A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
16 pág.
cruzadas

Pré-visualização | Página 1 de 2

As CruzadasAs Cruzadas
(1096 – 1270)(1096 – 1270)
Entender o que foram as Entender o que foram as CruzadasCruzadas não é difícil não é difícil 
se partirmos inicialmente do entendimento de se partirmos inicialmente do entendimento de 
seu próprio nome. Seu nome deriva da palavra seu próprio nome. Seu nome deriva da palavra 
"cruz", que indica o martírio de "cruz", que indica o martírio de Jesus CristoJesus Cristo, , 
carregando-a e sendo nela pregado, até morrer carregando-a e sendo nela pregado, até morrer 
de maneira lenta e dolorosa. Durante a de maneira lenta e dolorosa. Durante a 
Idade MédiaIdade Média, a Igreja transformou a cruz no , a Igreja transformou a cruz no 
símbolo do cristianismo. Assim, as Cruzadas símbolo do cristianismo. Assim, as Cruzadas 
foram expedições organizadas pela Igreja para foram expedições organizadas pela Igreja para 
levar o cristianismo para outros povos, que não levar o cristianismo para outros povos, que não 
seguiam essa religião.seguiam essa religião.
No entanto, para impor essa cruz, ou a fé em No entanto, para impor essa cruz, ou a fé em 
Cristo, para ou praticantes de outras religiões.Cristo, para ou praticantes de outras religiões.
No entanto, para impor essa cruz, ou a fé em No entanto, para impor essa cruz, ou a fé em 
Cristo, para os praticantes de outras religiões, Cristo, para os praticantes de outras religiões, 
não adiantava usar somente a palavra. Para não adiantava usar somente a palavra. Para 
povos que oferecessem resistência, a palavra seria povos que oferecessem resistência, a palavra seria 
de pouca serventia. Assim, a força armada era o de pouca serventia. Assim, a força armada era o 
principal elemento dessas expedições, que se principal elemento dessas expedições, que se 
denominavam também de "Guerra Santa".denominavam também de "Guerra Santa".
A guerra SantaA guerra Santa
A principal justificativa das Cruzadas foi reconquistar A principal justificativa das Cruzadas foi reconquistar 
territórios perdidos para os inimigos da fé católica, ao territórios perdidos para os inimigos da fé católica, ao 
mesmo tempo trazendo novos povos e regiões ao mesmo tempo trazendo novos povos e regiões ao 
domínio da Igreja. Assim, a primeira Cruzada partiu em domínio da Igreja. Assim, a primeira Cruzada partiu em 
1096 para Jerusalém, no Oriente Médio, região do 1096 para Jerusalém, no Oriente Médio, região do 
nascimento de Jesus, considerado lugar sagrado pelos nascimento de Jesus, considerado lugar sagrado pelos 
cristãos.cristãos.
Jerusalém havia sido dominada pelos turcos, Jerusalém havia sido dominada pelos turcos, 
que eram praticantes do Islamismo e proibiram que eram praticantes do Islamismo e proibiram 
a presença cristã na chamada "Terra Santa". a presença cristã na chamada "Terra Santa". 
Essa primeira Cruzada durou três anos: Essa primeira Cruzada durou três anos: 
percorreu grande parte do continente europeu percorreu grande parte do continente europeu 
e, atravessando parte do mar Mediterrâneo, e, atravessando parte do mar Mediterrâneo, 
chegou a Jerusalém por terra.chegou a Jerusalém por terra.
Ao longo de mais de 200 anos, entre os séculos Ao longo de mais de 200 anos, entre os séculos 
11 e 13, foram realizadas nove Cruzadas. A 11 e 13, foram realizadas nove Cruzadas. A 
mais longa durou seis anos e a mais curta, mais longa durou seis anos e a mais curta, 
apenas um. No decorrer desse período, as apenas um. No decorrer desse período, as 
Cruzadas foram desfazendo o isolamento em Cruzadas foram desfazendo o isolamento em 
que a Europa se metera na Alta Idade Média, e que a Europa se metera na Alta Idade Média, e 
reativando cada vez mais o trânsito por mar, reativando cada vez mais o trânsito por mar, 
chegando, inclusive, a retomar o contato com o chegando, inclusive, a retomar o contato com o 
continente africano.continente africano.
