Do curso 62243 aula 14 v1
42 pág.

Do curso 62243 aula 14 v1


DisciplinaContabilidade Pública6.196 materiais47.738 seguidores
Pré-visualização13 páginas
Livro Eletrônico
Aula 14
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
Gilmar Possati
 
 
 
 1 
41 
 
 
 
NBC T 16.6(R1) a NBC T 16.11 
 
1 \u374 NBC T 16.6 (Demonstrações Contábeis) ........................................................................ 2 
2. NBC T 16.7 (Consolidação das Demonstrações Contábeis) ............................................. 6 
3. NBC T 16.8 (Controle Interno) ........................................................................................ 9 
4. NBC T 16.9 (Depreciação, Amortização e Exaustão) ..................................................... 12 
5. NBC T 16.10 (Avaliação e Mensuração de Ativos e Passivos em Entidades do Setor 
Público) ........................................................................................................................... 18 
6. NBC T 16.11 (Subsistema de Informação de Custos do Setor Público............................ 25 
7. Lista das Questões ....................................................................................................... 36 
8. Gabarito ...................................................................................................................... 41 
 
Gilmar Possati
Aula 14
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 2 
41 
 
 
Durante todo o nosso curso estudamos dispositivos das NBCASP. Porém, pontos importantes das 
Normas ainda não foram tratados. Sendo assim, o objetivo desta aula é justamente suprir essa 
lacuna do estudo das NBCASP fechando com chave de ouro o estudo destas importantes Normas. 
Cabe destacar que as NBC T 16.1, 16.2, 16.3, 16.4 e 16.5 foram revogadas pela Estrutura Conceitual 
do Setor Público e, portanto, não vamos abordar nesta aula. 
 
1 \u374 NBC T 16.6 (DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS) 
Pessoal, essa Norma foi bem explorada nas diversas aulas sobre as demonstrações contábeis que 
estudamos. Vamos nesse momento estudar os pontos gerais da Norma ainda não abordados no 
decorrer das aulas. A metodologia desta aula será a seguinte: vamos transcrever a Norma e efetuar 
alguns destaques e comentários, além de estudar algumas questões especialmente selecionadas 
para fixar esses pontos mais importantes. 
 
Demonstrações Contábeis 
3. As demonstrações contábeis das entidades definidas no campo da Contabilidade Aplicada ao 
Setor Público são: 
(a) Balanço Patrimonial; 
(b) Balanço Orçamentário; 
(c) Balanço Financeiro; 
(d) Demonstração das Variações Patrimoniais; 
(e) Demonstração dos Fluxos de Caixa; 
(f) Demonstração do Resultado Econômico. (Excluída pela Resolução CFC n.º 1.437/13) 
(g) Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido; e (Incluída pela Resolução CFC n.º 
1.437/13) 
(h) Notas Explicativas. (Incluída pela Resolução CFC n.º 1.437/13) 
 
Esse item é importante, pois descreve as demonstrações aplicadas ao setor público. 
Esse item sofreu algumas alterações no decorrer do tempo. A seguir temos um histórico resumido 
dessas mudanças. 
Tradicionalmente (Lei n. 4.320/64) tínhamos 4 demonstrações contábeis: 
ƒ Balanço Orçamentário; 
ƒ Balanço Financeiro; 
ƒ Balanço Patrimonial; e 
ƒ Demonstração das Variações Patrimoniais. 
Em 2008 o CFC edita as NBC T 16 inserindo mais duas demonstrações: 
 
Gilmar Possati
Aula 14
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 3 
41 
 
 
Demonstração dos Fluxos de Caixa; e 
Demonstração do Resultado do Econômico. 
Em 2009 a STN altera (Portaria STN n. 749) os anexos da Lei n. 4.320/64 e inclui a Demonstração 
das Mutações do Patrimônio Líquido (para as Empresas Estatais Dependentes e para os entes que 
as incorporarem no processo de consolidação das contas). 
Em 2010 a STN altera novamente (Portaria STN n. 665) a Lei n. 4.320/64, atualizando os anexos 
dessa Lei, alterando alguns componentes da estrutura. 
 Em 2012 a STN realiza uma nova alteração nas demonstrações (Portaria STN n. 438) na qual exclui 
a Demonstração do Resultado Econômico. 
Em 2013 o CFC faz alterações nas NBC T 16, incluindo as notas explicativas como demonstrações e 
excluindo a Demonstração do Resultado Econômico como demonstração e deixando apenas como 
informação gerencial. 
Assim, hoje temos a seguinte situação: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Gilmar Possati
Aula 14
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 4 
41 
 
