A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
AVA - DIREITO E LEGISLAÇÃO - TEMA 5 AO 8

Pré-visualização | Página 1 de 3

AVA DIREITO E LEGISLAÇÃO – TEMA 05
1- O testamento lavrado por tabelião ou por seu substituto legal em seu livro de notas, de acordo com as declarações do testador, na presença de duas testemunhas, denomina-se:
Escolher uma resposta.
	a. Público. 	
	b. Particular.	
	c. Militar.	
	d. Privado.	
	e. Cerrado.	
Resposta correta: público.
Comentário sobre a resposta correta: o testamento público é lavrado por tabelião ou por seu substituto legal em seu livro de notas, de acordo com as declarações do testador, na presença de duas testemunhas.
2- Analise os itens a seguir:
I. Os bens de uso pessoal, os livros e instrumentos de profissão.
II. Os bens adquiridos na constância do casamento por título oneroso.
III. Os bens adquiridos por doação, herança ou legado, em favor de ambos os cônjuges.
IV. As benfeitorias em bens particulares de cada cônjuge.
No regime de comunhão parcial de bens constituem bens comuns dos cônjuges:
Escolher uma resposta.
	a. II e III.	
	b. I, II e IV.	
	c. I, II e III.	
	d. I e II.	
	e. II, III e IV. 
Resposta correta: II, III e IV.
Comentário sobre a resposta correta: nos termos do Código Civil, pelo regime da comunhão parcial de bens, entram na comunhão, nos termos do artigo 1.660, os seguintes bens: os bens adquiridos na constância do casamento por título oneroso, ainda que só em nome de um dos cônjuges; os bens adquiridos por fato eventual, com ou sem o concurso de trabalho ou despesa anterior; os bens adquiridos por doação, herança ou legado, em favor de ambos os cônjuges; as benfeitorias em bens particulares de cada cônjuge; os frutos dos bens comuns, ou dos particulares de cada cônjuge, percebidos na constância do casamento, ou pendentes ao tempo de cessar a comunhão.
3- Dá-se a sucessão legítima na transmissão da herança aos herdeiros indicados na lei, segundo a ordem de vocação hereditária prevista no artigo 1.829, a saber: 1º) descendentes; 2º) ascendentes; 3º) cônjuge sobrevivente; 4º) colaterais. Significa que:
Escolher uma resposta.
	a. O cônjuge terá direito à herança se não houver ascendentes, descendentes e colaterais.	
	b. Os pais do falecido possuem preferência à herança em relação aos netos do mesmo.	
	c. O cônjuge só terá direito à meação dos bens deixados pelo falecido.	
	d. Os netos do falecido possuem preferência à herança em relação aos avós do mesmo. 
	e. O cônjuge só terá direitos hereditários após constatada a ausência de pelo menos um primo do falecido.	
Resposta correta: os netos do falecido possuem preferência à herança em relação aos avós do mesmo.
Comentário sobre a resposta correta: dá-se a sucessão legítima na transmissão da herança aos herdeiros indicados na lei, segundo a ordem de vocação hereditária prevista no artigo 1.829, a saber: 1º) descendentes; 2º) ascendentes; 3º) cônjuge sobrevivente; 4º) colaterais. Descentes: filhos, netos, bisnetos, tataranetos e assim por diante. Ascendentes: pais, avós, bisavós, tataravós e assim por diante. Colaterais: irmãos, tios, sobrinhos, primos (apenas até os primos, que são colaterais em 4º grau, é que os colaterais possuem direitos hereditários).
4- João e Aparecida são casados sob o regime da comunhão parcial de bens. O patrimônio do casal é composto por uma chácara que João já possuía antes do casamento, uma casa que Aparecida recebeu de herança pelo falecimento do pai e um carro que ambos compraram na constância do casamento. Em caso de separação ou divórcio desse casal, Aparecida terá direito:
Escolher uma resposta.
	a. À casa e ao carro e à metade da chácara.	
	b. À metade de todos os bens.	
	c. Somente à metade do apartamento.	
	d. À casa e à metade do carro. 
	e. À metade da casa e do carro.	
Resposta correta: à casa e à metade do carro.
