Resumo receitas públicas
73 pág.

Resumo receitas públicas


DisciplinaDireito Administrativo IV484 materiais1.247 seguidores
Pré-visualização15 páginas
à determinação constitucional ou legal, ou ao objeto pactuado. Tais transferências ocorrem entre entidades públicas de diferentes esferas ou entre entidades públicas e instituições privadas.
Englobam também as TRANSFERÊNCIAS DE PESSOAS FÍSICAS: Compreendem as contribuições e doações que pessoas físicas realizem para a Administração Pública.
1.9.0.0.00.0.0 Outras Receitas Correntes: envolvem diversas outras receitas não enquadradas nas classificações anteriores \u2013 multas, juros de mora, indenizações, cobranças da dívida ativa e receitas diversas (rendas de loterias, receitas de cemitérios etc.). Indenizações, Restituições (Que são recebidas pelos Órgãos) / Multas, juros / RECEBIMENTO DA DÍVIDA ATIVA.
MCASP 8: Constituem-se pelas receitas cujas características não permitam o enquadramento nas demais classificações da receita corrente, tais como indenizações, restituições, ressarcimentos, multas administrativas, contratuais e judiciais, previstas em legislações específicas, entre outras.
MCASP 8 não diz NADA sobre dívida ativa e multas e juros da dívida ativa como sendo outras receitas.
Mas se falar \u201cmulta\u201d de maneira geral, como aquela aplicada pela ADM, vai ser outras receitas sim.
CUIDADO: Tem o lance agora de que dívida ativa ficaria sobre o mesmo grupo da receita original (Devido ao último dígito da classificação \u2013 TIPO), somente sendo diferenciada no ultimo digito (TIPO) , mas não vi nada caindo sobre isso. As questões mais antigas consideram ainda dívida ativa como outras receitas correntes.
Obs.: Comentário de prova resolvida de 2018 (https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/prova-comentada-e-recursos-tce-pb-auditor/)
b) As contribuições sociais e de melhoria, assim como as multas decorrentes do não pagamento de impostos, classificam-se como receitas tributárias.
FALSO. Tem um erro evidente que é falar que contribuição social é receita tributária. Mas olha o que o professor comenta sobre as multas decorrentes de não pagamento de impostos
JÁ AS MULTAS DE IMPOSTOS, classificam-se, segundo a nova classificação da receita, COMO RECEITA TRIBUTÁRIA, IDENTIFICADAS PELO TIPO.
Q906549 O ingresso de determinado recurso é definido como receita agropecuária na classificação da receita pública por (...) Ai tinha nas respostas () categoria econômica / () origem / () espécie....
ORIGEM!
Q46101 Receitas próprias dos órgãos da administração pública, como tarifas e preços públicos, têm registro na LOA.
CORRETO. As duas são receitas CORRENTE \u2013 SERVIÇOS. 
Q68701 As transferências de recursos intergovernamentais podem constituir, para o ente beneficiário, receitas correntes ou receitas de capital.
CORRETO. São as receitas de transferências \u2013 pode ser tanto transferência corrente ou de capital.
Q269483 O produto da arrecadação de multas resultantes das atividades exercidas pela ANCINE integra a receita corrente dessa agência
CORRETO. Multa são \u201coutras receitas correntes\u2019.
Q868694 A concessão de um serviço público para um particular representará uma receita de capital caso implique cessão de patrimônio imobiliário do Estado a terceiro
FALSO. Cessão é diferente de alienação. Cessão é tipo um aluguel do bem público para o particular. Ora , se é um aluguel , temos uma receita corrente de origem patrimonial. 
Q351282 Receitas provenientes da dívida ativa da União devem ser classificadas como outras receitas correntes
CORRETO. É uma questão de 2013 na classificação antiga. Se a prova vier perguntando SECO responde que receita da divida ativa é outras receitas correntes PORQUE ESTÁ NO MTO 2018 EXPRESSAMENTE ASSIM. 
CUIDADO: Alienação de bens, APREENDIDOS OU CAUCIONADOS, será receita corrente (pois não está alienando ativo e sim alienando algo que ela apreendeu \u2013 que não era patrimônio seu)
CUIDADO: Recebimento da dívida ativa \u201cde amortização de empréstimos\u201d seria receita de CAPITAL.
Porque quando usamos o termo \u201camortização de empréstimos\u201d falando de receita , seria receber a amortização de um empréstimo , ou seja , a entidade que forneceu o empréstimo. E receber amortização é uma mera receita de capital.
RESUMO DOS JUROS:
1- Juros sobre aplicações financeiras ou aplicação de disponibilidade em operações de mercado 
RECEITA CORRENTE \u2013 PATRIMONIAL (pois é um juros sobre um rendimento de um ATIVO permanente)
2-Juros sobre empréstimos concedidos 
RECEITA CORRENTE - SERVIÇOS
3- Juros da dívida ativa 
OUTRAS RECEITAS CORRENTES (pela classificação antiga)
Diferença entre tarifa e taxa:
Súmula 545 STF: Preços de serviços públicos e taxas não se confundem, porque estas, diferentemente daqueles, são compulsórias e têm sua cobrança condicionada à prévia autorização orçamentária, em relação à lei que a instituiu
Capital
Classificação quanto a natureza \u2013 ORIGEM \u2013 Receitas CAPITAL: (OP A T O A )
2.1.0.0.00.0.0 Operações de Crédito: recursos financeiros oriundos da colocação de títulos públicos OU da contratação de empréstimos junto a entidades públicas ou privadas, internas ou externas.
Q330883 As receitas advindas de operações de crédito são oriundas da venda de títulos públicos ou da contratação de empréstimos e financiamentos internos ou externos, auferidos junto a entidades estatais ou privadas, e devem ser classificadas como receitas de capital
2.2.0.0.00.0.0 Alienação de Bens: ingressos financeiros provenientes da alienação de bens móveis, imóveis ou intangíveis de propriedade do ente público. O art. 44 da LRF veda a aplicação da receita de capital derivada da alienação de bens e direitos que integram o patrimônio público para o financiamento de despesa corrente, SALVO se destinada por lei aos regimes de previdência social, geral e próprio dos servidores públicos.
2.3.0.0.00.0.0 Amortização de Empréstimos: ingressos financeiros provenientes da amortização de financiamentos ou empréstimos que o ente público haja previamente concedido. Embora a amortização do empréstimo seja origem da categoria econômica Receitas de Capital, OS JUROS RECEBIDOS associados ao empréstimo são classificados em Receitas Correntes / de Serviços / Serviços e Atividades Financeiras / Retorno de Operações, Juros e Encargos Financeiros, pois os juros representam a remuneração do capital.
Sempre lembrar que amortização de empréstimos CONCEDIDOS (amortizar o principal) é uma receita de capital. Já amortização de empréstimo OBTIDOS seria uma despesa de capital. 
Os JUROS desses empréstimo concedidos serão receitas correntes \u2013 SERVIÇOS.
2.4.0.0.00.0.0 Transferências de Capital: recursos financeiros recebidos de outras pessoas de direito público ou privado destinados a atender despesas com investimentos ou inversões financeiras, independentemente da contraprestação direta a quem efetuou essa transferência. Por outro lado, a utilização dos recursos recebidos vincula-se ao objeto pactuado. Tais transferências ocorrem entre entidades públicas de diferentes esferas ou entre entidades públicas e instituições privadas.
2.9.0.0.00.0.0 Outras Receitas de Capital envolvem as receitas de capital não classificáveis nas outras fontes, como, por exemplo, 
Indenização que a Petrobras paga aos Estados e Municípios pela extração de petróleo, xisto e gás. 
Resultado positivo do BACEN. 
Remuneração dos recursos da Conta Única do Tesouro. 
Superávit do orçamento corrente (MAS O SOC é extraorçamentária)
MCASP 8: São classificadas nessa origem as receitas de capital que não atendem às especificações anteriores. Enquadram-se nessa classificação, a integralização de capital social, a remuneração das disponibilidades do Tesouro Nacional, resgate de títulos do Tesouro, entre outras.
VI EM PROVA: - \u201cRemuneração de depósitos bancários\u201d é receita de CAPITAL!
Q337473 As receitas decorrentes da dívida ativa da amortização de empréstimos são classificadas como receita de capital
CORRETO. Questão muito estranha. Mas de fato receber amortização de empréstimos é receita de capital, receber uma dívida ativa desta amortização também deve ser receita de capital. 
Espécie