Resumo ciclo orcamentário
41 pág.

Resumo ciclo orcamentário


DisciplinaAdministração Financeira e Orçamentária I1.930 materiais16.561 seguidores
Pré-visualização10 páginas
a um período mais AMPLO QUE 4 ANOS. Ele inicia com a elaboração, discussão, votação e aprovação do PPA; continua com a elaboração, discussão, votação e aprovação da LDO; e, por fim, a elaboração, discussão, votação e aprovação, execução, controle e avaliação da LOA
No que se refere ao orçamento público no Brasil, julgue os próximos itens.
Q334240 O ciclo orçamentário compreenderá a elaboração do Plano Plurianual (PPA), os ajustes da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a aprovação da Lei Orçamentária Anual
FALSO. Essa questão mostra claramente como SE NÃO DISSER expressamente que é conforme a CF, não há que se falar em PPA e LDO. 
CORRETO seria: Elaborar / Aprovar / Executar / Avaliar somente o orçamento ANUAL. 
Q699473 O ciclo orçamentário é constituído de uma sequência de quatro fases, ou etapas, que devem ser cumpridas como parte do processo orçamentário: elaboração, aprovação, execução e acompanhamento.
FALSO. Acredito que o erro estar em chamar a última etapa de acompanhamento, pois acompanhamento tem uma conotação de \u201ccontrole concomitante\u201d, e a última etapa do ciclo é um controle a posteriori. 
I) Acompanhamento se desenrola durante toda a execução, que nada mais é que acompanhar a execução, checando se as metas estão sendo cumpridas , etc. 
II) Avaliação é BEM DIFERENTE, nada tem nada a ver com acompanhar as metas, e sim utilizar informações para melhorar o próximo ciclo. 
Q603036 O ciclo orçamentário pode ser definido como um rito legalmente estabelecido, com etapas que se repetem periodicamente e que envolvem elaboração, discussão, votação, controle e avaliação do orçamento.
CORRETO. E tem vezes que o CESPE não cobra nem um nem outro, faz uma mistura dos dois.
Q355803 Nos termos da CF, o ciclo orçamentário desdobra-se em oito fases, cada uma com ritmo próprio, finalidade distinta e periodicidade definida
CORRETO. Note que quando ele diz \u201cnos termos da CF\u201d é porque ele está falando do ciclo AMPLIADO \u2013 portanto são 8 fases mesmo.
Q835023 O ciclo orçamentário é o período de tempo em que se processam as atividades típicas do orçamento público. Em sua concepção ampliada \u2014 adotada pela Constituição Federal de 1988 \u2014, tal ciclo desdobra-se em oito fases. Uma dessas fases corresponde à elaboração da proposta de orçamento pelo Poder Executivo e a sua submissão ao Poder Legislativo. Essa fase ocorre (....)
C) logo após a apreciação e a adequação da lei de diretrizes orçamentárias pelo Poder Legislativo.
Essa questão CESPE cobrou o ciclo AMPLIADO!
Q590144 Nessa caiu ciclo ampliado \u2013 mas no COMANDO DA QUESTÃO já estava expresso: \u201cCada uma das opções seguintes apresenta algumas das fases do ciclo orçamentário ampliado previsto na CF em vigor. Assinale a opção em que as fases apresentadas, embora (....)\u201d
1- Elaboração / planejamento
Coisas de prova
PROBLEMAS COM O PLOA:
1- PR não enviar o PLOA: Vai se configurar crime de responsabilidade e o Legislativo irá considerar a LOA vigente para o próximo ano. 
Art. 10. São crimes de responsabilidade contra a lei orçamentária: 1- Não apresentar ao Congresso Nacional a proposta do orçamento da República dentro dos primeiros dois meses de cada sessão legislativa;
Lei 4320 Art. 32. Se não receber a proposta orçamentária no prazo fixado nas Constituições ou nas Leis Orgânicas dos Municípios, o Poder Legislativo considerará como proposta a Lei de Orçamento vigente.
2- Sansão do PLOA atrasar (não sancionar até 31 dezembro): vai poder executar a programação prevista no PLOA! (Muitos doutrinadores dizem que isso fere o princípio da legalidade , pois vai executar uma lei de orçamento que nem foi aprovada , mas a LDO confirma!)
