A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
53 pág.
Neuropsicopatologia e Neurociências Aplicadas à Educação

Pré-visualização | Página 1 de 11

1 
 
Disciplina: Neuropsicopatologias e Neurociências Aplicadas à Educação 
Autores: D.ra Jezuina Kohls Schwanz 
Revisão de Conteúdos: Carolinne Prado Engelhardt 
Revisão Ortográfica: Jacqueline Morissugui Cardoso 
Ano: 2017 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Copyright © - É expressamente proibida a reprodução do conteúdo deste material integral ou de suas 
páginas em qualquer meio de comunicação sem autorização escrita da equipe da Assessoria de 
Marketing da Faculdade São Braz (FSB). O não cumprimento destas solicitações poderá acarretar em 
cobrança de direitos autorais. 
 
2 
 
Jezuina Kohls Schwanz 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Neuropsicopatologias e 
Neurociências Aplicadas à 
Educação 
1ª Edição 
 
 
 
 
 
 
 
2017 
Curitiba, PR 
Editora São Braz 
 
3 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FICHA CATALOGRÁFICA 
 
 
 
SCHWANZ, Jezuina Kohls 
Neuropsicopatologias e Neurociências Aplicadas à Educação / Jezuina 
Kohls Schwanz – Curitiba, 2017. 
53 p. 
Revisão de Conteúdos: Carolinne Prado Engelhardt. 
Revisão Ortográfica: Jacqueline Morissugui Cardoso. 
Material didático da disciplina de Neuropsicopatologias e Neurociências 
Aplicadas à Educação – Faculdade São Braz (FSB), 2017. 
 ISBN: 978-85-94439-70-3 
 
 
4 
 
PALAVRA DA INSTITUIÇÃO 
 
Caro(a) aluno(a), 
Seja bem-vindo(a) à Faculdade São Braz! 
 
 Nossa faculdade está localizada em Curitiba, na Rua Cláudio Chatagnier, 
nº 112, no Bairro Bacacheri, criada e credenciada pela Portaria nº 299 de 27 de 
dezembro 2012, oferece cursos de Graduação, Pós-Graduação e Extensão 
Universitária. 
 A Faculdade assume o compromisso com seus alunos, professores e 
comunidade de estar sempre sintonizada no objetivo de participar do 
desenvolvimento do País e de formar não somente bons profissionais, mas 
também brasileiros conscientes de sua cidadania. 
 Nossos cursos são desenvolvidos por uma equipe multidisciplinar 
comprometida com a qualidade do conteúdo oferecido, assim como com as 
ferramentas de aprendizagem: interatividades pedagógicas, avaliações, plantão 
de dúvidas via telefone, atendimento via internet, emprego de redes sociais e 
grupos de estudos o que proporciona excelente integração entre professores e 
estudantes. 
 
 
 Bons estudos e conte sempre conosco! 
 Faculdade São Braz 
 
 
 
 
 
 
 
 
5 
 
Apresentação da disciplina 
 
A disciplina de Neuropsicologias e Neurociências aplicadas à educação, dentre 
os diversos temas que abrangem a Neurociência, serão abordados aqueles que são 
considerados de maior relevância para sua formação, com foco na educação. Dentre 
eles, os diferentes aspectos que englobam o tema memória e a inteligência e o 
cérebro humano. 
Serão abordados aspectos históricos da neurociência e da neuropsicologia, 
relacionando ambas, sobre a memória, principalmente sobre a memória operacional, 
conhecida como memória de trabalho, os processos neurobiológicos da leitura e 
transtornos que afetam a mesma, distúrbios e dificuldades de aprendizagem, dando 
ênfase a dislexia. Por fim foi visto sobre a inteligência e suas relações com o 
funcionamento cerebral. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Copyright © - É expressamente proibida a reprodução do conteúdo deste material integral ou de suas 
páginas em qualquer meio de comunicação sem autorização escrita da equipe da Assessoria de 
Marketing da Faculdade São Braz (FSB). O não cumprimento destas solicitações poderá acarretar em 
cobrança de direitos autorais. 
 
