A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
56 pág.
Do curso 62243 aula 11 v1

Pré-visualização | Página 12 de 14

áL /ŶǀĞƐƚŝŵĞŶƚŽƐ�áL��ƋƵŝƉĂŵĞŶƚŽƐ�Ğ�DĂƚĞƌŝĂů�WĞƌŵĂŶĞŶƚĞàP�Zà?�à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à? 
áL InveƐƚŝŵĞŶƚŽƐ�áL�KďƌĂƐ�Ğ�/ŶƐƚĂůĂĕƁĞƐàP�Zà?�à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à? 
áL Juros e Encargos da Dívida: R$ 1.300.000,00 
áL Liquidação de despesas com: 
áL Pessoal e Encargos Sociais: R$ 28.000.000,00 
áL KƵƚƌĂƐ��ĞƐƉĞƐĂƐ��ŽƌƌĞŶƚĞƐ�áL�KƵƚƌŽƐ�^ĞƌǀŝĕŽƐ�ĚĞ�dĞƌĐĞŝƌŽƐ�áL�WĞƐƐŽĂ�:ƵƌşĚŝĐĂàP�Zà?�à?à?100.000,00 
áL KƵƚƌĂƐ��ĞƐƉĞƐĂƐ��ŽƌƌĞŶƚĞƐ�áL�DĂƚĞƌŝĂů�ĚĞ��ŽŶƐƵŵŽàP�Zà?�à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à? 
áL /ŶǀĞƐƚŝŵĞŶƚŽƐ�áL��ƋƵŝƉĂŵĞŶƚŽƐ�Ğ�DĂƚĞƌŝĂů�WĞƌŵĂŶĞŶƚĞàP�Zà?�à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à? 
áL /ŶǀĞƐƚŝŵĞŶƚŽƐ�áL�KďƌĂƐ�Ğ�/ŶƐƚĂůĂĕƁĞƐàP�Zà?�à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à? 
áL Juros e Encargos da Dívida: R$ 1.300.000,00 
áL Pagamento de despesas com: 
áL Pessoal e Encargos Sociais: R$ 25.000.000,00 
áL KƵƚƌĂƐ��ĞƐƉĞƐĂƐ��ŽƌƌĞŶƚĞƐ�áL�KƵƚƌŽƐ�^ĞƌǀŝĕŽƐ�ĚĞ�dĞƌĐĞŝƌŽƐ�áL�WĞƐƐŽĂ�:ƵƌşĚŝĐĂàP�Zà?�à?à?à?à?à?à?à?à?à?à? 
áL KƵƚƌĂƐ��ĞƐƉĞƐĂƐ��ŽƌƌĞŶƚĞƐ�áL�DĂƚĞƌŝĂů�ĚĞ��ŽŶƐƵŵŽàP�Zà?�à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à? 
Gilmar Possati
Aula 11
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 47 
55 
áL /ŶǀĞƐƚŝŵĞŶƚŽƐ�áL��ƋƵŝƉamentos e Material Permanente: R$ 2.800.000,00 
áL /ŶǀĞƐƚŝŵĞŶƚŽƐ�áL�KďƌĂƐ�Ğ�/ŶƐƚĂůĂĕƁĞƐàP�Zà?�à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à?à? 
áL Juros e Encargos da Dívida: R$ 850.000,00 
áL Pagamento de Restos a Pagar Processados (referentes à despesa corrente) no valor de R$ 
2.400.000,00 
áL Depreciação do ativo imobilizado no valor de R$ 5.000.000,00 
áL Devolução de Depósitos Cauções no valor de R$ 550.000,00 
Informação Adicional: 
áL Os fatos geradores das receitas de multas e juros ocorreram em 2014. 
áL A despesa com Pessoal e Encargos é relativa à manutenção das atividades governamentais. 
áL Do material de consumo adquirido, foram consumidos R$ 3.900.000,00 em 2014 e não havia 
estoque inicial em 2014. 
áL Os serviços de terceiros (pessoa jurídica) referem-se à manutenção dos elevadores de um dos 
prédios da entidade pública e foram prestados em 2014. 
áL Os juros e encargos da dívida são referentes ao exercício de 2014. 
