Curso Avançado de Processo Civil   Volume 2   Execução  Luiz Wambier(1)

Curso Avançado de Processo Civil Volume 2 Execução Luiz Wambier(1)

Disciplina:Processo Civil/ Processo Eletronico652 materiais995 seguidores
Pré-visualização50 páginas
IL1uiiz !Rodrigues Wambier
E~du ~ardo Tafamini

Curso
Avaf)çado de

vo u 11 J: 2
EXECUÇ·Â'O

Diretora Responsável
MARISA HARMS

Diretora de Operações de Conteúdo
JUUANA MAYUMI ÜNO

Editores: Andréia Regina Schneider Nunes, Cristiane Gonzalez Basile de Faria, lviê A. M. Loureiro Gomes e Lucia na Felix

Assistente Administrativo Editorial: Juliana Camilo Menezes

Produção Editorial
Coordenação
JUUANA DE CICCO BIANCO

Analistas Editoriais: Danielle Rondon Castro de Morais, Rávia Campos Marcelino Martines, George Silva Melo, Luara
Coentro dos Santos, Luciano Mazzolenis J. Cavalheiro e Rodrigo Domiciano de Oliveira

Analistas de Qualidade Editorial: Cíntia Mesojedovas Nogueira, Maria Angélica Leite, Rafaella de Almeida Vasconcellos e
Victor Bonifácio

Capa:To~yflodrigues
Administrativo e Produção Gráfica
Coordenação
CAIO HENRIQUE ANDRADE

Analista Administrativo: Antonia Pereira

Assistente Administrativo: Francisca Lucélia Carvalho de Sena

Analista de Produção Gráfica: Rafael da Costa Brito

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
(Cãmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

Curso avançado de processo civil : execução, volume 2 /Luiz Rodrigues Wambier,
Eduardo Talamini. - 1 S. ed. rev. e atual. - São Paulo : Editora Revista dos Tribunais,
2015.

Bibliografia.
ISBN 978-85-203-5802-3

1. Processo civil 2. Processo civil - Brasil I. Talamini, Eduardo. 11. Trtulo.

14-12290 CDU-347.9(81)

(ndices para catálogo sistemático: 1. Brasil : Processo civil 347.9(81)

Luiz Rodrigues Wambier
Eduardo Talamini

Curso
Avançado de
PROCESSO

CIVIL
VOLUME 2
EXECUÇÃO

15.0 EDIÇÃO
revista e
atualizada

THOMSON REUTERS

REVISTADOS
TRIBUNAIS*

CURSO AVANÇADO DE PROCESSO CIVIl
Volume 2

Execução

15.• edição revista e atualizada
Edição de transição entre o CPC de 1973 e o CPC de 2015

LUIZ RODRIGUES W AMBIER
EDUARDO TALAMINI

1." edição: 1998 -2." edição: 1." tiragem: março de 1999; 2.' tiragem: junho de 1999 -3." edição: 1.' tiragem: fevereiro de 2000;
2.' tiragem: agosto de 2000; 3.' tiragem: dezembro de 2001 - 4." edição: 1." tiragem: fevereiro de 2002; 2." tiragem: março de
2002- 5." edição: 1." tiragem: setembro de 2002; 2.' tiragem: março de 20<I3; 3." tiragem: maio de 2003- 6." edição: 2004- 7."
edição: 1." tiragem: fevereiro de 2005; 2." tiragem: setembro de 2005-8.' Edição: 1. • tiragem: março de 2006; 2." tiragem: abril
de 2006; 3. • tiragem: junho de 2006; 4." tiragem: setembro de 2006- 9. • edição: 1. • tiragem: março de 2007; 2. • tiragem: julho de
2007 -10." edição: 1." tiragem: março de 2008; 2." tiragem: março de.2009 -11." edição: 2010. 12." edição: 1.• tiragem: outubro
de 2011; 2.• tiragem: março de 2012; 3.' tiragem: julho de 2012-13." ediçãc:janeiro de 2013 -14."ediçdo: 1." tiragem: fevereiro
de 2014;2." tiragem: maio de 2014; 3." tiragem: agosto de 2014.

IM~VT;w-
INcLUI VERSÃO
ELETRÔNICA DO LIVRO

©desta edição [20151

EDITORA REVISTA DOS TRIBUNAIS LTDA.
MARISA HARMS

Diretora responsável

Rua do Bosque, 820 - Barra Funda
Tel.ll 3613-8400-Fax 11 3E13-8450
CEP 01136-000- São Paulo, SP, Brasil

Tooos os DIREITOS RESERVADOS. Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, especialmente por
sistemas gráficos, microfnmicos, fotográficos, reprográficos, fonográfico!, videográficos. Vedada a memorização e/ou a
recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte destli obra em qualquer sistema de processamento de
dados. Essas proibições aplicam-se também às características gráficas da obra e à sua editoração. A violação dos direitos
autorais é punível como crime (art. 184 e parágrafos, do Código PenaiL com pena de prisão e multa, conjuntamente
com busca e apreensão e indenizações diversas (arts. 1 01 a 11 O da lei 9.61 0, de 19.02.1998, lei dos Direitos Autorais).