 
5. As demonstrações contábeis apresentam informações extraídas dos registros e dos 
documentos que integram o sistema contábil da entidade. 
6. As demonstrações contábeis devem conter a identificação da entidade do setor público, da 
autoridade responsável e do contabilista. 
7. As demonstrações contábeis devem ser divulgadas com a apresentação dos valores 
correspondentes ao período anterior. 
A ideia aqui é a comparabilidade das informações (demonstrações comparativas). Assim, ao 
publicar o balanço do ano X2 a companhia deve apresentar os valores do balanço do ano X1. 
8. Nas demonstrações contábeis, as contas semelhantes podem ser agrupadas; os pequenos 
saldos podem ser agregados, desde que indicada a sua natureza e não ultrapassem 10% (dez 
por cento) do valor do respectivo grupo de contas, sendo vedadas a compensação de saldos e a 
utilização de designações genéricas. 
Atenção para o limite = 10%. 
Exemplo de contas semelhantes: Financiamentos e Empréstimos 
Exemplo de pequenos saldos agregados: Disponibilidades (agregando-se as contas Caixa e Bancos, 
observando-se o limite de 10% do ativo circulante). 
Designações genéricas: são a expressões que não possibilitam a clara identificação dos 
\u110\u17d\u175\u189\u17d\u176\u11e\u176\u19a\u11e\u190\ufffd\u189\u102\u19a\u18c\u15d\u175\u17d\u176\u15d\u102\u15d\u190 ?\ufffd\u19a\u102\u15d\u190\ufffd\u110\u17d\u175\u17d\ufffd ?\u11a\u15d\u1c0\u11e\u18c\u190\u102\u190\ufffd\u110\u17d\u176\u19a\u102\u190 ?\ufffd\u17d\u1b5\ufffd ?\u110\u17d\u176\u19a\u102\u190\ufffd\u110\u17d\u18c\u18c\u11e\u176\u19a\u11e\u190 ? ? 
9. Para fins de publicação, as demonstrações contábeis podem apresentar os valores monetários 
em unidades de milhar ou em unidades de milhão, devendo indicar a unidade utilizada. 
10. Os saldos devedores ou credores das contas retificadoras devem ser apresentados como 
valores redutores das contas ou do grupo de contas que lhes deram origem. 
 
Divulgação das Demonstrações Contábeis 
11. A divulgação das demonstrações contábeis e de suas versões simplificadas é o ato de 
disponibilizá-las para a sociedade e compreende, entre outras, as seguintes formas: 
(a) publicação na imprensa oficial em qualquer das suas modalidades; 
(b) remessa aos órgãos de controle interno e externo, a associações e a conselhos 
representativos; 
(c) a disponibilização das Demonstrações Contábeis para acesso da sociedade em local e prazos 
indicados; 
(d) disponibilização em meios de comunicação eletrônicos de acesso público. 
 
Veja como esses pontos da Norma costumam ser exigidos! 
 
1. (FGV/Analista/Ciências Contábeis/IBGE/2016) As demonstrações contábeis apresentam 
informações extraídas dos registros e dos documentos que integram o sistema contábil da 
entidade. 
 
Gilmar Possati
Aula 14
Contabilidade Pública p/ Concursos Contábeis - Curso Regular
www.estrategiaconcursos.com.br
341933
 
 
 
 
 
 
 
 5 
41 
 
 
Para elaboração das demonstrações contábeis aplicadas ao setor público, de acordo com a NBC T 
16.6, analise as afirmativas a seguir: 
I. Em alguns casos, versões simplificadas das demonstrações contábeis podem substituir os 
modelos completos. 
II. Contas devedoras e credoras de natureza complementar não podem ter saldos compensados. 
III. Os pequenos saldos de contas semelhantes podem ser agrupados. 
IV. O Balanço Financeiro e a Demonstração do Resultado Econômico são facultativos. 
Está correto somente