A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
APS  1 semestre

Pré-visualização | Página 1 de 3

PLANTA DE GERAÇÃO DE ENERGIA EÓLICA
MELISSA MAIRA SIMIONI COSTA
T67255-4
EC5P06
921P-585Z
SÃO PAULO
2016
1.OBJETIVOS
1.1 Objetivos geral
Apresentação de uma teoria sobre geração de energia eólica, demonstrando o seus tipos de geração de energia com foco em energia eólica e a viabilidade de cada tipo de energia no Brasil, e o principio de funcionamento dos gerados, e receptores e LED’s.
1.2 Objetivos específicos
Descrição dos tipos de geração de energia.
Avaliar viabilidade dos tipos de energia no Brasil.
Detalhamento sobre energia eólica.
Demonstrar o principio de funcionamento de geradores e receptores e LED’s.
Demonstrar os cálculos utilizados para montar uma planta de geração de energia eólica.
2.REVISÃO BIBLIOGRÁFICA
2.1 Tipos de geração de energia 
O Brasil hoje apresenta um grande diferencial em relação a outros países, pois ele possui uma imensa biodiversidade que permite a geração de energia por muitos meios, como no caso das fontes de energia renováveis, que são provenientes de ciclos naturais de conversão da radiação solar, fonte primária de quase toda energia disponível na terra, sendo assim esta energia se torna quase inesgotável, e não alteram o balanço térmico do planeta e se configuram como um conjunto de fontes de energia que podem ser chamadas de não convencionais, ou seja, aquelas não baseadas nos combustíveis fósseis e grandes hidroelétricas (PECHECO, 2006).
As energias renováveis são praticamente inesgotáveis, porém com um certo limite pela quantidade de energia que é possível extrair em cada momento, dependo assim de calor emitido pelo sol, da existência de vento, de mares ou dos cursos de água, sendo assim ela ainda possui uma grande vantagem, em não estar poluindo o meio ambiente, pois não transmite gases com efeito estufa, a única exceção é no caso da biomassa, na queima de resíduos orgânicos (PORTAL SÃO FRANCISCO, s/d).
2.1.1 ENERGIA SOLAR
A energia Solar é uma das energias renováveis, ela é transmitida pelo sol, através de fluidos (sistemas solar térmico), ou placas solares, sendo assim feito o aquecimento da água e distribuído. O sistema de energia solar são bem acessíveis, este tipo de energia está crescendo a cada dia mais(PORTAL SÃO FRANCISCO, s/d).
O sistema fotovoltaico, seria a energia solar porém convertida diretamente em energia elétrica por intermédio das células fotovoltaicas, o sistema dessa energia verifica-se na alimentação permanente de energia a equipamento instalados em satélites espaciais (PORTAL SÃO FRANCISCO, s/d).
2.1.2 ENERGIA EÓLICA
A energia eólica, é uma energia renovável, onde o vento é o principio ativo, pois ele tem origem nas diferenças de pressão causadas pelo aquecimento diferencial da superfície terrestre, assim ele influencia por efeitos locais, como rugosidade do solo. Este tipo de energia possui dois tipos de turbina, uma por eixo horizontal que são as mais conhecidas, tipo torre, com duas ou três pás aerodinâmicas que podem ser orientadas de acordo com a direção do vento, e também os sistemas de eixo vertical são menos comuns, mas apresentam a vantagem de captarem vento de qualquer direção (PORTAL SÃO FRANCISCO, s/d).
2.1.3 BIOMASSA
A Biomassa é uma energia renovável, onde engloba o aproveitamento energético da matéria orgânica, ou seja, dos resíduos provenientes da limpeza das florestas, da agricultura e dos combustíveis resultantes da sua transformação. A energia pode ser obtida através da combustão direta dos materiais ou duma transformação química ou biológica, de forma a aumentar o poder energético do biocombustível (PORTAL SÃO FRANCISCO, s/d).
Existem três tipos de biomassa utilizados como fonte de energia: os sólidos, os líquidos e os gasosos.Os combustíveis sólidos, podemos citar a madeira, o carvão vegetal e os restos orgânicos vegetais e animais. Os combustíveis líquidos, o etanol, o biodiesel e qualquer outro líquido obtido pela transformação do material orgânico por processos químicos ou biológicos.os combustíveis gasosos, aqueles que são obtidos pela transformação industrial ou até natural de restos orgânicos, como o biogás e o gás metano coletado em áreas de aterros sanitários (PENA, s/d).
