AULA 1
6 pág.

AULA 1


DisciplinaEducação Especial12.391 materiais315.072 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1.
		Patrícia é mãe de Fernanda, uma menina de 5 anos de idade que sofreu de Paralisia Cerebral e apresenta um déficit cognitivo e deficiências sensoriais na audição e na visão. Na última reunião de colégio ela foi convidada a retirar sua filha, pois a escola alegava não ter profissionais adequados para o trabalho com crianças portadoras de necessidades especiais. Quais as leis que Patrícia pode recorrer para obrigar a escola de sua filha a se atualizar e manter o atendimento/educação dela?
	
	
	
	Constituição Federal de 1988 e Lei nº 7.853/89 que dispõe sobre o apoio às pessoas com deficiências.
	
	
	Estatuto da Criança e do Adolescente e Lei Federal nº 8.899/94 do Passe Livre.
	
	
	Políticas públicas referentes à aprovação automática.
	
	
	Constituição Federal e Lei Federal nº 8.899/94 - Lei do Passe Livre.
	
	
	Estatuto da criança e do Adolescente e Lei do FUNDEB.
	
Explicação:
Patrícia é segurada pela Constituição Federal de 1988 e Lei númeto 7853/89 apoio às pessoas com deficiências.
 
	
	
	
	 
		
	
		2.
		Sobre os efeitos da exclusão, analise as proposições abaixo:
 
I - O sujeito que vive à margem do convívio social, sofre danos em relação à sua autoestima.
II - A pessoa pode  estruturar sua autoimagem de forma negativa, desenvolvendo um tipo de comportamento desviante, apático, acomodado ou agressivo como forma de resistência ou de defesa.
III - Comportamento apático e danos em relação à autoestima podem ser resultantes dos  efeitos psicológicos provocado pela exclusão.
 
Considerando as assertivas acima, podemos afirmar que:
	
	
	
	Todas as alternativas estão corretas.
	
	
	Somente as alternativas I e II estão corretas.
	
	
	Somente a alternativa I está correta.
	
	
	Todas as alternativas estão erradas.
 
	
	
	Somente as  alternativas  I e III estão corretas.
 
	
Explicação:
Todas as questões estão corretas no sentido de que as 4 afirmativas confirmam o paradigma da inclusão da pessoa com deficiência.
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Em relação às legislações nacionais que asseguram a inclusão de pessoas com deficiências na rede regular de ensino, assinale a única alternativa correta.
	
	
	
	A Educação Especial será ofertada apenas em pólos especiais nos quais haverá profissionais mais capacitados para a educação de alunos com deficiências mentais e sensoriais.
	
	
	A Educação Especial para ser oferecida na Rede regular de ensino precisa estar alinhada às Diretrizes Operacionais para Atendimento Educacional Especializado na Educação Básica, desta forma, a criança terá atividades diferenciadas em horário de escolaridade oposto ao seu para complementar sua aprendizagem e a construção de habilidades e autonomia nas Atividades de Vida Diária.
	
	
	Falar em Inclusão significa que as pessoas deficientes e com dificuldades de aprendizagens devem ser educadas nas salas de recurso ao invés de estarem participando das atividades junto com os colegas da rede regular. Esse cuidado vem sendo tomado para impedir que os alunos que apresentam deficiências possam não se apropriar dos conteúdos administrados pelo professor regente. A lei assegura a permanência da pessoa com deficiência na rede regular de ensino, desde que ela traga por sua conta e capacitação, um profissional que atue como mediador entre o aluno deficiente e seus demais pares de interação.
	
	
	A Educação Especial oferece um atendimento clínico especializado no horário posterior a escolarização. Neste, o deficiente pode ser consultado por especialistas e receber a atenção merecida dos serviços de saúde.
	
	
	Operacionais para Atendimento Educacional Especializado na Educação Básica, desta forma, a criança terá atividades diferenciadas em horário de escolaridade oposto ao seu para complementar sua aprendizagem e a construção de habilidades e autonomia nas Atividades de Vida Diária.
	
