3 pág.

Estudo de Caso MediSys Corp. a equipe de desenvolvimento do produto IntensCare

Disciplina:Administração Estratégica6.081 materiais41.875 seguidores
Pré-visualização1 página
�

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

MBA EM ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA

Fichamento de Estudo de Caso

Nome do Aluno: André Hirota Marsare

Gestão de Projetos Visão PMI
Tutor Prof.: Carlos Fernando da Rocha Santos

ITATIBA - SP
2018

Estudo de Caso de Harvard: MediSys Corp.: a equipe de desenvolvimento do produto IntensCare

Referência: DONNELLON Anne; MARGOLIS D. Joshua. MediSys Corp.: a equipe de desenvolvimento do produto IntensCare. Estudo de Caso Harvad Bussines School, Jundiai: Universidade Estácio de Sá, 2018

A MediSys preparava o lançamento de um novo sistema, um projeto ambicioso no qual se tinha um alto investimento. Devido ao tempo curto para finalização do projeto as pessoas envolvidas no projeto começavam a sentir a pressão e um receio quanto a entrega do projeto em tempo hábil. Os problemas de comunicação começaram a causar alguns conflitos entre os membros da equipe que conduziam o projeto. O projeto em si se tratava de um sistema remoto para uso em unidades de tratamento intensivo de hospitais. As falhas de comunicação entram os envolvidos no projeto eram basicamente sobre prazo e detalhamento do produto. A gerente de Marketing Valerie Merz estava preocupada com o negócio como um todo e com o lançamento do projeto. Falando um pouco da empresa Medisys Corp. a mesma foi fundada em 2002, de origem americana a empresa fabricante de equipamentos médicos, desenvolvia, fabricava e vendia sistemas de monitoramento médico para hospitais.
O desenvolvimento de novos produtos da MediSys passava basicamente por quatro etapas:

Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento – Tinha o papel de propor novas tecnologias para gerar novas oportunidades de negócio;

Líderes do projeto – Marketing desenvolvia as descrições do produto de acordo com as necessidades dos clientes;

 Engenharia – Desenvolvia as especificações do produto e levava ao grupo de assuntos regulatórios da empresa.

Produção – Executava a fabricação do produto com base nas especificações levantadas pela engenharia.

O conceito de projetos para desenvolvimentos de produtos foi implantado em 2008, por Beaumont. O sistema consistia em atribuir a um projeto um líder, mesmo essa pessoa não tendo cargo de liderança na companhia. Esse conceito fazia com que a equipe se envolvesse no projeto desde sua fase inicial até a produção final. No entanto o líder do projeto necessitava ter um perfil multifuncional, alto desempenho e respeito dos colegas.
A história do projeto IntensCare se inicia em 2006 com Aaron Gerson, do grupo de P&D, ele se juntou ao Peter Fischer de Vendas e também uma terceira pessoa design de software que depois saiu da empresa. Aaron Gerson teve a ideia inicial que consistia em um sistema de monitoramento de pacientes que coletaria dados dos próprios pacientes em unidades de tratamento intensivo.

Em 2008 Beaumont criou uma equipe para centralizar o projeto desse novo sistema entre eles estavam: Aaron Gerson (idealizador do projeto), Bret O’Brien (Gerente de Engenharia) e nomeou o Gerente de Produção Jack Fogel líder do projeto. Retornando a falar sobre o andamento do projeto que iniciamos no início desse texto Jack Fogel líder do projeto não parecia muito evidente como ele gerenciava os prazos, Merz gerente de Marketing e outros gerentes envolvidos no projeto se queixavam sobre os atrasos nas etapas do projeto. Merz ainda falava abertamente sobre a falta de autonomia sob os engenheiros e funcionários da produção, ou seja, Merz não estava satisfeita com Fogel liderando esse projeto. O’ Brien era o engenheiro líder do projeto teve sua equipe reduzida e mesmo assim conseguiu compartilhar o tempo de projetos paralelos. Ele sabia que os seus engenheiros tinham um enorme desafio para cumprir os prazos tão apertados. O’ Brien enfatizava que a engenharia tem o objetivo de entregar o produto dentro do prazo e no custo previsto no escopo do projeto.

Conclusão

A importância de um gerente de projetos para a organização que possui uma estrutura organizacional sólida e que por um dado momento necessita de equipes multidisciplinares para o desenvolvimento do projeto é realmente necessária principalmente nesse caso da Intenscare. Beaumont acreditava que o líder de projeto deveria ter uma visão multifuncional e holística. Necessário também um perfil de gestão flexível e de função estratégica. Segundo o PMBOK o gerente de projetos é a pessoa escolhida para atingir os objetivos do projeto. Abaixo algumas características importantes para o Gerente de projetos:

Concentra-se nos objetivos especificados pelo projeto;

Controla os recursos atribuídos ao projeto para atender da melhor forma possível aos objetivos do projeto;

Gerencia: escopo, cronograma, custo e qualidade;

Organização e qualidade nas tomadas de decisão;

Saber calcular e minimizar os riscos;

Estar preparados para mudanças inesperadas no projeto.

Bons gerentes são capazes de motivar e inspirar sua equipe além do esperado, eles sabem como fazer a gestão de pessoas de uma forma a incentiva-las a usar o que tem de melhor para o desenvolvimento do projeto. Com tudo isso exposto nesse caso é crítico ver a falta de uma metodologia nas fases de inicialização e planejamento que impactam na execução e controle do projeto. A aplicação do PMBOK resolveria boa parte dos problemas técnicos e de comunicação entre a equipe.

	

