Do curso 62243 aula 11 v1
56 pág.

Do curso 62243 aula 11 v1


DisciplinaContabilidade Pública7.598 materiais58.645 seguidores
Pré-visualização14 páginas
Livro Eletrônico
Aula 11
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
Gilmar Possati
 
 
 
 
 
 
 
 1 
55 
 
Demonstração do Fluxo de Caixa. Demonstração 
das Mutações do Patrimônio Líquido. Notas 
Explicativas. 
1 ? Demonstração dos Fluxos de Caixa............................................................................... 2 
1.1. Introdução .................................................................................................................................. 2 
1.2. Estrutura ..................................................................................................................................... 2 
1.3. Elaboração .................................................................................................................................. 7 
1.4. Notas Explicativas ...................................................................................................................... 8 
2. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido ................................................... 10 
2.1 Introdução ................................................................................................................................. 10 
2.2 Estrutura .................................................................................................................................... 11 
2.3 Elaboração ................................................................................................................................. 12 
3. Notas Explicativas ........................................................................................................ 13 
3.1. Definição ................................................................................................................................... 13 
3.2. Estrutura ................................................................................................................................... 13 
4. Questões Comentadas ................................................................................................. 18 
4.1. Demonstração dos Fluxos de Caixa .......................................................................................... 18 
4.2. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido .............................................................. 34 
4.3. Notas Explicativas .................................................................................................................... 39 
5. Resumo ........................................................................................................................ 41 
6. Lista das Questões ....................................................................................................... 45 
7. Gabarito....................................................................................................................... 55 
 
 
Gilmar Possati
Aula 11
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 2 
55 
1 ? DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA 
1.1. INTRODUÇÃO 
Segundo o MCASP, a Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC) identificará: 
ƒ as fontes de geração dos fluxos de entrada de caixa; 
ƒ os itens de consumo de caixa durante o período das demonstrações contábeis; e 
ƒ o saldo do caixa na data das demonstrações contábeis. 
A DFC permite a análise da capacidade de a entidade gerar caixa e equivalentes de caixa e da 
utilização de recursos próprios e de terceiros em suas atividades. Pode ser analisada, também, 
mediante comparação dos fluxos de caixa, gerados ou consumidos, com o resultado do período e 
com o total do passivo, permitindo identificar, por exemplo: a parcela dos recursos utilizada para 
pagamento da dívida e para investimentos, e a parcela da geração líquida de caixa atribuída às 
atividades operacionais. 
Esquematicamente, temos: 
 
1.2. ESTRUTURA 
A Demonstração dos Fluxos de Caixa é composta por: 
ƒ Quadro Principal; 
ƒ Quadro de Receitas Derivadas e Originárias; 
ƒ Quadro de Transferências Recebidas e Concedidas; 
ƒ Quadro de Desembolsos de Pessoal e Demais Despesas por Função; 
Gilmar Possati
Aula 11
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 3 
55 
ƒ Quadro de Juros e Encargos da Dívida. 
1.2.1. Quadro Principal 
 
Exercício 
Atual 
Exercício 
Anterior 
 
FLUXOS DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS 
Ingressos 
 Receitas derivadas e originárias 
 Transferências correntes recebidas 
Desembolsos 
 Pessoal e demais despesas 
 Juros e encargos da dívida 
 Transferências concedidas 
 
Fluxo de caixa líquido das atividades operacionais (I) 
FLUXOS DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO 
Ingressos 
 Alienação de bens 
 Amortização de empréstimos e financiamentos 
concedidos 
Desembolsos 
 Aquisição de ativo não circulante 
 Concessão de empréstimos e financiamentos 
 Outros desembolsos de investimentos 
 
Fluxo de caixa líquido das atividades de investimento (II) 
 
FLUXOS DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO 
 
Ingressos 
 
 Operações de crédito 
 Integralização do capital social de empresas dependentes 
 
Desembolsos 
 
 Amortização /Refinanciamento da dívida 
 
Fluxo de caixa líquido das atividades de financiamento (III) 
 
GERAÇÃO LÍQUIDA DE CAIXA E EQUIVALENTE DE CAIXA 
(I+II+III) 
 