Considerando as demonstrações consolidadas do Município, na Demonstração dos Fluxos de Caixa 
referente ao exercício financeiro de 2014, o valor do caixa consumido pelas atividades de 
investimento foi, em reais, 
a) 10.000.000,00. 
b) 7.000.000,00. 
c) 2.000.000,00. 
d) 6.300.000,00. 
e) 5.300.000,00. 
6. (FCC/Auditor Conselheiro Substituto/TCM-GO/2015) O procedimento contábil para elaboração 
da Demonstração dos Fluxos de Caixa, que evidencia as principais classes de recebimentos e 
pagamentos a partir de ajustes ao resultado patrimonial é o método 
a) simplificado. 
b) direto. 
c) ajustado. 
d) indireto. 
e) isolado. 
7. (FGV/Contador/SEFIN-RO/2018) Uma entidade do setor público apresentou as seguintes 
informações, relativas ao período de 2017. 
à?�ZĞĐĞŝƚĂ�ƚƌŝďƵƚĄƌŝĂàP�Zà?�à?à?à?à?à?à?à? 
Gilmar Possati
Aula 11
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 48 
55 
à?��ŽŶĐĞƐƐĆŽ�ĚĞ��ŵƉƌĠƐƚŝŵŽƐ�Ğ�&ŝŶĂŶĐŝĂŵĞŶƚŽƐàP�Zà?�à?à?à?à?à?à? 
à?�:ƵƌŽƐ�Ğ�ĐŽƌƌĞĕĆŽ�ŵŽŶĞƚĄƌŝĂ�ĚĂ�ĚşǀŝĚĂ�ŝŶƚĞƌŶĂàP�Zà?�à?à?à?à?à?à? 
à?�KƉĞƌĂĕƁĞƐ�ĚĞ�ĐƌĠĚŝƚŽàP�Z$ 80.000 
à?�dƌĂŶƐĨĞƌġŶĐŝĂƐ�/ŶƚĞƌŐŽǀĞƌŶĂŵĞŶƚĂŝƐ�ƌĞĐĞďŝĚĂƐàP�Zà?�à?à?à?à?à?à?à? 
Em relação à Demonstração dos Fluxos de Caixa da entidade, assinale a afirmativa correta. 
a) A atividade operacional gerou R$ 80.000. 
b) A atividade operacional gerou R$ 100.000. 
c) A atividade de investimento gerou R$ 40.000. 
d) A atividade de financiamento gerou R$ 40.000. 
e) A atividade de financiamento gerou R$ 80.000. 
8. (FGV/Analista Censitário/Ciências Contábeis/IBGE/2017) A Demonstração dos Fluxos de Caixa 
(DFC) tem como objetivo proporcionar a análise da capacidade da entidade de gerar caixa e 
equivalentes de caixa e da utilização de recursos próprios e de terceiros em suas atividades. Na DFC, 
os fluxos de caixa são classificados em atividades, conforme a sua natureza. 
De acordo com o modelo de DFC do MCASP, trata-se de exemplo de fluxo de caixa das atividades de 
financiamento: 
a) alienação de bens; 
b) juros e encargos da dívida; 
c) transferências correntes recebidas; 
d) amortização de empréstimos e financiamentos concedidos; 
e) integralização do capital social de empresas dependentes. 
