Apresentacao 1 Construcao de Questionarios 2019 01 (1)
136 pág.

Apresentacao 1 Construcao de Questionarios 2019 01 (1)


DisciplinaProdução de Questionário11 materiais9 seguidores
Pré-visualização9 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM 
GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO 
PÚBLICA
Supervisão de Instrumentos e Indicadores
Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação
\u25aa Apresentação dos participantes.
\u25aa Qual é o seu nome?
\u25aa De onde você é?
\u25aa O que você faz?
\u25aa Por que você está aqui?
PPGP \u2013 Construção de Questionários
\u25aa Justificativa
\u25aa As noções e competências relativas ao levantamento e
processamento de dados são necessárias ao exercício
eficiente dos novos papéis que se atribuem ao gestor da
educação pública no país.
\u25aa Objetivos
\u25aa Desenvolver as competências relacionadas à elaboração
questionários em pesquisa social, através da revisão da
literatura especializada e da prática de exercícios, incluindo a
elaboração de questões.
\u25aa Ampliar as noções sobre os aspectos teóricos e práticos
ligados à construção de questionários.
PPGP \u2013 Construção de Questionários
\u25aa Primeiro dia: panorama geral do curso; a importância da teoria e da
definição clara dos conceitos; tema, problema e hipóteses de
pesquisa.
\u25aa Segundo dia: teoria e prática na construção de questões.
\u25aa Terceiro dia: processo de resposta e recomendações úteis para o
desenho de questões efetivas.
\u25aa Quarto dia: o processo de construção de questões para levantar dados
objetivos e para coletar estados subjetivos.
\u25aa Quinto dia: Atividade.
PPGP \u2013 Construção de Questionários
\u25aa ALBARRACIN, D; JOHNSON, B T; ZANNA, M P. The Handbook of Attitudes.
London: LEA, 2005.
\u25aa ALMEIDA, A C. O efeito do contexto e posição da pergunta no questionário
sobre o resultado da medição, Opinião Pública, 2002, vol. 8, n. 2, pp. 328-
339.
\u25aa ANDERSON, P; MORGAN, G. Desenvolvimento de testes e questionários
para avaliação do desempenho educacional. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.
\u25aa BRADBURN, N M; SUDMAN, S; WANSINK, B. Asking Questions: the definitive
guide to questionnaire design. San Francisco:Wiley, 2004.
\u25aa CHAER, G; DINIZ, R R P; RIBEIRO, E A. A técnica do questionário na pesquisa
educacional, Evidência, 2011, vol. 7, n. 7, pp. 251-266.
\u25aa CONVERSE, J M e PRESSER, S. Survey Questions: Handcrafting the
standardized questionnaire. Thousand Oaks: Sage, 1986.
\u25aa DE VAUS, D A. Surveys in Social Research. London: UCL Press, 1996.
PPGP \u2013 Construção de Questionários
\u25aa DEVELLIS, R F. Scale Development: Theory and applications. Beverly Hills:
Sage, 2003.
\u25aa FACCENDA, O; DALBEN, A; FREITAS, L C. Capacidade explicativa de
questionários de contexto: aspectos metodológicos, RBEP, 2011, vol. 92, n.
231, pp. 246-267.
\u25aa FOWLER, F J. Improving Survey Questions: Design and Evaluation
Thousand Oaks: Sage, 1995.
\u25aa GIDEON, L. Handbook of Survey Methodology fo the Social Sciences. New
York: Springer, 2012.
\u25aa GROVES, R M. Nonresponse rates and nonresponse bias in household surveys,
Public Opinion Quarterly, 2006, vol. 70, n. 5, pp. 646-675.
\u25aa GROVES, R M. Three eras of survey research, Public Opinion Quarterly,
2011, vol. 75, n. 5, pp. 861-871.
\u25aa GROVES, R M; FOWLER, F J; COUPER, M P; LEPKOWSKI, J M; SINGER, E;
TOURANGEAU, R. Survey Methodology. San Francisco:Wiley, 2004.
PPGP \u2013 Construção de Questionários
\u25aa GROVES, R M; LYBERG, LARS. Total survey error: Past, presente, and future,
Public Opinion Quarterly, 2010, vol. 74, n. 5, pp. 849-879.
\u25aa GÜNTHER, H. Como elaborar um questionário, Planejamento de Pesquisa
nas Ciências Sociais, 2003, n. 1, pp. 1-15.
\u25aa GÜNTHER, H. Pesquisa Qualitativa versus Pesquisa Quantitativa: Essa é a
questão? Psicologia:Teoria e Pesquisa, 2006, vol. 22, n. 2, pp. 201-210.
\u25aa HOPKINS, D J; KING, G. Inproving anchoring vignettes: Designing surveys to
correct interpersonal incomparability, Public Opinion Quarterly, 2010, vol.
74, n. 1, pp. 201-222.