Caixa e Equivalentes de caixa inicial 
Caixa e Equivalente de caixa final 
 
 
\ufffd\u17d\u175\u189\u18c\u11e\u11e\u176\u11a\u11e\ufffd\u17d\u190\ufffd\u15d\u176\u150\u18c\u11e\u190\u190\u17d\u190\ufffd\u11e\ufffd\u17d\u190\ufffd
\u11a\u11e\u190\u11e\u175\u10f\u17d\u16f\u190\u17d\u190\ufffd\u18c\u11e\u16f\u102\u110\u15d\u17d\u176\u102\u11a\u17d\u190\ufffd\u110\u17d\u175\ufffd\u102\ufffd
\u102\u115\u106\u17d\ufffd\u189\u1b7\u10f\u16f\u15d\u110\u102à? 
/\u176\u110\u16f\u1b5\u15d\ufffd\u17d\u190\ufffd\u18c\u11e\u110\u1b5\u18c\u190\u17d\u190\ufffd\u18c\u11e\u16f\u102\u110\u15d\u17d\u176\u102\u11a\u17d\u190\ufffd\u103\ufffd
\u102\u18b\u1b5\u15d\u190\u15d\u115\u106\u17d\ufffd\u11e\ufffd\u103\ufffd\u102\u16f\u15d\u11e\u176\u102\u115\u106\u17d\ufffd\u11a\u11e\ufffd\u102\u19a\u15d\u1c0\u17d\ufffd
\u176\u106\u17d\ufffd\u110\u15d\u18c\u110\u1b5\u16f\u102\u176\u19a\u11eà?\ufffd\u102\u11a\u15d\u102\u176\u19a\u102\u175\u11e\u176\u19a\u17d\u190\ufffd\u17d\u1b5\ufffd
\u102\u175\u17d\u18c\u19a\u15d\u1cc\u102\u115\u106\u17d\ufffd\u11a\u11e\ufffd\u11e\u175\u189\u18c\u120\u190\u19a\u15d\u175\u17d\u190\ufffd
\u110\u17d\u176\u110\u11e\u11a\u15d\u11a\u17d\u190à? 
/\u176\u110\u16f\u1b5\u15d\ufffd\u17d\u190\ufffd\u18c\u11e\u110\u1b5\u18c\u190\u17d\u190\ufffd
\u18c\u11e\u16f\u102\u110\u15d\u17d\u176\u102\u11a\u17d\u190\ufffd\u103\ufffd\u110\u102\u189\u19a\u102\u115\u106\u17d\ufffd\u11e\ufffd\u103\ufffd
\u102\u175\u17d\u18c\u19a\u15d\u1cc\u102\u115\u106\u17d\ufffd\u11a\u11e\ufffd\u11e\u175\u189\u18c\u120\u190\u19a\u15d\u175\u17d\u190\ufffd
\u11e\ufffd\u128\u15d\u176\u102\u176\u110\u15d\u102\u175\u11e\u176\u19a\u17d\u190à? 
K\u190\ufffd\u190\u102\u16f\u11a\u17d\u190\ufffd\u15d\u176\u15d\u110\u15d\u102\u16f\ufffd\u11e\ufffd\u128\u15d\u176\u102\u16f\ufffd\u11a\u11e\ufffd\ufffd\u102\u15d\u1c6\u102\ufffd\u11e\ufffd
\ufffd\u18b\u1b5\u15d\u1c0\u102\u16f\u11e\u176\u19a\u11e\u190\ufffd\u11a\u11e\ufffd\u110\u102\u15d\u1c6\u102\ufffd\u11a\u11e\u1c0\u11e\u175\ufffd\u190\u11e\u18c\ufffd
\u15d\u150\u1b5\u102\u15d\u190\ufffd\u102\u17d\u190\ufffd\u190\u102\u16f\u11a\u17d\u190\ufffd\u11a\u17d\ufffd\ufffd\u102\u16f\u102\u176\u115\u17d\ufffd
W\u102\u19a\u18c\u15d\u175\u17d\u176\u15d\u102\u16fà? 
Gilmar Possati
Aula 11
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 4 
55 
 
Definições do Quadro Principal 
Fluxo de Caixa das Atividades Operacionais 
ƒ Ingressos das Operações: Compreendem as receitas relativas às atividades operacionais 
líquidas das respectivas deduções e as transferências recebidas. 
ƒ Desembolsos das Operações: Compreendem as despesas relativas às atividades 
operacionais, demonstrando-se os desembolsos de pessoal, os juros e encargos sobre a dívida 
e as transferências concedidas. 
Fluxo de Caixa das Atividades de Investimento 
ƒ Ingressos de Investimento: Compreendem as receitas referentes à alienação de ativos não 
circulantes e de amortização de empréstimos e financiamentos concedidos. 
ƒ Desembolsos de Investimento: Compreendem as despesas referentes à aquisição de ativos 
não circulantes e as concessões de empréstimos e financiamentos. 
Fluxo de Caixa das Atividades de Financiamento 
ƒ Ingressos de Financiamento: Compreendem as obtenções de empréstimos, financiamentos 
e demais operações de crédito, inclusive o refinanciamento da dívida. Compreendem 
também a integralização do capital social de empresas dependentes. 
ƒ Desembolsos de Financiamento: Compreendem as despesas com amortização e 
refinanciamento da dívida. 
ƒ Caixa e Equivalentes de Caixa: Compreende o numerário em espécie e depósitos bancários 
disponíveis, além das aplicações financeiras de curto prazo, de alta liquidez, que são 
prontamente conversíveis em um montante conhecido de caixa e que estão sujeitas a um 
insignificante risco de mudança de valor. Inclui, ainda, a receita