trabalho 2 parte
15 pág.

trabalho 2 parte


DisciplinaProjetos: Teoria e Prática6 materiais16 seguidores
Pré-visualização2 páginas
POJETO DE INTERVENÇÃO: TRABALHANDO COM ARTES NA EDUCAÇÃO INFANTIL
Publicado em 10 de July de 2012 por CRISTIANE SALVADOR BATISTA
Projeto de intervenção
 
 Tema: trabalhando com artes na educação infantil.
 
Por: Cristiane Salvador Batista
  Vivalda de Jesus Souza²
 
 
INTRODUÇÃO
 
Pretende-se por meio deste projeto \u201cTrabalhando Com Artes Na Educação Infantil\u201d, trabalhar com alunos da pré-escola, conhecimentos sobre alimentação saudável, criando condições para que o aluno trabalhe a coordenação motora de forma contínua e progressiva através de atividades artísticas.
Portanto o trabalho com arte desperta na criança a criatividade, o gosto artístico, a sensibilidade e a autoconfiança etc.
 
 
 
 
¹Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Ciência e Tecnologia Albert Einstein \u2013 FACTAE \u2013Cruz das Almas/BA
 
²Graduada em Pedagogia pela FACTAE.
 
PÚBLICO ALVO
Alunos da pré-escola.
 
JUSTIFICATIVA
 
Acredita-se na ideia de que produzindo arte também se aprende, pois as artes visuais são linguagens e, portanto, uma das formas importantes de expressão e comunicação humanas, o que, por si só, justifica sua presença no contexto da educação infantil.
Partindo deste principio pretende-se por meio deste projeto, criar ambiente artístico que permitem aos alunos a viajar através da imaginação, proporcionando aprendizagem com prazer e animação.
Segundo o pensamento das autoras Ferreira e Caldas (2002), \u201cNa pré-escola é importante não perder de vista a potencialidade criadora dos alunos, despertar a criatividade deve ser a preocupação fundamental\u201d.
A estimulação das crianças nesse aspecto merece ser trabalhada em todas as atividades, embora algumas delas ofereçam oportunidades mais ricas para isso acontecer.
Portanto este projeto de intervenção \u201cTrabalhando Com Artes Na Educação Infantil\u201d foi elaborado com intuito de favorecer a aprendizagem de uma alimentação saudável através das artes.
 
OBJETIVO GERAL
 
Desenvolver um trabalho com a linguagem artística, que leve a criança a compreender a importância de uma alimentação saudável, favorecendo a interação com o mundo e a criatividade através de atividades artísticas.
 
 OBJETIVOS ESPECÍFICOS
 
Trabalhar a leitura de imagens;
Ampliar o conhecimento de mundo que possuem através do trabalho com artes
Conscientizar os alunos sobre a importância de uma alimentação saudável através dos trabalhos artísticos;
Propor trabalhos artísticos para que as crianças adquiram habilidades e soluções próprias através do desenho da pintura e da colagem.
RESULTADOS ESPERADOS
 Espera-se que, os alunos percebam a importância de uma alimentação saudável, e que as crianças se expressem livremente, desenvolvendo assim sua capacidade criadora, aumentando sua sensibilidade, de forma lúdica, respeitando e valorizando o trabalho de seus colegas, criando oportunidade de uma interação pessoal e amigável.
 
