Gerenciamento de Projetos Estabelecendo Diferenciais Competitivos Ricardo Vargas (2009, Brasport)

Gerenciamento de Projetos Estabelecendo Diferenciais Competitivos Ricardo Vargas (2009, Brasport)


DisciplinaProtista31 materiais83 seguidores
Pré-visualização45 páginas
do time em trabalho conjunto, uma vez que as posições estão previamente definidas;
\u2022 as políticas administrativas já estão compreendidas pelo grupo;
\u2022 a disponibilidade de equipe é controlada pelo gerente funcional, reduzindo os conflitos;
\u2022 eficiência no controle e otimização de cronogramas, já que as pessoas podem trabalhar em projetos e rotina ao mesmo tempo, alternando entre atividades de projeto e rotina quase que instantaneamente;
\u2022 autoridade claramente definida pela hierarquia funcional.
As desvantagens da estrutura funcional são as seguintes:
\u2022 recursos limitados à esfera departamental;
\u2022 burocracia elevada para o projeto, ao utilizar o fluxo do processo de trabalho da empresa;
\u2022 perda de foco no projeto devido ao foco ser dividido com a rotina;
\u2022 orientação departamental do projeto, ou seja, as prioridades do departamento passam a ser as do projeto.
Figura 2.1 \u2013 Estrutura Funcional com destaque em preto para os profissionais alocados no projeto
 
 Gerenciamento de Projetos - Estabelecendo Diferenciais Competitivos (Portuguese Edition)
 
 
 
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL POR PROJETOS 
\u201cTudo está em constante mutação e cada mudança parece um aprimoramento.\u201d
Aléxis de Tocqueville
Modelo organizacional caracterizado por uma estrutura quase exclusiva de projetos na organização, englobando toda a parte funcional da organização dentro de cada projeto. Nessas organizações, os projetos são conduzidos por gerentes de projeto que se dedicam em tempo integral ao projeto e têm autonomia total, inclusive responsabilidade com as atividades de gerente funcional perante os membros do projeto. Têm uma equipe administrativa que se dedica integralmente ao projeto. Os projetos são a razão de ser da empresa. Essas organizações normalmente têm departamentos administrativos que se reportam diretamente aos gerentes de projeto e têm como objetivo único dar suporte aos projetos da empresa.
 
As vantagens de utilizar estruturas de projeto são as seguintes:
\u2022 clara definição de autoridade através da presença do gerente de projeto;
\u2022 processo de comunicação simplificado porque todas as pessoas se reportam ao mesmo gerente de projeto, que está focado nas metas e nos objetivos do projeto;
\u2022 desenvolvimento de especialidades com o aprendizado na atividade de projetos;
\u2022 a empresa voltada para projeto tem foco e prioridade diferenciados para seus projetos, dando força para a busca do atingimento das metas e dos objetivos.
As desvantagens da estrutura de projetos são os seguintes:
\u2022 duplicação de esforços em projetos com igualdade de prioridades sendo desenvolvidos ao mesmo tempo;
\u2022 no término do projeto, corre-se o risco de perda da equipe em função da insegurança criada;
\u2022 competição interna na empresa por poder e recursos;
\u2022 dificuldade na reintegração das pessoas da equipe à estrutura convencional da empresa com o fim do projeto.
Figura 3.1 \u2013 Estrutura por Projetos com destaque para todos os funcionários alocados em projetos
 
 Gerenciamento de Projetos - Estabelecendo Diferenciais Competitivos (Portuguese Edition)
 
 
 
ESTRUTURA MATRICIAL LEVE 
\u201cNas estruturas matriciais leves, muitas vezes, a única pessoa leal ao projeto é seu expedidor ou coordenador.\u201d
Dwayne Cable
Estrutura caracterizada pela alocação de pessoas na condução de projetos com uma pequena autoridade formal sobre as atividades e os recursos do projeto. Esse administrador, coordenador ou expedidor do projeto é, basicamente, um staff dos executivos, que tem a responsabilidade operacional sobre o projeto. Estrutura usada apenas quando o projeto é relativamente pequeno e simples, ou essa iniciativa é a primeira iniciativa de gerenciamento de projetos da empresa.
 
