atividade 2

Disciplina:Segurança no Trabalho202 materiais179 seguidores
Pré-visualização1 página
SENAC EAD

 Francieli Balbinot da Rosa

 Atividade 2
 Equipamento de Medição

 Nova Santa Rita RS
 2019
Atividade 2 – SELEÇÃO DO EQUIPAMENTO DE MEDIÇÃO
	SELEÇÃO DO EQUIPAMENTO DE MEDIÇÃO

	RISCO FÍSICO
	RISCO QUÍMICO

	Cite os agentes de riscos no quadro abaixo
	Cite os equipamentos de medição ambiental para monitoramento do agente de risco no quadro abaixo
	Descreva no quadro abaixo o modo de utilização do equipamento de medição (etapas para medição)
Verificações antes do uso;
Preparo do equipamento;
Forma de utilização.
	Cite os agentes de riscos no quadro abaixo
	Cite os equipamentos de medição ambiental para monitoramento do agente de risco
	Descreva no quadro abaixo o modo de utilização do equipamento de medição (etapas para medição)
Verificações antes do uso;
Preparo do equipamento;
Forma de utilização.

	Ruído
	Audiodosímetro ou Dosímetro de ruído
	O Dosímetro é considerado o aparelho mais e detalhista e eficiente para as medições de ruído, sendo por isso preferência entre os profissionais TST. Para usar o Dosímetro é importante obedecer aos critérios de medição conforme descreve o fabricante, verificar a temperatura, a umidade relativa do ar e aos campos eletromagnéticos para garantir que o equipamento funcione perfeitamente, bateria, a calibragem e os ajustes dos parâmetros de medição.

No preparo do equipamento conversar com o trabalhador explicando como será feito o procedimento e que não devera interferir nas suas atividades normais e avisar que não poderá remover o aparelho assim como não abafar o microfone com um vestuário ou movê-lo de sua posição instalada, avisar o horário que o equipamento será removido pois somente o avaliador poderá fazer a remoção. Anote em uma folha de registro o horário da coleta, condições climáticas

A utilização do aparelho devemos colocá-lo dentro da zona auditiva do trabalhador(próximo ao ouvido) prendido em uma roupa do mesmo conforme as orientação do fabricante se a avaliação for em ar livre ou em áreas com pó o importante será utilizar uma espuma protetora do microfone, fazer a fixação e o posicionamento a qualquer cabo de microfone para evitar o movimento. Podemos utilizar também audiodosímetro com microfone sem cabo de extensão ligados diretamente ao aparelho. Fazer a verificação periodicamente do dosímetro para garantir se está realizando as medições e sua posição não foi alterada. O número de avaliações deverá ser o suficiente para identificar e caracterizar os ciclos de trabalho. Quando a medição não cobrir toda a jornada de trabalho, a dose determinada para o período deve ser projetada para a dose diária (a maioria dos dosímetros efetua a projeção de dose).
Depois de fazer a retirada do equipamento do trabalhador anotar na folha em que foi colocada o horário que iniciou a medição o termino de horário da medição.
	Vapor de Tolueno
	Bomba Gravimétrica
	A bomba gravimétrica possibilita a coleta de gases, vapores, nevoas, neblinas e poeiras.
 Antes da utilização devemos escolher um laboratório para o envio das amostras e o laboratório deve enviar ao local a ser monitorado os filtros de coleta, verificar se o equipamento está devidamente calibrado e sua integridade física está em perfeitas condições para o uso, se a bateria esta carrega verificar se a entrada de ar do dispositivo de coleta está livre,

Na preparação deveremos avaliar a ficha FISPQ e ver o tempo de exposição aos níveis de tolerância, obedecendo os critérios de medição, devemos fazer o planejamento da coleta o número, tipo de amostra. Conversar com o trabalhador como será feita a utilização do equipamento, fazer a anotação da hora da coleta, montar o sistema de coleta acoplando a mangueira á bomba e com o porta filtro já montado.

A forma de utilizar dependera do modelo do aparelho, para uma coletam, antes de ligar a bomba devemos verificar se a entrada de ar esta desobstruída caso esteja de acordo ligar a bomba individual será presa a bomba no cinto, cintura ou bolso do trabalhador, sendo passada a mangueira pelas costas e axilas para ser fixadas ao ombro do trabalhador próxima á a zona a respiratória.
Se a coleta for na for estática, devemos montar o tripé no local selecionado, que não interfira na rotina do trabalhador para fazer a ficção da bomba no tripé.
Sempre obedecendo os critérios de medição e anotar a hora final da coleta em uma planilha e outras informações que nela constar.

	Calor
	Monitor de IBUTG ou Medidor de Estresse Térmico
	O monitor de estresse térmico é composto de termômetro de globo, termômetro bulbo úmido natural e termômetro de bulbo seco. Antes do uso devemos verificar a calibração do aparelho, a integridade física dos componentes.
 Termômetro Bulbo serve para a determinação da temperatura do bulbo úmido natural e deve-se ver se o palito de água destilada umedece e não está contaminado
Termômetro Bulbo Seco é destinada á determinação da temperatura do ar e devemos verificar a sua temperatura
Termômetro de Globo serve para medir a temperatura de globo devemos verificar a sua temperatura

Para a preparação do equipamento devemos conversar com o trabalhador explicando como funcionara o procedimento do equipamento que não poderá ser retirado somente o avaliador poderá fazer a retirada, e que o equipamento de medição não poderá ser tocado ou obstruído. Fazer uma tabela contendo hora da coleta entre outras informações.

A utilização existe modelos que serão fixos ao corpo do trabalhador junto a calça ou cinta e outros modelos fixados em um tripé perto da fonte principal de energia de energia, com os termômetros com altura de maior quantidade de calor. quando não for possível identificar a intensidades de calor deve-se deixar na altura do tórax do trabalhador. Devemos posicionar as escalas de medição na direção inversa da fonte de calor para poder fazer as medições sem que ocorra o bloqueio da fonte de calor e as leituras devem ser iniciadas após 25 minutos de estabilização da coluna de mercúrio e repetidas a cada minuto. após este tempo fazemos a coleta de temperatura dos termômetros de no mínimo três coletas de temperatura durante o período definido para medição.