CENTRAL DE RELACIONAMENTO RT

(atendimento, em dias úteis, das 8 às 17 horas)
Tel. 0800-702-2433

e·mai/ de atendimento ao consumidor: sac@rt.com.br

Visite nosso site: www.rt.co:n.br
Impresso no Brasil [03-20- SI

Universitário (Texto)
Fechament9 desta edição [11 .03 .2015]

ISBN 978-85-203-5802-3

APRESENTAÇÃO À 15.a EDIÇÃO

Nesta nova edição, a que chamamos "de transição", considerando que
o Código de Processo Civil de 2015 somente vigorará em 2016, tratamos
do sistema normativo processual ainda hoje vigente (Código de 1973),
cotejando-o analiticamente com o novo diploma.

Esse é o método mais adequado para o estudo do processo civil brasileiro
no período de transição que ora vivenciamos. Possibilita tanto o estudo da
matéria à luz da disciplina legal ainda vigente (CP073) quanto a plena
compreensão das mudanças que trará o novo CPC (2015), após a vacatio legis,
que é de um ano. . . .

Durante esse período, será fundamental aos:estudiosos e operadore~ do
processo o domínio dos dois Códigos. Este livro propõe-se a tal fim.

Foram também atualizadas as indicações bibliográficas complementares
de muitos capítulos, especialmente daqueles relativos aos muitos institutos
que permanecerão após o início de vigência do novo CPC, no início de 2016.

Além disso, sempre que cabível, incluíram-se, depois da doutrina
complementar, os enunciados pertinentes do Fórum Permanente de
Processualistas Civis (FPPC). Trata-se um grupo de debates, aberto a todos os
estudiosos do processo civil, que tem periodicamente se reunido para discutir
as normas do novo CPC. Já foram realizados encontros em Salvador, no Rio
de Janeiro e Belo Horizonte - e estão programados, para os próximos meses,
conclaves em Vitória e Curitiba. Em cada um desses encontros esteve presente
uma média de 250 processualistas de todo o Brasil (doutrinadores, professores,
pesquisadores, pós-graduandos ... ). As principais conclusões sobre cada tema
- desde que aprovadas por unanimidade nos grupos temáticos e na reunião
plenária - são transformadas em enunciados. Evidentemente, tais conclusões
podem ser objeto de discussão, crítica e revisão - como toda opinião
doutrinária. Elas tampouco têm valor de. lei ou jurisprudência, por óbvio.
Mas, sob certo aspecto, esses enunciados constituem a primeira contribuição
doutrinária relevante para a compre·ensão do novo Código. Por isso- e dentro
desses limites - merecem especial atenção do leitor.

Os AuToREs

Jt('-r, !JJ/. gs
\JJ 2ll5o

I UNIVERJIDADE OE FORTALEZA·. é BIBliOTECA CENTRA~ C.. ,. ~oaJEtl.l...J

,.
•' -' f
.(>t·;,,(?J$

APRESENTAÇÃO À 14.a EDIÇÃO

Nesta nova edição, levamos adiante o método, iniciado nas edições ante-
riores, de acompanhar de modo preciso a evolução do projeto de novo CPC,
em trâmite no Congresso Nacional. Foram aqui considerados todos os acrés-
cimos e modificações que o projeto sofreu na Câmara dos Deputados - cote-
jando-se os textos das duas casas legislativas. Para tanto, foram considerados:
o projeto originalmente apresentado no Senado; o substitutivo aprovado pelo
Senado e remetido à Câmara; e a mais recente versão do-substitutivo que vem
sendo debatido na Câmara, de 30:10.2013.

As referências ao projeto são feitas exclusivamente em nota de rodapé. No
texto principal, mantém-se o panorama didático e completo do atual Código.
Como já indicamos em edição anterior, esse é o melhor modo não apenas de
preparar-se para o futuro Código, como também para compreender a legisla-
ção atual. O cotejo com as mudanças propostas - assim como a consideração
dos pontos que permanecem inalterados no projeto - permite uma melhor
avaliação crítica do sistema vigente.

Foram também acrescidas orientações jurisprudenciais do STF e do STJ
sumuladas desde a última edição.

Como sempre, críticas e sugestões serão bem recebidas.

Curitiba, janeiro de 2014.
Os AuToREs

APRESENTAÇÃO À 13.a EDIÇÃO

Esta nova edição incorpora