Manual de Licitação em Contratos TCU
270 pág.

Manual de Licitação em Contratos TCU


DisciplinaDireito Administrativo IV484 materiais1.262 seguidores
Pré-visualização50 páginas
dos aditamentos contratuais, em 
cumprimento ao disposto no art. 65, caput, da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 3667/2009 Segunda Câmara 
Por ocasião da celebração de aditamentos para prorrogação do prazo 
de vigência dos contratos de prestação de serviços executados de forma 
contínua:
adote providências no sentido de promover a assinatura dos respectivos \u2022	
termos de aditamento até o término da vigência do respectivo contrato, 
uma vez que, transposta a data final de vigência, o contrato é considerado 
extinto, não sendo juridicamente cabível a prorrogação ou a continuidade 
da execução dele, nem a assinatura com data retroativa, nos termos do 
art. 60, parágrafo único, da Lei nº 8.666/1993;
realize pesquisa prévia dos preços de mercado capaz de justificar ou não \u2022	
o aditamento, consignando-a expressamente nos autos, para fins de 
observância ao disposto no art. 57, inciso II, da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 3010/2008 Segunda Câmara 
Não celebre termo de aditamento extemporâneo, haja vista o disposto no art. 
65, caput, da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 555/2004 Segunda Câmara
Observe o disposto no art. 109 da Lei nº 11.768/2008, elaborando as 
planilhas de orçamento das obras a serem contratadas a partir de custos 
unitários de insumos ou serviços iguais ou menores que a mediana de seus 
correspondentes no Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e índices da 
Construção Civil (SINAPI), atentando que, somente em condições especiais, 
Tribunal de Contas da União
660
devidamente justificadas em relatório técnico circunstanciado, elaborado por 
profissional habilitado e aprovado pela autoridade competente, poderão os 
respectivos custos unitários exceder esses valores.
Acórdão 384/2010 Segunda Câmara (Relação)
Cumpra o disposto nos arts. 7, § 2º, II e 40, § 2º, inciso IV, da Lei nº 8.666/1993, 
no sentido de, previamente à fase externa das licitações, elaborar orçamento 
detalhado em planilhas que expressem a composição de todos os custos 
unitários, elemento este integrante do edital.
Acórdão 383/2010 Segunda Câmara (Relação)
Consulte também a Decisão: Plenário: 820/1997; os Acórdãos: Plenário: 
2386/2006, 1326/2006, 1317/2006, 20/2006, 297/2005, 250/2005, 1913/2003, 1656/2003, 
1454/2003; Segunda Câmara: 291/2009, 1077/2004 (Relação), 456/2003.
Apostila
Apostila é a anotação ou registro administrativo de modificações contratuais que 
não alteram a essência da avença ou que não modifiquem as bases contratuais.
Segundo a Lei nº 8.666/1993, a apostila pode ser utilizada nos seguintes casos:
variação do valor contratual decorrente de reajuste previsto no contrato;\u2022	
atualizações, compensações ou penalizações financeiras decorrentes das \u2022	
condições de pagamento;
empenho de dotações orçamentárias suplementares até o limite do valor \u2022	
corrigido.
Na prática, a apostila pode ser:
feita no termo de contrato ou nos demais instrumentos hábeis que o \u2022	
substituem, normalmente no verso da última página;
juntada por meio de outro documento ao termo de contrato ou aos demais \u2022	
instrumentos hábeis.
Lição do ilustre Professor Jessé Torres Pereira Junior exemplifica claramente o 
apostilamento: \u201cna prática dos Tribunais de Contas, basta anotar-se a ocorrência no 
verso do termo do contrato, se for este o instrumento, ou emitir nota de empenho 
suplementar\u201d (Comentários à Lei das Licitações e Contratações da Administração 
Pública. [S.l.]: Editora Renovar, 5. ed., p. 663). 
661
Licitações e Contratos - Orientações e Jurisprudência do TCU
Alterações contratuais não necessitam ser 
formalizadas mediante termo de aditamento. 
É preciso apenas o registro por apostila.
DELIBERAÇÕES DO TCU
No apostilamento ao contrato, deve ser realizado o cálculo do primeiro 
reajustamento, considerando o período entre o marco inicial e a data de 
assinatura do contrato, fazendo-se os reajustes seguintes com periodicidade 
de um ano.