Essas expedições em busca de novas terras Essas expedições em busca de novas terras 
atraíam milhares de pessoas. Havia um forte atraíam milhares de pessoas. Havia um forte 
elemento religioso que motivava essas pessoas a elemento religioso que motivava essas pessoas a 
virarem os "soldados de Deus". Ao atribuir às virarem os "soldados de Deus". Ao atribuir às 
Cruzadas o caráter de "Guerra Santa" e considerá-Cruzadas o caráter de "Guerra Santa" e considerá-
las sagradas, a Igreja católica prometia aos seus las sagradas, a Igreja católica prometia aos seus 
soldados um lugar no Paraíso, depois de sua morte. soldados um lugar no Paraíso, depois de sua morte. 
Mas, além da justificativa religiosa, o interesse Mas, além da justificativa religiosa, o interesse 
econômico de atacar outros povos, invadir suas econômico de atacar outros povos, invadir suas 
cidades e saquear suas riquezas, era certamente cidades e saquear suas riquezas, era certamente 
algo interessante para os cavaleiros que algo interessante para os cavaleiros que 
marchavam nas Cruzadas.marchavam nas Cruzadas.
Crise do Sistema FeudalCrise do Sistema Feudal
 Fim da Invasões BárbarasFim da Invasões Bárbaras
 Colheitas NormaisColheitas Normais
 Baixa MortalidadeBaixa Mortalidade
 Aumento da PopulaçãoAumento da População
 Falta de TerrasFalta de Terras
 Aumento da Produção:Aumento da Produção:
# Rotação Trienal# Rotação Trienal
# Arado de ferro com rodas# Arado de ferro com rodas
# Cavalo substitui o boi# Cavalo substitui o boi
# Servos# Servos
# Energia eólica e hidráulica# Energia eólica e hidráulica
# Derrubada das matas# Derrubada das matas
# Drenagem dos pântanos# Drenagem dos pântanos
 Aumento da população gera Aumento da população gera 
marginalizaçãomarginalização
 Nobres (Cavaleiros) X Pobres Nobres (Cavaleiros) X Pobres 
(Ladrões)(Ladrões)
CruzadasCruzadas
Iluminura do Wappenbuch de Conrad Grünenberg. 
Fatores das CruzadasFatores das Cruzadas
 Novas rotas de Comércio Novas rotas de Comércio 
(reabrir o Mediterrâneo)(reabrir o Mediterrâneo)
 Conquista de novas terrasConquista de novas terras
 Diminuir população Diminuir população 
européia (marginalizados)européia (marginalizados)
 Reunificação da Igreja Reunificação da Igreja 
(Cisma 1054)(Cisma 1054)
 Peregrinação ReligiosaPeregrinação Religiosa
 Salvar o Santo Sepulcro de Salvar o Santo Sepulcro de 
Cristo (“Guerra Santa”)Cristo (“Guerra Santa”)
Iluminura Séc. XIIIluminura Séc. XII
Mapa de Jerusalém, século 12
As CruzadasAs Cruzadas
 1095: 1095: Urbano IIUrbano II convoca os cristãos convoca os cristãos 
para combaterem os Infiéis Muçulmanos para combaterem os Infiéis Muçulmanos 
do Orientedo Oriente
 (Concílio de Clermont)(Concílio de Clermont)
# Peregrinação Armada# Peregrinação Armada
# Penitência# Penitência
# Cruz vermelha sobre a roupa# Cruz vermelha sobre a roupa
 Igreja + Estado Igreja + Estado 
 (Reis e Srs. Feudais)(Reis e Srs. Feudais)
 Gênova e Veneza:Gênova e Veneza:
# financiam as Cruzadas# financiam as Cruzadas
# reabertura do comércio# reabertura do comércio
 Ordens Militares:Ordens Militares: 
# Templários# Templários
# Hospitalários# Hospitalários
# Teutônicos# Teutônicos
Papa Urbano II 
CruzadasCruzadas
 Pré-Cruzada: (1096)Pré-Cruzada: (1096)
# Pedro, o Eremita# Pedro, o Eremita
## Guautério Sam-HaveresGuautério Sam-Haveres 
# Cruzada dos Pobres (40.000)# Cruzada dos Pobres (40.000)
 1ª Cruzada: (1096-1099)1ª Cruzada: (1096-1099)
# Conquista de Jerusalém # Conquista de Jerusalém 
# Godofredo de Boullion# Godofredo de Boullion
# Balduíno I (Rei de Jerusalém)# Balduíno I (Rei de Jerusalém)
# Boemundo (Antioquia)# Boemundo (Antioquia)
# Ordens Religiosas # Ordens Religiosas 
 (Hospitalários, Templários, Teotônicos)(Hospitalários, Templários, Teotônicos)
# São João d’Acre# São João d’Acre
 Godofredo Godofredo 
 de Boullionde Boullion
 Pedro, o eremita a
caminho