Manual de Licitação em Contratos TCU
270 pág.

Manual de Licitação em Contratos TCU


DisciplinaDireito Administrativo IV484 materiais1.277 seguidores
Pré-visualização50 páginas
antecipado deverá estar condicionado à prestação de garantia efetiva, idônea e 
suficiente para a cobertura do montante antecipado a título de pagamento, na forma 
previamente estabelecida no ato convocatório da licitação ou nos instrumentos 
formais de contratação direta, e no contrato.
Antecipação de pagamento não é regra. É exceção.
Pagamento será feito mediante saque contra o agente financeiro, para crédito 
em conta bancária do credor, no banco indicado. Quando devidamente autorizado 
e justificado, pode o agente financeiro fazer o pagamento em espécie. 
Nos pagamentos que a Administração efetuar, deve ser exigido das empresas 
optantes pelo Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das 
Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte \u2013 Simples, juntamente com a nota 
fiscal/fatura, o encaminhamento de declaração que comprove essa opção.
Declaração de optante deve ser apresentada em 
original, nos termos do modelo constante da Instrução 
Normativa nº 480/2004, da Secretaria da Receita 
Federal (Anexo IV) e deste Manual (Anexo II).
DELIBERAÇÕES DO TCU
Nos pagamentos efetuados aos contratados a título de ISS deve ser 
considerada a alíquota real estabelecida pelos municípios envolvidos, e não 
aquela considerada no BDI da empresa.
Acórdão 32/2008 Plenário (Sumário)
Tribunal de Contas da União
694
Em contratos que, por sua natureza, não for possível a quantificação e 
orçamentação completa dos serviços a serem realizados, tais quais os de 
duração contínua, destinados as atividades administrativas dos órgãos 
ou entidades públicas, cujo orçamento tenham por base o tamanho ou 
dimensionamento do pessoal a ser disponibilizado pela contratada, impende 
que o administrador, sem prejuízo das comprovações cabíveis aplicáveis 
aos diversos itens contratuais, condicione os pagamentos ao efetivo 
comparecimento do pessoal previsto.
Acórdão 1904/2007 Plenário (Sumário)
Os bens e serviços entregues pelo contratado devem atender às exigências 
contratuais sob pena de glosa nos pagamentos.
Acórdão 1553/2007 Plenário (Sumário)
Adota-se medida cautelar com vistas à retenção de parte dos futuros 
pagamentos devidos às empresas contratadas, em percentual definido a 
partir dos sobrepreços apurados nos contratos, quando há fundado receio 
de grave lesão ao erário em razão da execução das avenças com os preços 
ali praticados.
A retenção de valores nas faturas seguintes dos contratos, em razão de 
sobrepreço apurado, atende duplamente o interesse público na medida em que 
resguarda o erário da concretização do pagamento de valores possivelmente 
indevidos ao tempo em que permite o prosseguimento de relevantes obras, 
bem assim a continuidade dos pagamentos não questionados na lide.
Acórdão 1372/2007 Plenário (Sumário)
O pagamento de obrigações relativas ao fornecimento de bens, locações, 
obras e prestação de serviços deve ser precedido de prévio empenho, 
efetivado conforme a ordem cronológica das datas das respectivas exigências 
e suportado por disponibilidade orçamentária comprovada, a teor do que 
dispõem o art. 7º, § 2º, inciso III, da Lei nº 4.320/1964, e arts. 5º e 7º, § 2º, inciso 
IIII, da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 599/2007 Plenário (Sumário)
É vedada antecipação de pagamentos, salvo em caráter excepcional, se 
vantajosa para a administração e mediante garantias.
Acórdão 77/2007 Plenário (Sumário)
Retire do percentual de BDI utilizado no orçamento básico as despesas 
relacionadas à Administração Local do empreendimento, as quais deverão 
ser incorporadas à planilha analítica dos serviços, de maneira a possibilitar 
695
Licitações e Contratos - Orientações e Jurisprudência do TCU
o pagamento das despesas efetivamente incorridas e evitar possíveis 
desequilíbrios financeiros no contrato.