9. ?FGV ?�ƐƉĞĐŝĂůŝƐƚĂ� >ĞŐŝƐůĂƚŝǀŽ ?�ŝġŶĐŝĂƐ� �ŽŶƚĄďĞŝƐ ? ? ? ? ? ?� �ŽŶƐŝĚĞƌĂŶĚŽ� Ă� ĞƐƚƌƵƚƵƌĂ� ĚĞ�
ĚĞŵŽŶƐƚƌĂĕƁĞƐ� ĐŽŶƚĄďĞŝƐ� ƉƌŽƉŽƐƚĂ� ŶŽ� D��^Wà?� Ă� ĚĞŵŽŶƐƚƌĂĕĆŽ� ĐŽŶƚĄďŝů� ƋƵĞ� ĂƉƌĞƐĞŶƚĂ� Ž�
ĚĞƚĂůŚĂŵĞŶƚŽ�ĚĂƐ�ƌĞĐĞŝƚĂƐ�ŽƌŝŐŝŶĄƌŝĂƐ�Ğ�ĚĞƌŝǀĂĚĂƐ�Ġ�Ž�à?Ăà?àP� 
Ăà?��ĂůĂŶĕŽ�&ŝŶĂŶĐĞŝƌŽà?� 
ďà?��ĂůĂŶĕŽ�KƌĕĂŵĞŶƚĄƌŝŽà?� 
Đà?��ĞŵŽŶƐƚƌĂĕĆŽ�ĚŽƐ�&ůƵdžŽƐ�ĚĞ��ĂŝdžĂà?� 
Ěà?��ĞŵŽŶƐƚƌĂĕĆŽ�ĚĂƐ�sĂƌŝĂĕƁĞƐ�WĂƚƌŝŵŽŶŝĂŝƐà?� 
Ğà?��ĞŵŽŶƐƚƌĂƚŝǀŽ�ĚĂ�ZĞĐĞŝƚĂ��ŽƌƌĞŶƚĞ�>şƋƵŝĚĂà? 
10. (FGV/Analista/Ciências Contábeis/IBGE/2016) Na elaboração da Demonstração dos Fluxos de 
Caixa, o MCASP/STN recomenda a apresentação dos desembolsos operacionais de acordo com a 
classificação da despesa por: 
a) categorias econômicas; 
b) função; 
Gilmar Possati
Aula 11
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 49 
55 
c) impacto patrimonial; 
d) origem de recursos (vinculada e ordinária); 
e) programas. 
11. (FGV/Agente de Fiscalização/Ciências Contábeis/TCM-SP/2015) De acordo com o MCASP, a 
Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC) permite a análise da capacidade de a entidade gerar caixa 
e equivalentes de caixa e da utilização de recursos próprios e de terceiros em suas atividades. Em 
geral espera-se que, nas entidades do setor público, os fluxos de caixa mais representativos sejam 
gerados pelas atividades operacionais. 
A opção a seguir que contém apenas itens relacionados às atividades operacionais é: 
a) juros e encargos da dívida e concessão de empréstimos; 
b) receitas derivadas e transferências correntes concedidas; 
c) receitas originárias e amortização de empréstimos concedidos; 
d) receita patrimonial e receita de alienação de bens; 
e) transferências correntes recebidas e amortização de empréstimos recebidos. 
12. (FGV/Técnico da Defensoria Pública/DPE-RO/Contabilidade/2015) Na Demonstração dos 
Fluxos de Caixa (DFC) os restos a pagar são sempre: 
a) evidenciados no momento da sua inscrição; 
b) classificados na atividade de investimento; 
c) classificados na atividade operacional; 
d) evidenciados no momento do seu pagamento; 
e) classificados na atividade de financiamento. 
13. (FGV/Analista da Defensoria Pública/Analista Contábil/DPE-RO/2015) A Demonstração dos 
Fluxos de Caixa (DFC) tem o objetivo de contribuir para a transparência da gestão pública, pois 
permite um melhor gerenciamento e controle financeiro dos órgãos e entidades do setor público 
(MCASP/STN). De acordo com as orientações do MCASP, na elaboração da DFC, um item que compõe 
os fluxos de caixa das atividades de financiamento é: 
a) amortização de empréstimos concedidos; 
b) concessão de empréstimos; 
c) juros e correção monetária da dívida interna; 
d) operações de crédito; 
e) transferências intergovernamentais. 
14. (FUNDEP/Analista/Contabilista/Uberaba/2016) De acordo com a Norma Brasileira de 
Contabilidade Aplicada ao Setor Público NBC T 16.6 à? Demonstrações Contábeis, a Demonstração 
dos Fluxos de Caixa: 
a) deve ser elaborada tanto pelo método direto como pelo método indireto. 
Gilmar Possati
Aula 11
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 50 
55 
b) deve evidenciar as movimentações das operações, dos investimentos e dos financiamentos. 
c) deve evidenciar apenas as transações que afetam o patrimônio líquido 
d) não se aplica ao setor público.