Manual de Licitação em Contratos TCU
270 pág.

Manual de Licitação em Contratos TCU


DisciplinaDireito Administrativo IV484 materiais1.277 seguidores
Pré-visualização50 páginas
mediante as indispensáveis cautelas ou garantias, o pagamento de parcela 
contratual, nas hipóteses previstas no art. 38 do Decreto nº 93.872/1986.
Acórdão 157/2008 Plenário
Não admita cláusulas que prevejam a possibilidade de pagamento antecipado, 
tendo em vista o disposto nos arts. 62 e 63 da Lei nº 4.320/1964.
Acórdão 103/2008 Plenário 
Adote medidas para, nos contratos com custos de insumos vinculados à 
variação cambial, aproximar temporalmente verificações de medições de 
serviços prestados e respectivos pagamentos, de modo a viabilizar aumento 
697
Licitações e Contratos - Orientações e Jurisprudência do TCU
da freqüência destes últimos e, com isso, viabilizar rápida compensação de 
eventuais pagamentos a maior ou a menor.
Acórdão 87/2008 Plenário 
Exija maior detalhamento dos custos do item de serviço \u201cinstalação e 
manutenção do canteiro de obras\u201d, identificando, de forma segregada, os 
custos de instalação e os de manutenção, de forma a evitar irregularidades 
como as constatadas nos Contratos (...), em que os pagamentos referentes aos 
custos de manutenção dos respectivos canteiros de obras foram efetuados 
de forma antecipada.
Acórdão 32/2008 Plenário 
Abstenha-se de efetuar pagamentos sem a formalização de contrato ou outro 
documento que o substitua e contenha os requisitos mínimos do objeto, os 
direitos e as obrigações básicas das partes.
Acórdão 1481/2007 Plenário 
Abstenha-se de efetuar pagamentos sem a existência de elementos 
comprobatórios da efetiva realização dos serviços.
Acórdão 648/2007 Plenário
Permita que o atesto de faturas ou notas fiscais seja feito somente por pessoa 
que detenha competência técnica para analisar a adequabilidade da prestação 
de serviços ou entrega de bens.
Emita empenho e efetue pagamentos a fornecedores que estejam em plena 
regularidade fiscal para com as Fazendas Federal, Estadual e Municipal, nos 
termos dos arts. 29, inciso III, 55, incisos III e xIII, e 71 da Lei nº 8.666/1993, e 
63, § 2°, inciso I, da Lei nº 4.320/1964.
Acórdão 645/2007 Plenário
O atraso de pagamento por parte do Poder Público sujeita-o a preservar o valor 
do crédito de sua contraparte, mediante correção monetária, segundo critérios 
previstos no ato convocatório (art. 5º, § 1º). Tal correção incidirá, conforme 
previsto no art. 7º, § 7º, \u2018desde a data final de cada período de aferição até a 
do respectivo pagamento\u2019. (...)
Averbe-se que a correção monetária é a simples variação numérica expressiva 
de um mesmo valor que permanece inalterado e tão-somente passa a 
ser expresso por números diferentes. (...) Como sua justificativa óbvia é 
impedir que o credor, por força da erosão da moeda, receba menos do que 
o efetivamente devido e, correlatamente, impedir que o inadimplente se 
enriqueça indevidamente, beneficiando-se da própria mora, o cabimento 
dela, em tal caso, independeria de previsão do edital ou do contrato. (...) É 
claríssimo, pois, que enquanto existirem índices que oficialmente retratem 
Tribunal de Contas da União
698
o desgaste da moeda não há como fugir à correção monetária no caso de 
pagamentos em atraso (...)
Pode-se dar o caso, ainda, de o contratado fazer jus a pagamentos 
decorrentes de reajustes ou de recomposições de preços, estas últimas 
às vezes denominadas revisões de preços. São figuras distintas entre si e 
completamente diversas da correção monetária.
Acórdão 474/2005 Plenário (Relatório do Ministro Relator)
Efetue a retenção dos 11% do valor bruto da nota fiscal ou fatura, referentes 
ao INSS, nos contratos de serviços executados mediante cessão de mão-de-
obra, inclusive em regime temporário, conforme estabelece o art. 23 da Lei 
nº 9.711/1998, que altera o art. 31 da Lei nº 8.212/1991, c/c a O.S. INSS/DAF 
nº 209/1999. 