Acórdão 2397/2008 Plenário 
Defina as metodologias de medição dos resultados e de avaliação da qualidade 
dos serviços prestados, com a fixação de variáveis objetivas, critérios de 
avaliação, escalas de valores e patamares mínimos considerados aceitáveis 
pela Administração, deixando clara a vinculação e a sujeição da aceitação e do 
pagamento dos serviços prestados à satisfação dos requisitos definidos.
Acórdão 2331/2008 Plenário
Inclua nos contratos, nas licitações realizadas para a execução indireta de 
serviços, com fundamento nos arts. 54, § 1º, in fine, e 55, inciso xI, da Lei 
nº 8.666/1993, cláusula em que a empresa contratada obriga-se a pagar os 
salários lançados em sua proposta, bem assim que autorize à contratante 
fiscalizar periodicamente o efetivo pagamento dos valores salariais lançados 
na proposta contratada, mediante a verificação das folhas de pagamento 
referentes aos meses de realização dos serviços, de cópias das carteiras 
de trabalho dos empregados, dos recibos e dos respectivos documentos 
bancários, entre outros meios de fiscalização cabíveis.
Acórdão 2281/2008 Plenário 
Cumpra a ordem cronológica das datas de exigências para os pagamentos das 
obrigações relativas a fornecimento de bens, locações, obras e prestação de 
serviços, em atenção ao disposto no art. 5º da Lei nº 8.666/1993.
Verifique a regularidade fiscal das empresas contratadas ao proceder 
a pagamentos por serviços por elas prestados, devendo, ainda, restar 
comprovado, no respectivo processo de pagamento, o recolhimento dos 
encargos sociais dos empregados dessas empresas que prestaram serviços 
à Administração, nos termos dos arts. 13, § 3º, 55, inciso xIII, e 71 da Lei no 
8.666/1993, do art. 195, § 3º, da Constituição Federal e da Decisão no 705/1994 
Plenário.
Acórdão 2105/2008 Plenário
Pague somente serviços prestados na totalidade, mediante evidência 
documental da realização dos serviços contratados, de acordo com a qualidade 
prevista no edital da licitação e após o efetivo controle dos fiscais do contrato, 
conforme disposto no art. 3º da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 1330/2008 Plenário
Tribunal de Contas da União
696
Verifique, a cada pagamento, a regularidade dos contratados com a Seguridade 
Social e o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), nos termos 
do § 3º do art. 195 da Constituição Federal e no inciso IV do art. 29 da Lei 
nº 8.666/1993, de acordo com o entendimento firmado por este Tribunal 
na Decisão 705/1994 Plenário.
Abstenha-se de realizar pagamentos de serviços de natureza continuada que 
não estejam devidamente suportados em contrato em vigor, tendo em vista 
o que dispõe o parágrafo único do art. 60 da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 1299/2008 Plenário 
O TCU firmou entendimento, aplicável a todos os órgãos/entidades da 
Administração Pública Federal, no sentido da inclusão, em editais e contratos 
de execução continuada ou parcelada, de cláusula que estabeleça a 
possibilidade de subordinação do pagamento à comprovação, por parte da 
contratada, da manutenção de todas as condições de habilitação, aí incluídas 
a regularidade fiscal para com o FGTS e a Fazenda Federal, com o objetivo de 
assegurar o cumprimento do art. 2º da Lei nº 9.012/95 e arts. 29, incisos III e 
IV, e 55, inciso xIII, da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 837/2008 Plenário 
Trago à lume, por fim, na esteira da jurisprudência desta Corte, que a retenção 
de valores nas faturas vincendas atende duplamente ao interesse público, 
na medida em que resguarda o erário da concretização do pagamento de 
valores possivelmente indevidos e permite o prosseguimento de obras/
serviços relevantes, bem assim a continuidade dos pagamentos não 
questionados na lide.
Acórdão 290/2008 Plenário (Voto do Ministro Relator)
Abstenha-se de realizar pagamento antecipado, em face do que estabelece o 
art. 62 da Lei nº 4.320/1964, admitindo-se, contudo, em caráter excepcional,