ACENTUAÇÃO GRÁFICA
2 pág.

ACENTUAÇÃO GRÁFICA


DisciplinaAcentuação17 materiais68 seguidores
Pré-visualização1 página
Acentuação Gráfica Acentos Gráficos: 
(´) Acento agudo produz som aberto. Exemplo: Vovó, café, sofá. 
(^) Acento circunflexo produz som fechado. Exemplo: Vovô, você, Ângela. 
(`) Acento grave é indicativo de crase (junção da preposição \u201ca\u201d com o artigo \u201ca\u201d). Exemplo: Ana foi à festa. Obs.: (~) til não é acento, é marca de nasalização. Exemplo: órgão, órfã, bênção. 
Os acentos: agudo e circunflexo são utilizados para modificar a sílaba tônica, formando assim, uma nova palavra. Exemplos: camelo / camelô; carne / carnê; doido / doído; seria / séria; sabia / sábia / sabiá. 
Sílaba tônica é aquela sílaba pronunciada de forma mais forte, mais intensa, dentro das palavras. 
Na língua portuguesa, a sílaba tônica só pode estar em três posições: sendo a última (chamada oxítona), a penúltima (chamada paroxítona) ou a antepenúltima (chamada proparoxítona) da palavra \u2013 de qualquer forma, ela será aquela pronunciada de maneira mais marcante. Exemplos: Já-ca-ré (oxítona) / re-vól-ver (paroxítona) / Má-qui-na (proparoxítona) 
Regras de acentuação 
As palavras oxítonas serão acentuadas se terminarem em A, E, O, EM e os seus respectivos plurais AS, ES, OS e ENS. Exemplos: Pará, também, trenós, vatapá, ninguém, pivôs, igarapé, Carajás, vovôs, chulé, jacarandás, vinténs, Xilindró, filés, parabéns, quiproquó, rodapés, armazéns. 
Os ditongos abertos ÉI, ÉU, ÓI seguidos ou não de S, recebem acento nas palavras oxítonas. Exemplos: 
fogaréu, pastéis, constrói. 
As paroxítonas levarão acento se terminarem em R, L, N, X, PS, I, IS, US, UM, UNS, Ã, ÃO, ÃS e ÃOS. Exemplos: revólver, tórax, bônus, ímã, caráter, bíceps, lótus, órgão, nível , tríceps, álbum, órfão, provável, júri, fórum, órfãs, íon, safári, álbuns, ímãs, próton, lápis, fóruns, órfãos, fênix, grátis, órfã, órgãos. 
Obs.: Grave as terminações das paroxítonas que pedem acento: 
N.I.R.IS 
L.UM.X.US Dit.Ã.ÃO 
PS 
Para as proparoxítonas, a regra é única já que serão sempre acentuadas. Exemplos: máquina, êxtase, centímetro, cátedra, tráfico, catástrofes, quilômetro, debêntures, helicóptero, centrífugas, vítima, Gênesis, ventríloquo, paralelepípedo. 
Palavras monossílabas, ou seja, que só possuam uma sílaba poderão levar acento se forem pronunciadas de forma mais forte (tônicas). Como exemplo, temos as palavras de (preposição \u2013 casa de Maria) e dê (verbo \u2013 Dê um presente para a criança). 
Observe que só deverão ser acentuados os monossílabos tônicos que terminarem em A, E, O e os seus devidos plurais. Exemplos: já, cá, dá, más, pás, dê, crê, lê, vês, mês, pré, pés, pôs, mó, dó, pós, sós, nós... 
E os monossílabos tônicos terminados em ditongo aberto Éi, ÉU, ÓI e seus respectivos plurais. Exemplo: céu, sóis, réis, dói... 
Os monossílabos átonos se apoiam em outras palavras fonética e semanticamente. Não recebem acento e não possuem significado sozinhos. Exemplos: que, me, se, lhe, vos, nos, com, de... 
Regras Especiais de Acentuação 
Sendo I ou U, a segunda vogal tônica do hiato levará acento (seguida ou não de s). No caso da palavra rainha, por exemplo, o I só não levará acento porque há uma exceção: não se acentuam as segundas vogais tônicas do hiato se forem seguidas do fonema NH. Exemplos: sa-ú-de, sa-í-da, su-í-no, ru-í-na, ca-ís-te, bala-ús-ter, ba-i-nha, ta-i-nha, ju-iz, ju-í-zes, ru-im... 
Os verbos ter e vir, na 3a pessoa do plural do presente do indicativo, são monossílabos tônicos terminados em -em. Pela regra dos monossílabos, não deveriam ter acento. Entretanto acentua-se a forma da 3a pessoa do plural para diferenciá-la da forma do singular. 
Ex.: Ele tem \u2013 eles têm Ele vem \u2013 eles vêm 
Os verbos derivados de ter e vir como conter, deter, manter, reter, provir apresentam formas oxítonas e acentuadas nas 3as. pessoas do presente do indicativo: acento agudo no singular e acento circunflexo no plural. 
Ex.: Ele contém \u2013 eles contêm Ele mantém \u2013 eles mantêm 
 Ele detém \u2013 eles detêm Ele retém \u2013 eles retêm 
Os verbos crer, dar, ler e ver e derivados no singular recebem acento circunflexo no E tônico, já no plural dobra-se a vogal E, mas não recebe acento. 
Ex.: Ele crê \u2013 eles creem Ele dê \u2013 eles deem 
 Ele lê \u2013 eles leem Ele vê \u2013 eles veem 
Usa-se acento diferencial para diferenciar as palavras homógrafas (que têm a mesma escrita). 
Exemplos: pôr (verbo) para diferenciar de por (preposição) /pôde (passado - pretérito perfeito do indicativo) para diferenciar de pode (presente do indicativo). 
É facultativo o acento em: fôrma (significando modelo) / forma (significando aspecto). 
Exemplo.: Eis aqui a forma para pudim cuja forma de pagamento você escolhe.