Acórdão 251/2005 Plenário 
Abstenha de realizar pagamentos antecipados, sem que tal procedimento 
seja tecnicamente justificável e que esteja previsto no instrumento 
convocatório, por estar em dissonância com o previsto no art. 38 do Decreto 
nº 93.872/1986 c/c os arts. 62 e 63 da Lei nº 4.320/1964 e art. 65, inc. II, \u201cc\u201d, da 
Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 589/2010 Primeira Câmara
Não efetue pagamentos às empresas contratadas sem a prévia comprovação 
do cumprimento das exigências contratuais estabelecidas, nos termos dos 
arts. 62 e 63 da Lei nº 4.320/1964.
Acórdão 1591/2008 Primeira Câmara
Imprima e anexe aos processos de pagamentos as consultas feitas ao Sistema 
de Cadastramento Unificado de Fornecedores - Sicaf sobre a situação de 
fornecedores que acusarem algum tipo de ocorrência. 
Arquive, nos processos de pagamento, documentos integrais e perfeitamente 
legíveis. 
Acórdão 483/2006 Primeira Câmara 
Proceda à retenção de tributos pertinentes a cada pagamento efetuado. 
Promova a retenção de imposto sobre serviços - ISS prevista na Lei nº 
16.128/1994 (GDF). 
Recolha na fonte os impostos federais previstos na IN/SRF nº 306/2003, 
conforme definido na norma. 
Acórdão 176/2006 Primeira Câmara 
699
Licitações e Contratos - Orientações e Jurisprudência do TCU
Atente para a necessidade de exigir, a cada pagamento referente a contrato 
de execução continuada ou parcelada, comprovação de regularidade fiscal 
para com:
a Seguridade Social (INSS e contribuições sociais administradas pela \u2022	
Secretaria da Receita Federal); 
o FGTS (CEF); e \u2022	
a Fazenda Federal (SRF e PGFN);\u2022	
Em observância aos arts. 195, § 3º da Constituição Federal; 29, incisos III e IV, 
e 55, inciso xIII, da Lei nº 8.666/1993; 27, \u201ca\u201d, da Lei nº 8.036/1990; 2º da Lei 
nº 9.012/1995; 47 da Lei nº 8.212/1991; 16 e parágrafo único, 84, inciso I, alínea 
a e § 10, alíneas a e b do Decreto 612/1992 e Decreto-lei 147/1967;
De modo a afastar, inclusive, a possibilidade de, por força do Enunciado TST 
331, vir a responder subsidiariamente pelo inadimplemento de encargos 
trabalhistas. 
Acórdão 593/2005 Primeira Câmara 
Abstenha-se de antecipar, total ou parcialmente, pagamentos que, a princípio, 
somente serão devidos ao término da execução dos serviços contratados, 
observando, para tanto, o cronograma de pagamentos previamente definido 
no instrumento contratual.
Acórdão 523/2010 Primeira Câmara (Relação)
Abstenha-se de permitir que colaboradores de empresas contratadas atestem 
as faturas de fornecimento de serviços por parte dessas empresas.
Acórdão 291/2009 Segunda Câmara 
Abstenha-se de autorizar pagamentos antes de respeitada, em sua inteireza, 
as fases de processamento da despesa que lhes precedem, atendendo aos 
preceitos estabelecidos nos arts. 62 e 63 da Lei nº 4.320/1964.
Acórdão 1017/2007 Segunda Câmara 
Anexe, ao processo de pagamento, o termo de opção dos fornecedores 
inscritos no Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições 
das Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte - Simples. 
Acórdão 254/2004 Segunda Câmara 
Exclua do pagamento mensal devido à adjudicatária, enquanto essa 
permanecer na condição de empresa de pequeno porte, os valores referentes 
às contribuições afetas às entidades do terceiro setor, restabelecendo o 
pagamento, automaticamente, caso a empresa venha a perder a condição 
supracitada, considerando o prescrito no art. 13, § 3º, da Lei Complementar 
nº123/2006.
Tribunal de Contas da União
700
Acórdão 387/2010 Segunda Câmara (Relação)
Verifique, nas contratações, se a contratada está em situação regular para com 
a Seguridade Social, FGTS e Fazenda Federal no ato de cada pagamento a ser 
efetuado, consoante determinação contida no Acórdão 593/2005 Primeira 
Câmara.
Acórdão 96/2010 Segunda Câmara (Relação)
Consulte também as Decisões: Plenário: 955/2002, 777/2000, 472/1999, 197/1997; 
os Acórdãos: Plenário: 3373/2006, 1945/2006, 1326/2006, 1566/2005,