 
\u2794 quando tiver relação acidentes ou fato da navegação de competência do 
Tribunal Marítimo 
\u2794 quando o único advogado da causa tiver um filho ou adotar, tendo 30 (trinta) 
dias para as mulheres e 8 (oito) dias para homens, a contar do fato. 
\u2794 se houver falecimento do réu o autor poderá citar os sucessores ou herdeiros 
no período de 2 (dois) a 6 (seis) meses, sob sanção de extinção do processo. 
\u2794 se houver falecimento do autor, os sucessores ou herdeiros serão citados 
para que manifestem interesse na sucessão processual em determinado 
prazo, sob sanção de extinção do processo. 
\u2794 se houver falecimento do procurador de qualquer das partes terão 15 dias 
para nomear novo mandatário, sob sanção de extinção do processo. 
 
 
Da extinção: \u200bocorrerá após proferida a sentença ou antes de ser proferida se for 
possível corrigir o vício. 
 
 
Bibliografia 
 
https://cucacursos.com/direito/preclusao/