A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
55 pág.
FUND. TRIBUTOS(COMPLETOS)

Pré-visualização | Página 8 de 16

responde nos casos de impossibilidade do cumprimento da obrigação pelo contribuinte.
	
Explicação:
Item E.enquanto o contribuinte realiza o fato gerador, a responsabilidade deste último deriva exclusivamente da lei.
Explicação: 
sistema tributário, a diferença entre o contribuinte e o responsável tributário
Em direito tributário, a responsabilidade tributária define quem é responsável pelo pagamento do tributo. Essa responsabilidade pode ter dois sentidos, um amplo e um restrito.
 O contribuinte é a pessoa física ou jurídica que tem relação direta com o fato gerador. ... No sentido estrito, o responsável é o sujeito passivo indireto da obrigação tributária.
A responsabilidade tributária é o fenômeno segundo o qual um terceiro que não seja contribuinte, ou seja, não tenha relação direta e pessoal com o fato imponível gerador da obrigação principal, está obrigado, em caráter supletivo ou não, em sua totalidade ou parcialmente, ao pagamento ou cumprimento da obrigação.
 
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Considerando as definições correspondentes à obrigação tributária: I. A obrigação de pagar ISS (imposto sobre serviço) é tipo de obrigação principal. II. A obrigação de emitir nota fiscal de serviço em operações tributáveis é tipo de obrigação principal. III. Tanto o ISS (imposto sobre serviço) quanto a emissão de nota fiscal de serviço em operações tributáveis são exemplos de obrigação acessória. Assinale a alternativa que indique todas as afirmativas corretas.
		
	
	Somente a afirmativa III é a correta.
	
	Somente as afirmativas II e III estão corretas.
	 
	Somente a afirmativa I está correta.
	
	As afirmativas I, II e III estão corretas.
	
	Somente a afirmativa II está correta.
	
Explicação:
A obrigação é principal quando o contribuinte tem por prestação (por dever) o pagamento de tributo ou penalidade pecuniária (multa em dinheiro). A obrigação tributária principal surge com a ocorrência do fato gerador e extingue-se juntamente com o crédito tributário dela decorrente (artigo 113, § 1, do CTN).
A obrigação é acessória quando, por força de lei, a prestação a ser cumprida é a de fazer ou não fazer alguma coisa, ou permitir que ela seja feita pelo Fisco, tudo no interesse da arrecadação ou da fiscalização dos tributos (artigo 113, § 2, do CTN).
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	O fato gerador dá início à relação tributária. Ele é necessário porque quando não há fato gerador não há obrigação tributária. E sempre está determinado em ______________ para que possa caracterizar a obrigação tributária.
		
	 
	direito comparado
	
	direito
	 
	lei
	
	jurisprudência
	
	doutrina
	
Explicação:
O fato gerador encontra-se previsto em lei.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Assinale a alternativa correta. segundo a legislação tributária quando a obrigação tributária nasce:
		
	 
	em função da prática do fato gerador.
	
	em função da lei instituidora.
	
	em função do crédito tributário.
	
	em função do lançamento.
	
	em função do auto de infração.
	
Explicação:
Assim que verificada no mundo dos fatos a situação definida em lei como hipótese de incidência tributária, nasce a obrigação tributária, que é um vínculo jurídico entre credor e devedor tendo por objeto uma prestação em dinheiro nos moldes do art. 3º do CTN.
	
	
	Gabarito Coment.
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	A natureza jurídica do tributo segundo a legislação tributária é determinada:
		
	 
	Pela lei ordinária que instituir o tributo.
	
	Em razão da destinação legal do produto da arrecadação.
	 
	Pelo fato gerador da respectiva obrigação.
	
	Pela medida provisória que instituiu o tributo.
	
	Pela sua denominação.
	
Explicação:
Assim que verificada no mundo dos fatos a situação definida em lei como hipótese de incidência tributária, nasce a obrigação tributária, que é um vínculo jurídico entre credor e devedor tendo por objeto uma prestação em dinheiro nos moldes do art. 3º do CTN.
	
	
	Gabarito Coment.
	
	 
	
	 7a Questão
	
	
	
	
	Através do fato gerador, pode-se entender o início da relação tributária, segundo o CTN (Código Tributário Nacional). Ele é necessário porque sem ele não há:
		
	
	crédito tributário.
	 
	obrigação tributária
	
	lançamento.
	
	processo tributário
	
	limitação triobutária
	
Explicação:
Para a configuração da obrigação tributária, torna-se necessária a prática do fato gerador, que é a situação concreta, da hipótese de incidência, que é a situação hipoteticamente descrita em lei.
	
	
	Gabarito Coment.
	
	 
	
	 8a Questão
	
	
	
	
	O conceito de tributo guarda correspondência com a noção de:
		
	 
	cobrança mediante atividade administrativa plenamente vinculada.
	
	instituição por decreto autônomo.
	
	penalidade.
	
	atividade pública discricionária.
	
	prestação facultativa.
	
Explicação:
Item C.
Explicação: Cobrança Vinculada. Prestação cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada. A cobrança de tributos tem seu início com o lançamento, atividade pela qual se verifica a ocorrência do fato gerador da obrigação tributária, o devedor, assim como o valor devido.
	
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	Suspende a exigibilidade do crédito tributário:
		
	
	Anistia;
	
	Decadência.
	 
	Isenção;
	
	Remissão;
	 
	Moratória;
	
Explicação:
Artigo 151 do CTN.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Considere as afirmações: I ¿ Com a prática do fato gerador nasce o crédito tributário que já pode imediatamente ser cobrado; II ¿ O lançamento é o ato administrativo que constitui o crédito tributário; III ¿ Obrigação Tributária, Crédito tributário e Lançamento são sinônimos; IV ¿ Pode existir obrigação sem crédito tributário, mas o crédito sem a obrigação será nulo; V ¿ O lançamento é ato puramente administrativo, não tendo que ser informado ao sujeito passivo.
		
	 
	estão corretas as afirmações II, III e IV
	
	estão corretas as afirmações III e IV;
	 
	estão corretas as afirmações II e IV
	
	estão corretas as afirmações I, II e III.
	
	estão corretas as afirmações IV e V
	
Explicação:
O lançamento é um ato administrativo, tendo em vista que é realizado pela Fazenda Pública. Ademais, existe obrigação sem crédito tributário, tendo em vista que pode não ter ocorrido a constituição do crédito tributário. 
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	A ação para cobrança do crédito tributário está sujeita a prazo:
		
	
	decadencial de 5 (cinco anos), contados do primeiro dia do exercício civil seguinte àquele em que o lançamento poderia ser efetuado.
	 
	prescricional de 5 (cinco) anos, contados da data da sua constituição definitiva.
	
	prescricional de 20 (vinte) anos, contados do vencimento do prazo para pagamento.
	
	prescricional de 180 (cento e oitenta) dias, contados da inscrição do crédito tributário na divida ativa.
	
	decadencial de 180 (cento e oitenta) dias, contados da inscrição do crédito tributário na dívida ativa.
	
Explicação:
A prescrição extingue o direito, pertencente ao credor, da ação de cobrança do crédito tributário, também pelo decurso do prazo de 5 anos, contado da data da sua constituição definitiva (artigo 174 do CTN). ... A decadência extingue o direito; a prescrição tem por objeto a ação
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	Assinale a alternativa correta. Consideram-se causas de suspensão do crédito tributário, exceto:
		
	
	Depósito do montante integral.
	
	Concessão