Plano de aula sobre juros
5 pág.

Plano de aula sobre juros


DisciplinaMatemática76.659 materiais1.335.879 seguidores
Pré-visualização1 página
Plano de aula- alinhamento construtivo. Data: ___/___/2018
	Serie: 
9°ano. 
	Tempo previsto de execução: 3 aulas.
	Objetivo Curricular:
Compreender os juros como uma compensação em dinheiro que se paga ou que se recebe.
	Conteúdo:
Juro simples
A aula será iniciada com a definição de juros simples e como se aplica:
O juro é uma importante aplicação do cálculo de porcentagens, pois utilizamos este conceito, no nosso dia a dia, todas as vezes que vamos comprar algo, fazer um investimento ou até mesmo quando estamos com dívidas. Juro é uma compensação, que se paga ou se recebe pela quantia em dinheiro que se pede emprestado ou se empresta durante certo tempo.
	Objetivo da aula:
Definir claramente os termos capital, taxa e montante para facilitar o entendimento do conteúdo dos problemas propostos;
Identificar o capital, a taxa de juros e o tempo nos exercícios propostos;
Resolver problemas envolvendo juros simples.
	Desenvolvimento da aula:
Aula expositiva dialogada, texto informativo sobre o conteúdo, atividades sobre o tema.
	Anexos:
Exemplo:
Renata pediu R$ 1 000,00 emprestado ao banco para pagar depois de 3 meses, à taxa de juros de 5% ao mês. Quanto Renata deverá pagar ao banco decorrido esse tempo?
	Mês
	Juros (R$)
	Total (R$)
	Primeiro
	50,00
	1 000,00 + 50,00 = 1 050,00
	Segundo
	50,00
	1 050,00 + 50,00 = 1 100,00
	Terceiro
	50,00
	1 100,00 + 50,00 = 1 150,00
Portanto, Renata pagará R$1150 ao banco decorrido três meses. Note que, de mês para mês, o juro é sempre igual, pois é calculado sobre o mesmo capital inicial.
Juro simples é calculado sobre o capital fixo de um empréstimo ou investimento.
Uma maneira mais fácil de calcular é usando as fórmulas:
J = C . i . t
M = C + J
M = C + C . i . t
Para calcularmos o juro (J) devemos levar em consideração:
Capital (C): valor do dinheiro emprestado ou aplicado.
Taxa percentual (i): taxa percentual de juros fixada.
Tempo (t): período decorrido do empréstimo ou aplicação.
Montante (M): a soma do capital com o juro obtido.
	Atividades:
1) Uma pessoa aplicou o capital de R$ 1.200,00 a uma taxa de 2% ao mês durante 14 meses. Determine os juros e o montante dessa aplicação.
Resolução:
Capital (C) = R$ 1.200,00
Tempo (t) = 14 meses
Taxa (i) = 2% ao mês = 2/100 = 0,02
Fórmula dos juros simples
J = C * i * t
J = 1200 * 0,02 * 14
J = 336
Montante
M = C + J
M = 1200 + 336
M = 1536
O valor dos juros da aplicação é de R$ 336,00 e o montante a ser resgatado é de          R$ 1.536,00.
2) Um capital aplicado a juros simples durante 2 anos, sob taxa de juros de 5% ao mês, gerou um montante de R$ 26.950,00. Determine o valor do capital aplicado.
Resolução:
Montante (M) = R$ 26.950,00
Tempo (t) = 2 anos = 24 meses
Taxa (i) = 5% ao mês = 5/100 = 0,05
Para determinarmos o capital precisamos fazer a seguinte adaptação:
M = C + J
J = M \u2013 C
Substituindo na fórmula J = C * i * t, temos:
M \u2013 C = C * i * t
26950 \u2013 C = C * 0,05 * 24
26950 \u2013 C = C * 1,2
26950 = 1,2C + C
26950 = 2,2C
C = 26950/2,2
C = 12250
Portanto, o capital aplicado foi de R$ 12250,00.
3) Um investidor aplicou a quantia de R$ 500,00 em um fundo de investimento que opera no regime de juros simples. Após 6 meses o investidor verificou que o montante era de R$ 560,00. Qual a taxa de juros desse fundo de investimento?
Resolução:
Capital (C) = R$ 500,00
Montante (M) = R$ 560,00
Tempo (t) = 6 meses
Calculando os juros da aplicação
J = M \u2013 C
J = 560 \u2013 500
J = 60
Aplicando a fórmula J = C * i * t
60 = 500 * i * 6
60 = 3000*i
i = 60/3000
i = 0,02 que corresponde a 2%.
A taxa de juros do fundo de investimentos é igual a 2%.
	Avaliação: A turma será avaliada mediante a uma prova que será feita por eles após a fase de explicação e de exercícios de memorização e aplicação da fórmula.
Avaliação 
1) Calcular os juros simples de R$ 1.200,00 a 13 % a.t. por 4 meses e 15 dias.
Se a taxa é 13% (ou seja, 0,13) ao trimestre, vamos dividi-la por 6 para encontrar a taxa a cada 15 dias (visto que um trimestre tem 6 períodos de 15 dias):
0.13 / 6 = 0.02167
Logo, para 4 meses e 15 dias, a taxa é 0.02167 x 9 = 0.195. Portanto:
J = 1200 x 0.195 = R$ 234,00
2) Calcular os juros simples produzidos por R$ 40.000,00, aplicados à taxa de 36% a.a., durante 125 dias.
Temos: J = P.i.n
A taxa de 36% a.a. equivale a 0,36/360 dias = 0,001 a.d.
Agora, como a taxa e o período estão referidos à mesma unidade de tempo, ou seja, dias, poderemos calcular diretamente:
J = 40000.0,001.125 = R$ 5.000,00
3) Qual o capital que aplicado a juros simples de 1,2% a.m. rende R$ 3.500,00 de juros em 75 dias?
Temos imediatamente: 
J = P.i.n
3500 = P.(1,2/100).(75/30)
Observe que expressamos a taxa i e o período n em relação à mesma unidade de tempo, meses. Logo,
3500 = P. 0,012 . 2,5
3500 = P . 0,030;
Daí, vem:
P = 3500 / 0,030 = R$ 116.666,67
4) Se a taxa de uma aplicação é de 150% ao ano, quantos meses serão necessários para dobrar um capital aplicado através de capitalização simples?
Objetivo: M = 2.P
Dados: i = 150/100 = 1,5
Fórmula: M = P (1 + i.n)
Desenvolvimento:
2P = P (1 + 1,5 n)
2 = 1 + 1,5 n
n = 2/3 ano = 8 meses
	Fechamento:
Correção das atividades propostas e debates com os alunos sobre os temas;
Avaliação.