UND 1
27 pág.

UND 1


DisciplinaContabilidade de Custos17.399 materiais469.241 seguidores
Pré-visualização5 páginas
Contabilidade de Custos
Professor conteudista: Hildebrando Oliveira
Sumário
Contabilidade de Custos
Unidade I
1 A CONTABILIDADE DE CUSTOS .....................................................................................................................1
1.1 O desenvolvimento da contabilidade de custos .........................................................................3
1.2 Métodos de apropriação de custos ..................................................................................................7
1.3 O signi\ufb01cado de custo e despesa ......................................................................................................7
2 TERMINOLOGIA APLICADA À CONTABILIDADE DE CUSTOS ........................................................... 10
2.1 Gasto ......................................................................................................................................................... 10
2.2 Desembolso ..............................................................................................................................................11
2.3 Investimento ...........................................................................................................................................11
2.4 Custo ..........................................................................................................................................................11
2.5 Despesa ..................................................................................................................................................... 12
2.6 Perdas ........................................................................................................................................................ 13
2.7 Classi\ufb01cação dos custos .................................................................................................................... 13
2.7.1 Em relação aos produtos ..................................................................................................................... 13
2.7.2 Em relação ao volume de produção ................................................................................................ 15
2.8 Outras terminologias aplicadas à contabilidade de custos ................................................. 17
3 ESQUEMA BÁSICO DA CONTABILIDADE DE CUSTOS ........................................................................ 19
3.1 Primeiro passo: separação entre custos e despesas ............................................................... 20
3.2 Segundo passo: apropriação dos custos diretos ..................................................................... 21
3.3 Terceiro passo: apropriação dos custos indiretos .................................................................... 22
Unidade II
4 CONTABILIZAÇÃO DOS CUSTOS ................................................................................................................ 24
4.1 Um exemplo de contabilização mais completo ....................................................................... 25
5 MATERIAIS DIRETOS ....................................................................................................................................... 29
5.1 Métodos de avaliação dos estoques ............................................................................................. 30
5.1.1 Último a Entrar, Primeiro a Sair (UEPS) ou Last-in, First-out (LIFO) .................................. 30
5.1.2 Primeiro a Entrar, Primeiro a Sair (PEPS) ou First-in, First-out (FIFO) ............................... 31
5.1.3 Custo médio ponderado móvel ......................................................................................................... 31
5.1.4 Exemplo de aplicação dos métodos de valoração de estoques ........................................... 32
5.2 Subprodutos e sucatas ....................................................................................................................... 36
6 MÃO DE OBRA DIRETA .................................................................................................................................. 36
6.1 Cálculo do custo de um funcionário horista ............................................................................ 37
6.2 Grupos de encargos sociais .............................................................................................................. 39
6.3 Tempo ocioso e outros gastos com a mão de obra ................................................................ 40
6.4 Exercício resolvido ................................................................................................................................ 41
1
CONTABILIDADE DE CUSTOS
Re
vi
sã
o:
 N
íz
ia
 -
 D
ia
gr
am
aç
ão
: M
ár
ci
o 
- 
19
/0
2/
10
Unidade I
5
10
15
20
1 A CONTABILIDADE DE CUSTOS
Em disciplinas anteriores, ocupamo-nos dos processos 
contábeis gerais e daqueles relativos às empresas comerciais, 
especi\ufb01camente no decorrer da disciplina Contabilidade 
Comercial. 
As mercadorias vendidas pelas empresas comerciais são 
obtidas das empresas industriais. Empresa industrial é aquela 
que transforma, por meio de um processo de produção, a 
matéria-prima em produto acabado. Transforma, por exemplo, a 
borracha (matéria-prima), seja ela natural ou sintética, em pneu 
(produto acabado).
A empresa manufatureira, industrial ou fabril emprega 
trabalho e utiliza maquinário para converter matéria-prima em 
produto acabado. Transforma, assim, recursos materiais; sua 
atividade difere da atividade da empresa mercantil.
As utilidades adquiridas pela empresa industrial são 
matérias-primas para ela, mas eram produtos acabados para o 
fabricante que as vendeu. A farinha de trigo é matéria-prima 
para o padeiro e produto acabado para o moleiro. A lâmina 
de aço é matéria-prima para o fabricante de automóveis, mas 
produto acabado para a siderúrgica produtora de aço.
A extensão da atividade comercial na fábrica é evidente 
para quem quer que contemple a variedade de transformações 
que ocorre nas utilidades e serviços exigidos pela vida 
moderna.
2
Unidade I
Re
vi
sã
o:
 N
íz
ia
 -
 D
ia
gr
am
aç
ão
: M
ár
ci
o 
- 
19
/0
2/
10
O desenvolvimento tecnológico da empresa industrial já torna 
possível a produção e a venda de qualquer tipo de produto. Mas 
produzir atendendo a padrões adequados de qualidade não é 
tudo; vender essa produção com lucro é outro aspecto essencial 
da atividade econômica.
Por outro lado, sabe-se que a lucratividade das empresas, 
principalmente as industriais, está intimamente associada à 
técnica empregada na operação de seus custos.
Daí a constante preocupação da administração empresarial 
com o levantamento, o controle e a redução de custos, pela 
aplicação de técnicas cada vez mais avançadas e e\ufb01cientes.
A gerência eficiente sabe que deve manter os custos 
dentro de determinados limites para que sejam obtidos 
lucros adequados ao desenvolvimento da empresa; 
sabe, também, que os custos tendem a crescer à medida 
que a competição aumenta e cresce em função do 
desenvolvimento do país.
No ambiente econômico cada vez mais competitivo 
da atualidade, o controle de custos assume a posição de 
função administrativa essencial para a rentabilidade e, 
consequentemente, para a sobrevivência da empresa. Nesse 
ambiente, os sistemas de controle de custos, exercendo 
contínua e e\ufb01ciente \ufb01scalização sobre todos os tipos de 
custos da atividade empresarial, estabelecendo padrões de 
controle e permitindo a elaboração de relatórios objetivos de 
acompanhamento, tornaram-se ferramentas indispensáveis à 
moderna administração.
Hoje em dia, é admitido que, para o e\ufb01ciente exercício das 
suas funções, a equipe administrativa precisa de registros e 
relatórios