Explicação:
Todos tem direito a educação, que é oferecida na rede regular de ensino dentro das Diretrizes para atendimento educacional.
 
 
	
	
	
	 
		
	
		4.
		(Concurso Público Secretaria Municipal de Educação ¿ SME). Conforme explicitado nas Diretrizes da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, a educação especial é uma modalidade de ensino:
 
	
	
	
	Própria do modelo tradicional de educação escolar
	
	
	Escolas com salas de aulas separadas para os alunos educação especial.
	
	
	 
 Que perpasse todos os níveis, etapas e modalidade.
 
 
	
	
	 Paralela à educação comum.
	
	
	  Substitutiva ao ensino comum.
 
	
Explicação:
Que todos tem direito a educação.
	
	
	
	 
		
	
		5.
		A exclusão causa muitos danos nos indivíduos, algumas vezes, irrecuperáveis. Os danos psicológicos têm como consequência: A exclusão causa muitos danos nos indivíduos, algumas vezes, irrecuperáveis. Os danos psicológicos têm como consequência:  
	
	
	
	 
Em relação a autoestima e autoimagem
 
	
	
	 
A pessoa é percebida como improdutiva
 
	
	
	 
Limitação no exercício da cidadania
 
	
	
	 
A garantia de uma escola para todos.
 
	
	
	 
Exclusão da escola por diversos fatores
 
	
Explicação:
 
Em termos psicológicos, o sujeito que vive à margem do convívio social, sofre danos em relação à sua autoestima e pode vir a estruturar sua autoimagem de forma negativa, desenvolvendo um tipo de comportamento desviante, apático, acomodado ou agressivo como forma de resistência ou de defesa.
 
	
	
	
	 
		
	
		6.
		A professora de uma escola regular afirma que acredita na proposta da escola inclusiva porque "a criança com uma deficiência física, intelectual ou sensorial convivendo com outras crianças sem essas características, recebem estímulos constantes para seu desenvolvimento e melhora de sua condição. Mas quem se beneficia mais são as crianças sem deficiência". A partir dessa afirmativa, podemos concluir que:
	
	
	
	a convivência com a diversidade humana contribui para a manutenção do preconceito social sobre a deficiência.
	
	
	a segregação da pessoa com deficiência em espaços especiais contribui para a superação do preconceito.
	
	
	o convívio entre crianças com e sem deficiência deve ser evitado pois influencia negativamente o grupo.
	
	
	o preconceito e o estigma sobre a deficiência são agravados com a inclusão social.
	
	
	a convivência com a diversidade humana contribui para a superação do estigma da deficiência.
	
Explicação:
É a partir das relações com os outros que se constrói a noção de identidade. Isolado do grupo, da convivência social e do diálogo com os outros, a pessoa não desenvolve sua noção de ¿eu¿, sua identidade.Logo. todos se beneiciam desta relação;
	
	Gabarito
Coment.
	
	
	
	 
		
	
		7.
		A Educação Especial,  na perspectiva da educação inclusiva,  é uma modalidade do ensino  que:
	
	
	
	Tem uma proposta de integração,  visando  garantir a educação para os que possuem aptidões e habilidades   inatas, com coeficiente de inteligência acima de 110.
	
	
	Possui  como orientação um  modelo inclusivo, onde toda  criança com deficiência  deverá ser matriculada em escolas especiais.
	
	
	Enfatiza a necessidade de matricular o aluno portador de deficiência em classes especiais, de acordo com sua deficiência.    
	
	
	Não substitui  a educação comum,  tem como objetivo oferecer serviços e recursos, de forma complementar ao ensino regular.
	
	
	Exige a segregação do aluno com deficiência, que deve ser matriculado em Escolas Especiais, com salas de recursos multifuncionais.
	
Explicação:
A educação especial assumida como uma modalidade