2.1.4 ENERGIA GEOTÉRMICA
A energia geotérmica, é uma energia renovável, onde é caracterizada por ser uma energia térmica proveniente do interior da Terra. Os vulcões são o principal ativo desta fonte de energia. Apesar de inesgotável, existem poucos locais onde esta fonte de energia pode ser usada (PORTAL SÃO FRANCISCO, s/d).
2.1.5 ENERGIA DAS MARES (OCEANOS)
A energia das mares é pouco conhecia pois é pouco utilizada, ela não possui muitos locais para ser realizada. Ela é transmitida pelo nível do mar, quando possui movimentos, como no caso dos moinhos. As centrais de aproveitamento da energia das marés funcionam semelhante ás barragem hidrelétricas (PORTAL SÃO FRANCISCO, s/d).
2.1.6 ENERGIA HIDROELÉTRICA
A energia hidroelétrica é uma fonte renovável, utilizada quando obtém o movimento das águas dos rios para a produção de eletricidade. As hidroelétricas trazem vários prejuízos ambientais, não só pela inundação de áreas naturais e desvio de leitos de rios, como também pelo dióxido de carbono emitido pela decomposição da matéria orgânica que se forma nas áreas alagadas. Porém essa é considerada uma eficiente forma de geração de eletricidade, além de ser menos poluente, por exemplo, que as termoelétricas movidas a combustíveis fósseis (PENA, s/d).
As fontes de energias não renováveis, são aquelas que utilizam de recursos naturais esgotáveis, elas causam uma poluição maior ao meio ambiente.Os principais exemplos de fontes de energia não renovavam são os combustíveis fósseis (petróleo, carvão mineral, gás natural e xisto betuminoso) e os combustíveis nucleares (PENA, s/d).
2.1.7 PETRÓLEO
O Petróleo é a principal fonte de energia utilizada nos dias de hoje, é uma das principais fontes de energia do mundo, é uma energia muito utilizada por veículos, constituindo-se como um elemento importante nos meios de transporte, além de também poder ser utilizado na fabricação de produtos como o plástico. Os combustíveis oriundos do petróleo são profundamente criticados sob o ponto de vista ambiental, pois a sua queima é responsável pela emissão de poluentes na atmosfera (PENA, s/d).
2.1.8 CARVÃO MINERAL
O carvão mineral  hoje é uma fonte de energia bastante utilizada em todo o mundo, perdendo somente para o petróleo. No total, ele corresponde a pouco menos dos recursos utilizados na produção de energia mundialmente. Para extrair o carvão mineral do subsolo, constroem-se túneis e poços. Em alguns casos, sua disponibilidade ocorre em áreas de reservas ambientais ou florestais, o que pode gerar impactos ambientais elevados. Além disso, a queima do carvão mineral é considerada ainda mais poluente que a do petróleo (PENA, s/d).
2.1.9 ENERGIA DE GÁS NATURAL
O gás natural nada mais é do que a mistura de hidrocarbonetos leves na forma gasosa, tais como o metano, etano, propano, butano e outros. Suas reservas encontram-se quase sempre disponibilizadas nas áreas onde se extrai o petróleo, passando pelo mesmo processo de constituição. No entanto, ao contrário do petróleo e do carvão mineral, o gás natural é menos poluente, embora a sua combustão ainda sim apresente alguns níveis de poluição que causam danos à atmosfera. O gás natural é muito utilizado em usinas termoelétricas (PENA, s/d).
2.1.10 ENERGIA NUCLEAR
A energia nuclear é obtida a partir do processo de fissão nuclear de átomos de urânio, que é considerado uma fonte esgotável de energia. Quando ocorre a fissão do núcleo desse material, libera-se uma grande quantidade de energia, que é utilizada para a produção, principalmente, de eletricidade (PENA, s/d).
2.2 Viabilidade de energia no Brasil
A energia do Gás Natural no Brasil, vem ganhando espaçado e crescendo a cada ano devido as suas virtudes energéticas, a sua economia e a preocupação com o meio ambiente (PORTAL SÃO FRANCISCO, s/d).
Nas energias Hidrelétricas, o Brasil é ainda um dos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.