\u25aa KING, G; MURRAY, C J L; SALOMON, J A; TANDON, A. Enhancing the Validity
and Cross-Cultural Comparability of Measurement in Survey Research,
American Political Science Review, 2004, vol. 98, n. 1, pp. 191-207.
\u25aa KING, G; WAND, J. Comparing incomparable survey responses: Evaluating and
selecting anchoring vignettes, Potilical Analysis, 2006, vol. 15, n. 1, pp.46-66.
PPGP \u2013 Construção de Questionários
\u25aa KIRSCHBAUM, C. Decisões entre pesquisas quali e quanti sob a perspectiva
de mecanismos causais, RBCS, 2013, vol. 28, n. 82, pp. 179-257.
\u25aa LEEUW, E D de; HOX, J J; DILLMAN, D A. International Handbook of Survey
Methodology. New York: Laswrence Erlbaum, 2008.
\u25aa MARCHESAN, M T N e RAMOS, A G. Check list para a elaboração e análise de
questionários em pesquisas de crenças, Revista Eletrônica de Linguística,
2012, vol. 6, n. 1, pp. 449-460.
\u25aa MARTINS, G A. Sobre confiabilidade e validade, RBGN, 2006, vol. 8, n. 20,
pp.1-12.
\u25aa OPPENHEIN, A N. Questionnaire Design and Attitude Measurement.
London: Heinemann, 1978.
\u25aa TOURANGEAU, R; RIPS, L J; RASINSKI, K. The Psychology of Survey
Response. Cambridge: Cambridge University Press, 2000.
PPGP \u2013 Construção de Questionários
\u25aa Escrevendo boas questões de questionários
\u25aa https://pt.surveymonkey.com/mp/writing-survey-questions/
\u25aa A busca pelos exemplos certos de questões
\u25aa https://pt.surveymonkey.com/mp/certified-survey-questions/
\u25aa Questões e exemplos de questionários populares
\u25aa https://pt.surveymonkey.com/mp/survey-question-examples/
\u25aa Modelos de questionário educacional
\u25aa https://pt.surveymonkey.com/mp/education-survey-templates/
\u25aa Recursos para Avaliação de Programas e Métodos de Pesquisa Social
\u25aa http://gsociology.icaap.org/methods/
\u25aa Calculadora Amostral
\u25aa http://www.calculoamostral.vai.la
\u25aa https://pt.surveymonkey.com/mp/sample-size-calculator/
PPGP \u2013 Construção de Questionários
\u25aa A pesquisa em ciências sociais é o empreendimento, de caráter
científico, que tem por objetivo responder questões sociais
consideradas relevantes.
\u25aa Existem diversos temas e problemas de pesquisa na área das ciências
sociais.
\u25aa Cada pesquisa possui uma estratégia de resposta (quali./quanti.).
\u25aa O desenho da pesquisa refere-se à seleção e organização da
evidência.
\u25aa Seleção da evidência: coleta de dados primários ou utilização de bases de
dados secundários.
\u25aa Organização da evidência: preparo da base de dados primários ou
secundários.
PPGP \u2013 Construção de Questionários
\u25aa Classicamente, o modelo científico ligado às pesquisas de
levantamento de dados trabalha para responder a um teste de
hipóteses pré-formuladas, por essa razão, certas operações lógicas
precedem a coleta de dados.
\u25aa Se os dados empíricos confirmam a hipótese, a teoria que a
fundamenta é corroborada.
\u25aa Existe, assim, uma forte dependência entre os dados e a teoria .
PPGP \u2013 Construção de Questionários
Teoria
Hipótese
Dados
Hipótese
Teoria
\u25aa Cuidados ao fazer afirmações e tirar conclusões sobre os dados, a
hipótese e a teoria.
\u25aa O teste de hipótese é apenas um procedimento científico.
\u25aa Os dados dão apoio à teoria, não a confirmam.
\u25aa Os dados podem \u201cajudar\u201d outras teorias.
\u25aa Existe sempre a possibilidade da relação ser espúria.
PPGP \u2013 Construção de Questionários
\u25aa Teoria
\u25aa Teorias são compostas de conceitos, relações entre conceitos, e
formulações que especificam os mecanismos causais que presidem essas
relações.
\u25aa Conceito
\u25aa Um conceito é um símbolo, ele representa uma ideia sobre uma entidade,
um processo, ou sobre uma das propriedades/atributos desses.
\u25aa Os conceitos oferecem uma linguagem comum, uma perspectiva
compartilhada sobre o fenômeno em tela.
\u25aa Eles são instrumentos para classificar as experiências e são blocos
constituintes e definidores das teorias.
PPGP \u2013 Construção de Questionários
Definição
Referente
Termo
\u25aa Orientações para a construção conceitual.
\u25aa Quais são as dimensões/características definidoras do conceito?
\u25aa Como as relações causais funcionam dentro e entre os conceitos?
\u25aa Qual é a negação,