(...)
Então, o reajuste pode ser realizado por meio de simples apostilamento ao 
contrato (art. 65, § 8º da Lei 8.666/93) pois este, por determinação do art. 55, 
inciso xI da Lei 8.666/93, deve espelhar fielmente os termos da proposta.
... 
Sobre esse ponto, a opinião da analista esposada no item 2.6.15 (fl. 24) parece 
a mais apropriada. Segundo ela, o termo contratual deve refletir os termos 
do edital, ou do procedimento que a dispensou, bem como os da proposta 
do licitante. Continua: \u2018Não há impedimento que, logo após a assinatura do 
contrato seja concedido o reajuste mediante seu apostilamento, de modo que 
o contrato já possa receber seu primeiro pagamento pelos valores reajustados\u2019, 
a teor do art. 65, § 8º, da Lei 8.666/93.
De fato, esse encaminhamento é, em essência, pertinente e adequa-se ao 
preceito contido no art. 40, inciso xI. Todavia, no caso específico de se garantir 
os termos da proposta, entendo que a assinatura de termo aditivo é preferível 
ao simples apostilamento.
Veja que a apostila é procedimento simplificado utilizado nos casos em 
que as alterações do valor pactuado decorrem de reajuste, atualizações, 
compensações ou penalizações previstas no próprio contrato. Não se aplica 
nas hipóteses de alterações nas bases contratuais. De ressaltar que o art. 65, 
§ 8º, dispõe que o apostilamento é opcional, já que usa a frase \u2018podendo ser 
registrados por simples apostila\u2019.
Acórdão 474/2005 Plenário (Relatório do Ministro Relator)
Adote providências no sentido de efetuar o apostilamento dos reajustes 
contratuais concedidos, observando, assim, as disposições contidas no § 8° 
do art. 65 da Lei nº 8.666/1993, anexando-os aos respectivos contratos.
Acórdão 1613/2004 Segunda Câmara
Tribunal de Contas da União
662
Restrinja a formalização de reajuste de contrato por apostila somente às 
previsões expressas no artigo 65, § 8º, da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 576/2004 Segunda Câmara
Deve ser cumprido o art. 56 da Lei nº 8.666/1993, se prevista a exigência de 
garantia no contrato e, caso seja afastada excepcionalmente tal prescrição em 
momento posterior à assinatura do ajuste, seja efetivada apostila ao respectivo 
contrato, a fim de espelhar a não-exigência da garantia inicialmente requerida 
pela Administração.
Acórdão 595/2001 Segunda Câmara
Contrato Verbal
Contrato verbal constitui exceção somente permitida para pequenas compras 
de pronto pagamento, cujo valor seja igual ou inferior a 5% do limite estabelecido 
no art. 23, inciso II, alínea a, da Lei nº 8.666/1993, ou seja, para compras que não 
ultrapassem R$ 4.000,00.
Compras até esse valor são efetuadas geralmente pelo regime de aditamento 
ou suprimento de fundos.
Nos demais casos, é nulo e não produz efeito o contrato verbal celebrado pela 
Administração Pública.
Contrato verbal pode ser aceito somente em 
relação a despesas efetivadas em regime de 
adiantamento ou suprimento de fundos.
DELIBERAÇÕES DO TCU
Abstenha-se de autorizar a execução de serviços sem cobertura contratual, 
em observância ao art. 60, parágrafo único, da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 890/2007 Plenário (Sumário) 
Também nos termos do art. 60 da Lei nº 8.666/1993, é defeso celebrar 
contrato verbal, salvo o de pequenas compras e pronto pagamento, mas 
ainda assim, no limite não superior a R$ 4.000,00, ou seja, 5% do valor do 
limite de convite para compras e serviços que não se refiram a engenharia 
(art. 23, II, \u201ca\u201d, desse Diploma).
Acórdão 1550/2008 Plenário (Voto do Ministro Relator) 
663
Licitações e Contratos - Orientações e Jurisprudência do TCU
Evitem a realização de contrato verbal, sob pena de nulidade do ato de 
contratação (Redação dada pelo Acórdão 1215/2008 Plenário).
Acórdão 710/2008 Plenário
Abstenha-se de autorizar a execução de serviços sem cobertura contratual, 
em conformidade