LDO 2018 (lei 13474/17) Art. 57. Se o Projeto de Lei Orçamentária de 2018 não for sancionado pelo Presidente da República até 31 de dezembro de 2017, a programação dele constante poderá ser executada para o atendimento de:
3- PLOA for rejeitado: Usa o artigo da CF, e vai executando o orçamento por vias de créditos especiais ou suplementares.
Art. 166 § 8º - Os recursos que, em decorrência de veto, emenda ou rejeição do projeto de lei orçamentária anual, ficarem sem despesas correspondentes poderão ser utilizados, conforme o caso, mediante créditos especiais ou suplementares, com prévia e específica autorização legislativa
Q883436 A proposta orçamentária do Poder Legislativo deve ser apresentada ao Congresso Nacional pelo Poder Executivo. 
CORRETO. A SOF consolida a proposta de TODOS OS PODERES, Para que Então o Executivo envia a proposta ao CN (ai ela vai para a CMO , etc.)
I) CUIDADO sempre para não cair na pegadinha dizendo que o Legislativo envia sua proposta diretamente para o CN.
Q560343 As propostas orçamentárias para os Poderes Legislativo e Judiciário, para o Ministério Público da União e para a Defensoria Pública da União devem ser apresentadas ao Congresso Nacional após a apresentação da proposta do Poder Executivo.
FALSO. Exatamente a pegadinha que alertei na questão passada \u2013 apresenta AO EXECUTIVO pois é o executivo que tem a iniciativa privativa da leis orçamentárias (ele consolida as propostas e envia os projetos de lei).
Q348730 O exercício financeiro coincide com o ano civil, mas a lei orçamentária pode não iniciar sua execução no dia primeiro de janeiro do ano correspondente ao exercício financeiro.
CORRETO. De fato , caso a sanção da loa atrase , é perfeitamente possível que a LOA não inicie sua vigência no dia 1º de janeiro.
Q578108 As propostas apresentadas pelos órgãos setoriais de planejamento e orçamento são consolidadas por programas, com o detalhamento das atividades, projetos e operações especiais
CORRETO. Quem consolida / valida / formaliza a proposta é o órgão setorial, mas quem elabora a proposta é a unidade orçamentária. (Isto está no fluxograma da parte de elaboração da LOA do MTO, pag 88).
I) E de fato , as propostas devem ser consolidadas por programas , que por sua vez desdobram-se em ações, quais sejam: atividades , projetos e operações especiais. 
Q942033 Na elaboração da proposta orçamentária, cabe ao órgão setorial elaborar e apresentar ao órgão central de orçamento a programação orçamentária detalhada da despesa por programa, ação e subtítulo
FALSO. Quem ELABORA a proposta orçamentária é a própria U.O, via SIOP, sendo encaminhada ao respectivo órgão setorial para consolidação e validação , e o órgão setorial então envia essa proposta à SOF. 
MTO 2018 que afirma que as Unidades Orçamentárias é que devem elaborar e apresentar ao órgão central de orçamento a programação orçamentária detalhada da despesa por programa, ação e subtítulo, de modo que nada disso compete ao órgão setorial.
MTO pag 88: tem um fluxograma sobre o processo de elaboração do PLOA, dizendo as competências de cada um:
Unidade orçamentária: 
Pré proposta: Elabora e formaliza a pré proposta, enviando ela ao Órgão setorial.
Proposta Ajusta a proposta ao limite final e formaliza a proposta, enviando ela ao Órgão setorial
Órgão setorial:
Pré proposta: consolida, valida e formaliza a pré proposta, enviando ela para a SOF.
Proposta: Consolida, valida e formaliza a proposta, enviando ela para a SOF.
Q563749 A elaboração do projeto da LOA conta com a participação dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além do MP e da defensoria pública, que ofertarão as respectivas propostas de orçamento para consolidação e apresentação do projeto de lei de iniciativa privativa do chefe do Poder Executivo em até quatro meses antes do encerramento do exercício financeiro.
CORRETO. Note que essa é a afirmativa 100% correta \u2013 TODOS participam da ELABORAÇÃO , mas a competência de consolidar em uma só proposta e enviar a proposta ao legislativo cabe privativamente ao EXECUTIVO. 
Q392246 Para a elaboração da proposta orçamentária no governo federal, os órgãos setoriais e as unidades orçamentárias devem utilizar o Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento.
CORRETO. Elaborar proposta e cadastrar (tudo que for orçamentário) é no SIOP = Sistema Integrado de Planejamento