Comentário sobre a resposta correta: no regime da comunhão parcial, os bens anteriores ao casamento e os recebidos por herança ou doação são bens particulares e pertencem exclusivamente ao cônjuge que o adquiriu. Portanto, Aparecida terá direito à casa que recebeu de herança do pai. No mesmo regime, os bens adquiridos por ato oneroso na constância do casamento devem ser partilhados. No caso, a aquisição do carro foi por ato oneroso (“compraram”) na constância do casamento, de modo que Aparecida tem direito à metade desse bem.
5- A separação do casal Marcos e Lídia foi homologada pelo juiz após petição apresentada em juízo pelo advogado do casal e aceita por ambos. Nesse caso, é possível afirmar que:
Escolher uma resposta.
	a. Não houve separação amigável.	
	b. Houve separação judicial consensual. 	
	c. Houve separação judicial litigiosa.	
	d. A homologação pelo juiz foi ato ilegal.	
	e. A homologação pelo juiz foi ato desnecessário.	
Resposta correta: houve separação judicial consensual.
Comentário sobre a resposta correta: a separação pode ser consensual (por acordo das partes após dois anos de casamento) ou litigiosa (também chamada de contenciosa, dá-se por requerimento de um dos cônjuges em face do outro). Portanto a separação de Marcos e Lídia foi de caráter consensual.
6- Esta questão está anulada, e seus pontos serão redistribuídos entre as demais.
Aberta a sucessão, a herança transmite-se, desde logo, aos herdeiros legítimos e testamentários (CC, art. 1.784). Portanto, a transmissão da herança dá-se com a abertura da sucessão que, por sua vez, verifica-se no momento do falecimento do autor da herança (de cujus). É o chamado princípio da saisine. De acordo com esse raciocínio, pode-se afirmar que a herança é transmitida:
Escolher uma resposta.
	a. Aos herdeiros pelo espólio.	
	b. Aos herdeiros pelo de cujus. 
	c. Ao espólio pelos herdeiros.	
	d. Ao de cujus pelo espólio.	
	e. Ao espólio pelo de cujus.	
Resposta correta: aos herdeiros pelo de cujus.
Comentário sobre a resposta correta: não confundir autor da herança, que é o de cujus ou falecido, com a figura do espólio, que constitui uma ficção jurídica, sem personalidade, criada para representar universalidade de bens ou massa patrimonial deixada pelo autor da herança. Portanto, a herança é transmitida aos herdeiros pelo de cujus ou falecido, e não pelo espólio.
AVA DIREITO E LEGISLAÇÃO – TEMA 06
1- Não abrange o conceito de serviço para fins de direito do consumidor aquele prestado:
Escolher uma resposta.
	a. Pela seguradora ao segurado.	
	b. Pela construtora ao cliente.	
	c. Pelo empregado ao empregador. 	
	d. Pelo banco ao cliente.	
	e. Pelo médico ao paciente.	
Resposta correta: pelo empregado ao empregador.
Comentário sobre a resposta correta: enquadra-se no conceito de serviço qualquer atividade fornecida no mercado de consumo, mediante remuneração, inclusive as de natureza bancária, financeira, de crédito e securitária, salvo as decorrentes das relações de caráter trabalhista (CDC, art. 3º, § 2º).
2- Analise os itens a seguir:
I. Nunca ter o seu nome inscrito em cadastros de consumidores inadimplentes ainda que não efetue o pagamento das prestações assumidas.
II. A educação e divulgação sobre o consumo adequado dos produtos e serviços, asseguradas à liberdade de escolha e a igualdade nas contratações.
III. A informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade, tributos incidentes e preço, bem como sobre os riscos que apresentam.
IV. A proteção contra a publicidade, ainda que não seja enganosa e abusiva.
São direitos básicos do consumidor os relacionados nos itens:
Escolher uma resposta.
	a. I, II e III.	
	b. I e II.	
	c. II, III e IV.	
	d. II e III. 	
	e. I, II e IV.	
Resposta correta: II e III.
Comentário sobre a resposta correta: são direitos básicos do consumidor os estabelecidos no artigo 6º do Código de Defesa do Consumidor, entre eles: II - a educação e divulgação sobre o consumo adequado dos produtos e serviços, asseguradas a liberdade de escolha e a igualdade nas contratações; III - a informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade,