Resumo ciclo orcamentário
41 pág.

Resumo ciclo orcamentário


DisciplinaAdministração Financeira e Orçamentária I1.930 materiais16.562 seguidores
Pré-visualização10 páginas
da administração direta, indireta ou fundacional.
CORRETO. De fato , são as U.O que recebem as dotações previstas na LOA , entoa certamente elas fazem parte do orçamento. E também sabemos que as vezes as U.O são \u201cabstrações\u201d , porque não são órgãos/ estruturas físicas propriamente ditas , mas somente existem \u201cno sistema\u201d.
1) A Unidade Orçamentária = constitui o agrupamento de serviços subordinados ao mesmo órgão ou repartição a que serão consignadas dotações próprias para realização de seus programas de trabalho, ou seja, é aquela contemplada nominalmente no orçamento.
2) A Unidade Administrativa = é aquela não contemplada nominalmente no orçamento. Estruturada para exercer administração própria. Possui competência para realizar atos de gestão de bens da União e de terceiros. Para tal unidade, fora concedida autonomia ou semi-autonomia administrativa.
3) A Unidade Gestora = consiste na unidade orçamentária ou administrativa, investida de poder de gerir recursos orçamentários e financeiros próprios ou que lhe são descentralizados
SIOP
Q874851 O sistema integrado de planejamento e orçamento destina-se exclusivamente aos processos de elaboração e acompanhamento da lei orçamentária anual.
FALSO. Ele faz além do que isso \u2013 também altera orçamento , acompanha o orçamento, etc.
O Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento \u2013 SIOP é o sistema de informação utilizado na esfera federal no processo orçamentário. Com o SIOP, os órgãos centrais, setoriais e as unidades orçamentárias do Governo Federal passam a ter um único sistema para alimentar e atualizar o cadastro de programas e ações. Ele é utilizado para:
I \u2013 elaboração do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias; (LDO)
II \u2013 elaboração do Projeto de Lei Orçamentária Anual; (LOA)
III \u2013 elaboração e revisão do Projeto de Lei do Plano Plurianual; (PPA)
IV \u2013 alterações orçamentárias: ferramentas para permitir os ajustes necessários ao orçamento durante a execução: créditos suplementares, créditos especiais, créditos extraordinários e ajustes em classificações;
V \u2013 acompanhamento das Estatais: ferramentas para permitir acompanhar a execução orçamentária das Empresas Estatais; e
VI \u2013 acompanhamento orçamentário: ferramentas para permitir o registro físico das Ações orçamentárias da União.