É caracterizada também pela presença da hierarquia funcional na organização, porém sem a mesma força das estruturas funcionais clássicas. Representa uma mistura de características funcionais e de projetos. A importância dada aos projetos ainda é pequena.
As principais atribuições desse profissional são os seguintes:
\u2022 identificar áreas críticas;
\u2022 propor soluções de problemas;
\u2022 encaminhar as decisões de dentro para fora e de fora para dentro do projeto;
\u2022 promover a comunicação entre os integrantes do time;
\u2022 apoiar o gerenciamento do projeto com regularidade.
Figura 4.1 \u2013 Estrutura Matricial Leve
 
 Gerenciamento de Projetos - Estabelecendo Diferenciais Competitivos (Portuguese Edition)
 
 
 
ESTRUTURA MATRICIAL BALANCEADA 
\u201cA estrutura matricial balanceada sempre cria uma situação de conflitos entre o projeto e a linha funcional.\u201d
John R. Adams
Estrutura caracterizada pela alocação de um gerente de projetos formal para conduzir o trabalho no projeto. Esse coordenador ou gerente de projeto passa a ter, agora, um conjunto maior de responsabilidades e é encarregado de coordenar diversas atividades do projeto. Estrutura usada não só apenas quando o projeto ainda é relativamente pequeno e simples, como também nas primeiras experiências de gerenciamento de projetos da empresa. Grande cuidado deve ser tomado com os níveis de conflitos que possam ser gerados entre as áreas funcionais e as de projetos.
 
Como no caso da estrutura matricial leve, esse modelo é também caracterizado pela presença da hierarquia funcional na organização, porém sem a mesma força das estruturas funcionais clássicas. Representa uma mistura de características funcionais e de projetos. A importância dada aos projetos ainda é limitada.
As principais atribuições desse profissional são as seguintes:
\u2022 atribuir atividades aos elementos da estrutura funcional;
\u2022 compartilhar autoridade e decisões com o gerente funcional;
\u2022 controlar o atingimento das metas e dos objetivos estabelecidos;
\u2022 promover a comunicação entre os integrantes do time e entre o projeto e a organização.
Figura 5.1 \u2013 Estrutura Matricial Balanceada
 
 Gerenciamento de Projetos - Estabelecendo Diferenciais Competitivos (Portuguese Edition)
 
 
 
ESTRUTURA MATRICIAL FORTE 
\u201cA estrutura matricial se tornou um dos mais populares modelos para gerenciar projetos em um ambiente de múltiplos projetos.\u201d
Vijay K. Verma
Com o crescimento da importância dada ao gerenciamento de projetos pela organização, torna-se necessária uma estrutura que comporte as características funcionais e as de projetos em diferentes proporções, resultando em um sistema autoridade/responsabilidade/disponibilidade misto dentro da empresa. Nessas organizações, os projetos são conduzidos por gerentes de projeto que se dedicam em tempo integral ao projeto e têm autonomia comparável à do gerente funcional. Esses gerentes de projeto se agrupam em um departamento ou área da empresa que se destina ao gerenciamento dos projetos da empresa, que por sua vez passam a ser importantes e estratégicos para o negócio.
Figura 6.1 \u2013 Estrutura Matricial Forte
 
 Gerenciamento de Projetos - Estabelecendo Diferenciais Competitivos (Portuguese Edition)
 
 
 
PROJECT MANAGEMENT OFFICE 
\u201cO tempo de mudar é agora. Nunca é tarde para se fazer alguma coisa.\u201d
Carl Sandburg
Atualmente várias organizações estão adotando estruturas de Escritórios de Projetos (Project Office) em suas