A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
55 pág.
FUND. TRIBUTOS(COMPLETOS)

Pré-visualização | Página 10 de 16

da competência para exigir o seu cumprimento¿.
	 
	Sujeito ativo da obrigação é o devedor, ou seja, o que integra o polo ativo da relação jurídica tributária.
	
	No lançamento por declaração e homologação, o sujeito passivo declara/ homologa e extingue os tributos sem a necessidade da participação do Estado.
	
	O sujeito ativo será sempre quem tiver a competência para cobrar o tributo ou exigir o cumprimento de uma obrigação tributária acessória.
	
	
	 
	
	 8a Questão
	
	
	
	
	Segundo a legislação tributária as situações do fato gerador podem ser, EXCETO:
		
	
	Situação de Fato é aquela em que o fato se concretizará independentemente da condição futura. A realização do fato gerador é automática, por exemplo a exportação de uma mercadoria, o ato de exportar, já realiza o fato gerador do Imposto de Exportação);
	 
	Da Lei.
	
	De direito.
	
	Aspecto imaterial.
	
	De fato
	
	
	
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	Analise, acerca do lançamento tributário, e analise as assertivas abaixo e marque a alternativa INCORRETA:
		
	
	Depois que o contribuinte é notificado do lançamento, o tributo está em condições de ser recolhido pelo mesmo e recebido pela Fazenda Pública, mas nada impede que ocorra um evento novo, previsto em lei, que adie a exigibilidade do tributo.
	
	Os eventos que adiam a exigibilidade do crédito tributário, são suas causas suspensivas.
	
	O lançamento é um mecanismo jurídico que dá liquidez, certeza e exigibilidade ao tributo que lhe é lógica e cronologicamente anterior, assim não é o lançamento que dá nascimento ao tributo, mas sim a ocorrência do fato imponível.
	 
	Lançamento é o ato Judicial que torna líquido o crédito tributário, ou seja, o ato que consubstancia o mesmo, declarando formal e solenemente quem é o contribuinte e quanto ele deve à Fazenda Pública.
	
	I e III.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Sobre competência tributária e capacidade tributária ativa, é correto afirmar:
		
	
	A capacidade tributária ativa é exclusiva do ente político definido na Constituição Federal, não podendo ser delegada.
	 
	A capacidade tributária ativa indica o sujeito ativo da obrigação tributária principal.
	
	Somente o ente político competente para instituir o tributo pode ser titular da capacidade tributária ativa.
	
	A competência tributária é delegável por lei, ou seja, pode ser transferida para outro ente federativo.
	
	O Código Tributário Nacional fixa as competências tributárias.
	
Explicação:
A Capacidade Tributária Ativa é atribuída ao sujeito ativo do tributo, ou seja, para aquele que possui o direito subjetivo de cobrar o tributo. Logo, é o titular do crédito tributário (credor do tributo).
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	1. De acordo com o que estabelece o Código Tributário Nacional, a contribuição de melhoria é um tributo que pode ser cobrado
		
	 
	E) de sujeito passivo que teve seu imóvel valorizado em decorrência da realização de obra pública.
	
	C) como resultado da melhoria do fluxo viário de determinada região, em razão de obra pública realizada em suas cercanias.
	
	A) em decorrência da valorização de imóvel de propriedade da pessoa jurídica de direito público que nele realizou benfeitorias.
	
	D) em decorrência da melhoria da qualidade de vida de uma região, com o consequente aumento do valor dos imóveis ali localizados, ocasionada pela remoção das indústrias poluentes daquela área.
	
	B) como consequência do aumento do faturamento dos estabelecimentos comerciais próximos ao local em que foi realizada a obra pública que atraiu a freguesia.
	
Explicação:
O Código Tributário Nacional cuida da Contribuição de Melhoria no seu artigo 81, conforme segue:
Art. 81. A contribuição de melhoria cobrada pela União, pelos Estados, pelo Distrito Federal ou pelos Municípios, no âmbito de suas respectivas atribuições, é instituída para fazer face ao custo de obras públicas de que decorra valorização imobiliária, tendo como limite total a despesa realizada e como limite individual o acréscimo de valor que da obra resultar para cada imóvel beneficiado.
 
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	Sobre a Sobre a suspensão do crédito tributário (Artigo 151 do CTN) é correto afirmar, EXCETO:
		
	
	A suspensão do crédito tributário pode ocorrer antes ou depois de constituído o Crédito Tributário.
	 
	Com a suspensão do crédito tributário, suspende-se a exigibilidade e não o Crédito Tributário;
	 
	A suspensão do crédito tributário tem natureza atemporária (sem determinação do tempo);
	
	A suspensão do crédito tributário diz respeito à obrigação principal ¿ pagar tributo ou penalidade pecuniária;
	
	Utilização,efetiva e potencial de serviço público prestado anualmente ao contribuinte.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Os seguintes tributos são de competência privativa da União Federal:
		
	
	Taxas e empréstimos compulsórios
	 
	Empréstimos compulsórios e contribuições de intervenção no domínio econômico
	
	Impostos e taxas
	
	Contribuições especiais e contribuições de melhoria
	
	Impostos e contribuição de melhoria
	
Explicação:
CONTRIUIÇÃO FEDERAL:
 
Art. 148. A União, mediante lei complementar, poderá instituir empréstimos compulsórios:
I - para atender a despesas extraordinárias, decorrentes de calamidade pública, de guerra externa ou sua iminência;
II - no caso de investimento público de caráter urgente e de relevante interesse nacional, observado o disposto no art. 150, III, "b".
Parágrafo único. A aplicação dos recursos provenientes de empréstimo compulsório será vinculada à despesa que fundamentou sua instituição.
Art. 149. Compete exclusivamente à União instituir contribuições sociais, de intervenção no domínio econômico e de interesse das categorias profissionais ou econômicas, como instrumento de sua atuação nas respectivas áreas, observado o disposto nos arts. 146, III, e 150, I e III, e sem prejuízo do previsto no art. 195, § 6º, relativamente às contribuições a que alude o dispositivo.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	Não é hipótese de suspensão do crédito tributário:
		
	 
	A compensação.
	
	O depósito de seu montante integral;
	
	A moratória;
	
	E)- Tal obrigação deve ser feita em dinheiro.
	
	O parcelamento;
	
	
	 
	
	 7a Questão
	
	
	
	
	No que se refere as vedações impostas à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios, aponte a alternativa incorreta:
		
	
	cobrar imposto sobre o patrimônio e a renda com base em lei posterior à data inicial do exercício financeiro a que corresponda;
	 
	pode cobrar imposto sobre o patrimônio, a renda ou os serviços uns dos outros entes federativos;
	
	estabelecer limitações ao tráfego, no território nacional, de pessoas ou mercadorias, por meio de tributos interestaduais ou intermunicipais;
	
	cobrar imposto sobre templos de qualquer culto;
	 
	cobrar imposto sobre papel destinado exclusivamente à impressão de jornais, periódicos e livros;
	
Explicação:
Segundo o CTN no Art. 9º É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:
I - instituir ou majorar tributos sem que a lei o estabeleça, ressalvado, quanto à majoração, o disposto nos artigos 21, 26 e 65;
II - cobrar imposto sobre o patrimônio e a renda com base em lei posterior à data inicial do exercício financeiro a que corresponda;
III - estabelecer limitações ao tráfego, no território nacional, de pessoas ou mercadorias, por meio de tributos interestaduais ou intermunicipais;
IV - cobrar imposto sobre:
a) o patrimônio, a renda ou os serviços uns dos outros;
b) templos