 
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
 
Ao longo dos anos as Artes Visuais na Educação Infantil tem demonstrado uma incoerência no que diz respeito à relação da produção teórica e a prática pedagógica, sendo utilizadas só para preencher o tempo sem um objetivo definido.
Desde os primeiros anos de vida as crianças já se interessam em produzir seus primeiros rabiscos e no decorrer do tempo esses rabiscos transformam em formas definidas, que geralmente estão associadas ao cotidiano da criança. Ao mesmo tempo em que desenham ou criam objetos também brincam de faz de conta, expressando suas figuras imaginárias.
Como afirma o Referencial Curricular Nacional (1998), \u201cEm muitas propostas as práticas de artes visuais são entendidas apenas como meros passatempos em que atividades de desenhar, colar, pintar e modelar com argila ou massinha são destituídas de significados\u201d Neste sentido a prática das artes na sala de aula pelas crianças está sendo desvinculada de seus princípios como manifestação espontânea e auto expressiva, que visa valorizar a livre expressão, desenvolvendo assim o ser criador.
Sabemos que as artes deste cedo influenciam as crianças através das imagens visuais que estão presentes no seu cotidiano como em televisão, em revistas, em gibis, rótulos etc., desenvolvendo a imaginação criadora, a percepção, a intuição e a cognição.
 Segundo o Referencial Curricular Nacional (1998), no que diz respeito às leituras das imagens, deve-se eleger materiais que contemple a maior diversidade possível e que sejam significativos para as crianças. Neste sentido podemos dizer que os materiais utilizados devem manter uma relação com o cotidiano da criança e estimula-las a expressarem verbalmente, o sentido que elas atribuem a essas imagens. A arte na verdade é uma forma do homem interagir com o mundo.
Partindo-se da realidade que brincar é indispensável à educação, surgiu a necessidade da construção deste projeto de intervenção \u201cTrabalhando com Artes na Educação Infantil\u201d, tendo como finalidade conscientizar que a escola precisa se dar conta que através de atividades artísticas as crianças têm a chance de crescerem e se adaptarem no mundo coletivo, pois, além disso, as crianças vêm por meio de suas criatividades nos fornecerem informações elementares: suas emoções, a forma como interagem com os colegas, seu desenvolvimento físico-motor, seu estágio de desenvolvimento, seu nível lingüístico e sua formação moral. Neste contexto vale ressaltar a afirmação do Referencial Curricular Nacional Para Educação Infantil 1998.
\u201cAs crianças têm suas próprias impressões, idéias e interpretações sobre a produção de arte e o fazer artístico. Tais construções são elaboradas a partir de suas experiências ao longo da vida, que envolvem a relação com a produção de arte, com o mundo dos objetos e com seus próprios fazer. As crianças exploram, sentem, agem, refletem e elaboram sentidos de suas experiências\u201d.
Vivemos em uma época de profundas e significativas mudanças e em busca de uma educação de qualidade, há necessidade de que os educadores busquem novos caminhos e utilizem mais a arte como ferramenta pedagógica, que venham favorecer aos alunos melhor atuação junto ao objeto de conhecimento.
As artes estão presentes no cotidiano da vida infantil. Ao rabiscar e desenhar no chão, na areia, nos cadernos, ao utilizar materiais encontrados ao acaso, ao pintar os objetos e até mesmo seu próprio corpo, a criança pode utilizar-se das artes. Acredita-se que produzindo arte as crianças desenvolvem sua criticidade e autonomia, possibilitando o conhecimento satisfatório, prazeroso e significativo além de lhe proporcionar alegria e descoberta, possibilitando que assim, a criança sinta interesse em participar das aulas.
Para elaboração deste projeto, pesquisando em algumas fontes, pudemos observar que o trabalhar com arte possibilita as crianças a valorizar suas criatividades.
 
DESENVOLVIMENTO METODOLÓGICO
 
 
Serão aplicados procedimentos direcionados ao alcance dos objetivos propostos na expectativa de transformar o espa\ufffd\ufffdo escolar em educativo pela construção de conhecimentos pedagógicos com ênfase em aprender arte.
Este projeto será executado por etapas, que se seguem:
 
 
 
CRONOGRAMA DE EXECUÇÂO
 
 
O projeto \u201dTrabalhando com Artes na Educação Infantil\u201c será realizado em num período de 15 encontros, cada um com duração de 4 horas, totalizando 60hs.
 
 
	 
ETAPAS
	 
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS
	 
1ª
	 
Apresentação do projeto
	 
2ª
	 
Apresentação do filme
	 
3ª
	Processo de compra de frutas, legumes e verduras na feira livre
	 
4ª
	 
Pintura com lápis de cor
	 
5ª
	 
Construção de painel
	 
6ª
	 
Pintura utilizando pincel
	 
7ª
	Impressão utilizando carimbos e colagem utilizando sementes
	 
8ª
	 
Brincadeiras com músicas e danças
	 
9ª
	 
Decoração
	 
10ª
	 
Montagem de quebra-cabeça
	 
11ª
	 
Pintura utilizando dedos e contorno com lápis de cor
	 
12ª
	 
Artes com massa de modelar e tinta
	 
13ª
	 
Construção de receita
	 
14ª
	 
Observação do preparo de receita
	 
15ª
	 
Culminância