6 
 
AULA 1 – NEUROCIÊNCIA E NEUROPSICOLOGIA 
 
Apresentação da Aula 01 
 
Na aula, serão abordados os aspectos da Neurociência e da 
Neuropsicologia em seu contexto histórico, a fim de que se possa compreender 
melhor essas duas ciências e como se relacionam. 
 
1.1 Neurociência e Neuropsicologia: Contexto Histórico 
 
 
Disponível em- http://superinteligente.club/cerebro/ 
 
 
Ao longo da história da humanidade questões que envolvem a mente e 
seu funcionamento sempre foram fonte de curiosidade e preocupação. A 
Neurociência, embora sendo uma ciência jovem, tem suas bases fixadas em um 
período longínquo. Desde simples curiosidades a experimentos macabros os 
“estudiosos da mente humana” buscam responder perguntas, tais como: “Onde 
está a mente?” “Como a mente humana funciona?”. Possíveis respostas a essas 
perguntas podem ser encontradas na filosofia grega antiga. 
Resumidamente, alguns desses fatos que acabaram dando origem a 
Neurociência: 
 
 
7 
 
 No período neolítico, a fim de expulsar o demônio do corpo que 
causavam transtornos, eram realizadas trepanações. 
 Na Grécia antiga, filósofos como Demócrito (460- 370 AC) e Hipócrates 
(460- 379 AC) trazem a ideia de que a mente localiza-se no cérebro. Já 
naquela época acreditava-se que o cérebro estava envolvido nas 
sensações, sendo a fonte da inteligência. Aristóteles (384- 322 AC) 
acreditava que o coração era a fonte da inteligência do homem. 
 Na Idade Média, Galeno (130- 200 DC), a partir de dissecações em 
animais, contraria as ideias de Aristóteles, tendo o cérebro como o 
responsável pelas emoções. 
 
Vocabula rio 
Trepanação – ato ou efeito de trepanar; técnica de perfurar 
com trepano. 
Hoje, na medicina moderna, a trepanação consiste na 
abertura de um ou mais buracos no crânio, através de uma 
broca neurocirúrgica, visando drenar um hematoma ou inserir 
um cateter cerebral. 
 
A partir do século XIX outras descobertas científicas ligadas ao cérebro 
e seu funcionamento passaram a fazer parte dos estudos da mente, entre elas 
o Raio X em 1895 e a tomografia computadorizada em 1972. Foi nessa época 
que começou a aparecer a palavra Neurociência em alguns congressos 
médicos. 
Na década de 1990, considerada a década do cérebro devido aos 
avanços nessa área, dá-se início a inúmeros projetos e pesquisas voltadas ao 
mapeamento do cérebro humano. 
Como pode-se perceber os enigmas que envolvem a mente humana 
suscitam, desde sempre, interesse. Atualmente, as pesquisas em Neurociência 
têm ganhado um espaço cada vez maior na medicina. Transtornos que 
antigamente eram tratados como castigo divino ou demoníacos, hoje são 
diagnosticados e tratados com eficácia, seja através de remédios ou de terapias. 
Mas afinal, “o que é Neurociência?" 
 
8 
 
Em poucas palavras pode-se dizer que é a ciência que busca a 
compreensão do funcionamento do sistema nervoso e suas diferentes funções 
como o movimento, o pensamento e as emoções. Para detalhar um pouco mais, 
é importante mencionar que para que a Neurociência estude com eficácia as 
atividades cerebrais é necessário que outras ciências estejam envolvidas, como: 
a genética, a neurologia, a psicologia, a psiquiatria, a pedagogia entre outras. 
Ao estudar a história da neurociências não poderia deixar de se 
mencionar a importância das descobertas de Luria (1901-1978), durante a 
Segunda Guerra Mundial. Nesse período realizou pesquisas em sujeitos com 
algum tipo de lesão cerebral, notando alterações em seus comportamentos. A 
partir desse ponto passou a unir-se as descobertas da neurociências com os 
reflexos percebidos pela psicologia, que passaria a ser chamada de 
neuropsicologia. 
A partir desses estudos constatou-se que o cérebro humano é formado 
por três unidades funcionais distintas, sendo necessárias para toda e qualquer 
atividade cerebral. 
Para Hennemann (2012):

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.